Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Germinação e Sobrevivência de Vriesea incurvata Gaudich. Sob Dossel Florestal em Diferentes Substratos

DOI: http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v13n3p251-258

http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/index 

downloadpdf

Daniel Muraro1, Raquel R. B. Negrelle2 & Adilson Anacleto3

 

Resumo: Com o objetivo de produção de mudas de Vriesea incurvata Gaudich, o experimento foi realizado no Parque Florestal Rio da Onça (Matinhos/PR), em ambiente natural sob dossel florestal em substratos de fácil acessibilidade e baixo custo, buscando reproduzir a situação ambiental e infraestrutura disponível para as comunidades litorâneas envolvidas com o extrativismo desta espécie. Foram testados os seguintes materiais: fibra de xaxim (testemunha), casca de Pinus, casca de Pinus humificada, fibra de coco e serrapilheira. O experimento foi delineado em blocos ao acaso com quatro blocos e cinco tratamentos contendo 25 sementes por unidade experimental. Utilizaram-se sementes oriundas de plantas existentes no Parque, semeadas em vasos plásticos presos aos troncos das árvores. Com leituras semanais, durante 58 dias a partir da semeadura, avaliou-se a germinação e sobrevivência das plântulas. O substrato com desempenho superior foi o de casca de Pinus, em função dos valores de germinação (32,75%) e sobrevivência (100%), significativamente iguais aos obtidos com xaxim (40,50% e 100%, respectivamente).

Palavras-chave: produção vegetal, Bromeliaceae, casca de Pinus, extrativismo, plantas ornamentais.

 

Abstract: With the goal of producing seedlings of Vriesea incurvata Gaudich, the experiment was conducted in a natural environment under forest canopy on substrates of low cost and easy accessibility for rural producers, seeking to reproduce the situation and infrastructure available to coastal communities involved in the extraction of this species. We tested the following materials: xaxim fiber (control group), pine bark, pine bark recalcitrant, coconut fiber and forest litter. The experiment was randomly delineated in four blocks with five treatments each, containing 25 seeds per experimental unity. We used seeds produced by plants in the Park. The experiment was carried out in a natural environment under forest canopy, in plastic vases attached to the tree trunks. Germination and survival of plants were weekly evaluated during 58 days after sowing. The alternative substitute substrate with best performance was the pine bark, due to the germinability (32.75%) and survival (100%) rates significantly similar to those obtained with xaxim fiber (40.50% and 100%, respectively).

Key words : vegetable production, Bromeliaceae, extraction, ornamental plants, Pinus bark.

 

1 Associação Franciscana de Ensino, campus Centro, Av. 24 de Maio, CEP 83280-000, Curitiba/PR. E-mail: danielmuraro@yahoo.com.br. *Autor para correspondência
2 Departamento de Botânica, Universidade Federal do Paraná – UFPR, Caixa Postal 19031, CEP 81531-990, Curitiba/PR
3 FAFIPAR, Rua Comendador Correia Júnior 117, CEP 83203-560, Paranaguá/PR

 

Literatura Citada

ANACLETO, A.; NEGRELLE, R.R.B. Extrativismo de rametes e propagação vegetativa de Aechmea nudicaulis (L.) Griseb. Bromeliaceae. Scientia Agraria, Curitiba, v.10, n.1, p.85-88, 2009.

ANACLETO, A.; NEGRELLE, R.R.B.; KOEHLER, H.S. Germinação de Aechmea nudicaulis (L.) Griseb. (Bromeliaceae) em diferentes substratos alternativos ao pó de xaxim. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v.30, n.1, p.73-79, 2008.

ANDRIOLO, J.L.; DUARTE, T.S.; LUDKE, L.; SKREBSKY, E.C. caracterização e avaliação de substratos para o cultivo do tomateiro fora do solo. Horticultura Brasileira, Brasília, v.17, n.3, p.215-219, 1999.

BARBOSA, J.G. Germinação de sementes e sobrevivência das plântulas de Tillandsia geminiflora Brongn, em diferentes substratos. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v.27, n.1, p.165-170, 2005.

BONNET, A.; QUEIROZ, M.H. Estratificação vertical de bromélias epifíticas em diferentes estádios sucessionais da Floresta Ombrófila Densa, Ilha de Santa Catarina, Brasil. Revista brasileira de Botânica, São Paulo, v.29, n.2, p.104-118, 2006.

BRAND, F.C.G.; MENEGHEL, A.P.; NAVA, I.A.; GONÇALVES JR, A.C. Ecossistemas: seus impacto e alterações nos ambientes. Scientia Agraria Paranaensis, Marechal Cândido Rondon, v.10, n.3, p.5-14, 2011.

BRITEZ, R.M.; SANTOS FILHO, A.; REISSMANN, C.B.; SILVA, S.M.; ATHAYDE, S.F.; LIMA, R.X.; QUADROS, R.M.B. Nutrientes no solo de duas florestas da planície litorânea da Ilha do Mel, Paranaguá. Revista Brasileira de Ciências do Solo, Viçosa, v.21, n.1, p.625-634, 1997.

BOOMAN, J. Evolution of Califórnia substrats used in ornamental horticulture. In: KAMPF, A.N.; FIRMINO, M.H. (Eds.). Substratos para plantas: a base da produção vegetal em recipientes. Porto Alegre: Gênesis, 2000. p.23-42.

DROST, A.; SILVA, A.M.; MATOS, A.V.J.; ALMEIDA, J.W. In vitro culture of Vriesea gigantea and Vrisea philippocoburgii: two vulnerable bomeliads natives to Southern Brazil. Brazilian Archives of Biology and Technology, Curitiba, v.48, n.5, p.1-8, 2005.

HARTMANN, H.T.; KESTER, D.E. Plant propagation: principles and practices. New Jersey: Prentice Hall, 2002. 880p.

IWAKIRI, S.; CUNHA, A,B.; ALBUQUERQUE, C.E.C.; GORNIAK, E.; MENDES, L.M. Resíduos de serrarias na produção de painéis de madeira aglomerada de eucalipto. Scientia Agraria, Curitiba,v.1, n.1-2, p.23-28, 2000.

JASMIM, J.M.; TOLEDO, R.R.V.; CARNEIRO, L.A .; MANSUR, E. Fibra de coco e adubação foliar no crescimento e na nutrição de Crypthathus sinuosus. Horticultura Brasileira, Brasília, v.24, n.3, p.309-314, 2006.

KANASHIRO, S. Efeitos de diferentes substratos na produção da espécie Aechmea fasciata (Lindley) Baker em vasos. 1999. 79p. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 1999.

KIPPER, J.; CHAMBÓ, E.D.; STEFANELLO, S.; GARCIA, R.C. Levantamento florístico de um componente arbóreo de mata ciliar do Rio Paraná, Marechal Cândido Rondon, PR. Scientia Agraria Paranaensis, Marechal Candido Rondon, v.9, n.1, p.82-92, 2010.

MARTIN, G.J. Ethnobotany: a methods manual. London: Chapman & Hall, 1995. 268p.

MERCIER, H.; GUERREIRO FILHO, O. Propagação sexuada de algumas espécies de bromélias nativas da Mata Atlântica. Hoenea, São Paulo, v.17, n.2, p.19-26, 1990.

MMA. Lista oficial de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção. 2008. Disponível em: http://www.ibama.gov.br/documentos/listas-de-especies-da-fauna-e-flora-ameacadas-deextincao Acesso em: 10 mai. 2014.

NACKE, H.; GONÇALVES JR., A.C.; NASU, É.G.C.; REOLON, C.A.GUENTHER, M. Interações entre agroecossistemas e desenvolvimento sustentável. Scientia Agraria Paranaensis, Marechal Cândido Rondon, v.8, n.1-2, p.72-84, 2009.

NEGRELLE, R.R.B; ANCLETO, A. Extrativismo de bromélias no Estado do Paraná. Ciência Rural, Santa Maria, v.42, n.6, p.981-986, 2012.

NUNES, J.D.; NERY, P.S.; FIGUEIREDO, L.S.; COSTA, C.A.; MARTINS, E.R.O extrativismo da fava d'anta (Dimorphandra mollis Benth.) na região do Norte de Minas Gerais. Revista brasileira de plantas medicinais, Botucatu, n.14, v.2, p.370-375, 2012.

PAULA, C.C.; SILVA, H.M.P. Cultivo Prático de Bromélias. Viçosa: UFV, 2004.116p.

RIBAS, R.P.; SEVERO, C.M.; MIGUEL, L.A. Agricultura familiar, extrativismo e sustentabilidade: o caso dos "samambaieiros" do litoral norte do Rio Grande do Sul. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, n.45, v.1, p.205-226, 2007.

SANTANA, D.G.; RANAL, M.A. Análise estatística na germinação. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, Rio Claro, v.12, n.1, p.205-237, 2000.

SANTOS. A.J.; BITTENCOURT, A.M.; NOGUEIRA, A.S. Aspectos econômicos da cadeia produtiva das bromélias na região metropolitana de Curitiba e litoral paranaense. Floresta, Curitiba, v.35, n.3, p.17-32, 2005.

SILVA, C.E.; HOLANDA, F.S.R. Indicadores de sustentabilidade para avaliação de agroecossistemas extrativistas: o caso da Aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi) no Baixo São Francisco, Brasil. Scientia Agraria Paranaensis, Marechal Cândido Rondon, v.9, n.1, p.15-36, 2010.

SOKAL, R.R.; ROHLF, F.J. Statistical tables. New York: W.H. Freeman and Co., 1995. 199p.

STRINGHETA, A.C.O.; SILVA, D.J.H.; CARDOSO, A.A.; FONTES, L.E.F.; BARBOSA, J.G. Germinação de sementes e sobrevivência das plântulas de Tillandsia geminiflora Brongn, em diferentes substratos. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v.27, n.1, p.165-170, 2005.

WINKLER, M.; HÜLBER, K.; HIETZ, P. Effect of Canopy Position on Germination and Seedling Survival of Epiphytic Bromeliads in a Mexican Humid Montane Forest. Annals of Botany, London, v.95, n.6, p.1039-1047, 2005.