Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Estudo de Viabilidade para Produção da Farinha de Banana Verde em Spray Dryer

DOI: http://dx.doi.org/10.15871/1517-8595/rbpa.v14n4p317-322

http://rbpaonline.com/

downloadpdf

Ricardo K. Oi1, Deovaldo de Moraes Júnior2 & Elias B. Tambourgi3

 

Resumo: A biomassa de banana verde é um componente que pode ser aplicado em uma grande variedade de alimentos industrializados por não interferir nos atributos sensoriais de outros ingredientes e apresentar propriedades funcionais, sobretudo pela presença do amido resistente. O campo de aplicação pode ser ampliado se essa biomassa for transformada em farinha. O presente trabalho apresenta um estudo da secagem de biomassa de banana verde em uma unidade não comercial (experimental) de spray dryer com atomizador rotativo para a produção de farinha. As variáveis selecionadas no procedimento experimental foram: rotação do atomizador; temperatura da alimentação e vazão da alimentação. Estabeleceu-se como resposta o tamanho dos grânulos do produto seco (farinha de banana verde). Essas variáveis tiveram dois níveis de variação, o que correspondeu à realização de oito ensaios. Dentre as variáveis utilizadas nos ensaios, a rotação do atomizador foi a mais significativa para a variação do tamanho dos grânulos. Neste estudo ficou comprovada a viabilidade de produção de farinha de banana verde em spray dryer.

Palavras-chave: biomassa de banana verde, farinha de banana verde, alimento funcional, spray dryer, secagem de produtos alimentícios

 

Abstract: The green banana biomass is a component that can be industrially applied to a wide variety of foods because do not interfere in the sensory attributes of other ingredients present and has functional properties, especially the presence of resistant starch. The scope can be extended if the biomass is processed into flour. This research presents a feasibility study of drying green banana biomass in a non-commercial (experimental) of spray dryer with rotary atomizer to produce flour. The variables selected in the experimental procedure were: atomizer rotation; biomass temperature and biomass flow. It was defined as response the granule’s size. These variables had two levels of variation, which corresponded to the completion of eight trials. Among the variables used in the tests, the atomizer speed was the most significant to the granule’s size. This study demonstrated the feasibility of producing green banana flour in spray dryer.

Key words: green banana biomass, green banana flour, functional food, spray dryer, drying of food products

 

1 Departamento de Processos Químicos e Informática da Faculdade de Engenharia Química -Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, CP 6066, CEP 13083-970, Campinas/SP, Brasil. Doutor em Engenharia Química pela UNICAMP. E-mail: prof_oi@ymail.com
2 Doutor em Engenharia Sanitária pela Escola de Engenharia de São Carlos da USP. E-mail: deovaldo@unisanta.br
3 Doutor em Engenharia Química pela Escola Politécnica da USP. E-mail: eliastam@feq.unicamp.br