Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação da Qualidade das Sementes de Gergelim Submetidas aos Processos de Despeliculação Manual, Físico e Mecânico

DOI: http://dx.doi.org/10.15871/1517-8595/rbpa.v14n4p307-315

http://rbpaonline.com/

downloadpdf

Vicente de P. Queiroga1, Rosa M. M. Freire1, Paulo de T. Firmino1, Daise R. F. Marinho2, Ayicé C. Silva2, Willams T. Barbosa3 & Diego A. N. Queiroga3

 

Resumo: Este trabalho foi conduzido no Laboratório de Química da Embrapa Algodão de Campina Grande, PB com o objetivo de determinar a característica física, composição química e mineral em sementes de gergelim submetidas aos três métodos de despeliculação: manual, mecânico e físico, em comparação as sementes com casca (testemunha). Para tanto, utilizam-se sementes de cor branca da cultivar BRS Seda produzida na Estação Experimental da Embrapa Algodão de Patos, PB na safra 2011. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições. Os testes de laboratório estudados foram: análises físicas (percentagem de remoção de películas e massa de mil sementes), composição química (teor de água, teor de óleo, teor de proteína e teor de cinza) e composição mineral (P, K, Ca e S). Com base nos resultados obtidos, as seguintes conclusões foram estabelecidas: 1) Houve diferenças altamente significativas entre os três métodos de despeliculação, provavelmente influenciadas pelas sementes da BRS Seda com pouca facilidade de remoção de suas películas; 2) Em comparação as sementes intactas, houve uma correlação positiva entre a percentagem de películas removidas das sementes pelos diferentes métodos estudados e o seu teor de cálcio; e 3) As sementes submetidas aos distintos processos de despeliculação apresentaram superioridade de destaque para os elementos minerais fósforo e potássio e para a composição química teor de óleo em relação às sementes com casca (testemunha).

Palavras-chave: semente com e sem película, teor de óleo, métodos de despeliculação, composição química

 

Abstract: The present work was conducted at the Chemistry Laboratory of Embrapa Algodão Campina Grande, PB, in order to determine the physical characteristics, chemical and mineral composition in sesame seeds subjected to three dehulling methods: manual, mechanical and physical, in comparison to the shelled seeds (control). For this purpose, we use white seeds of BRS Seda produced at the Experimental Station of Embrapa Algodão Patos, PB harvested in 2011. It was used a completely randomized design with four replications. Laboratory tests were: physical analysis (percentage removal of film and mass of thousand seeds), chemical composition (water content, oil content, protein content and ash content) and mineral (P, K, Ca and S). Based on these results, the following conclusions were established: 1) There were highly significant differences among the three methods of dehulling, probably influenced by the seeds of BRS Seda with low removability of his films, 2) Compared to that, the intact seeds were a positive correlation between the percentage of films removed from seeds by different methods studied and their  calcium  content, and 3)  seeds subjected to different  processes of  dehulling showed emphasis on the superiority  of  mineral  elements phosphorus and potassium  and the chemical composition of the oit content in the seed shell (control)..

Key words: seed  with and without  film,  oil  content,  methods  of  dehulling,  chemical  and mineral substances

 

1 Pesquisadores da Embrapa Algodão, Rua Osvaldo Cruz, no 1143, CEP 58.428-095 Campina Grande, PB. E-mail: queiroga@cnpa.embrapa.br, rosa@cnpa.embrapa.br, firmino@cnpa.embrapa.br
2 Analistas da Embrapa Algodão, Rua Osvaldo Cruz, no 1143, CEP 58.428-095 Campina Grande, PB. E-mail: daise@cnpa.embrapa.br, ajice@cnpa.embrapa.br
3 Estagiários da Embrapa Algodão de Campina Grande, PB. E-mail: willamsteles@yahoo.com.br, queiroga.nobrega@globomail.com