Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Processos de Negócios na Cadeia de Suprimentos: Um Estudo em Incubadoras de Empresas

DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2237-7956/raimed.v4n3p286-299

https://seer.imed.edu.br/index.php/raimed/index 

downloadpdf

Mauro Vivaldini1 & José E. Soriano2

  

Resumo: Incubadoras de empresas trabalham no desenvolvimento de pequenas empresas, manifestando-se através dos conhecidos polos ou parques industriais, núcleos de gestão e inovação, parques tecnológicos, etc. Este artigo por meio do estudo de 11 empresas em uma incubadora do interior do Estado de São Paulo analisa como são entendidos e praticados os processos de negócios da cadeia de suprimentos (CS). Utilizou-se como referência o trabalho apresentado por Lambert, Cooper e Pagh (1998) a respeito deste conceito. Como resultado da pesquisa observou-se a ausência e o desconhecimento, na grande maioria, da aplicação destes processos.

Palavras-chave: Incubadoras de empresas, Cadeia de suprimentos, Processos de negócios.

 

Abstract: Incubators working in small business development, manifesting itself through the poles known or industrial parks, clusters and innovation management, technology parks, etc. This article through the study of 11 companies in an incubator in the state of Sao Paulo analyzed how are understood and practiced the business processes of the supply chain (SC). It was used as reference the work presented by Lambert, Cooper and Pagh (1998) about this concept. As result of the research noted the absence and the lack, in most cases, of the application of these processes.

Key words: Business Incubators, Supply Chain, Business Processes.

 

1 Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: <mavivald@unimep.br>;.
2 Mestrando em Administração pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: <jesoriano@unimep.br>;.

 

Literatura Citada

ANPROTEC - Associação Nacional das Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (2010, out.). Recuperado de http://www.anprotec.org.br/publicacao.php?idpublicacao

Collis, J. & Hussey, R. (2005). Pesquisa em Administração. Porto Alegre, Editora Bookman.

Christopher, M. (1997). Logística e Gerenciamentos da Cadeia de Suprimentos: estratégias para redução de custos e melhoria dos serviços. São Paulo: Pioneira.

Croxton, K.L., Garcia-Dastugue, S.J., Lambert, D. M., & Rogers, D.S. (2001). The Supply Chain management processes. The International Journal of Logistics Management. v. 12, n. 2, p. 13-36.

Dornelas, J. C. A. (2002). Planejando Incubadoras de empresas: como desenvolver um plano de negócios para incubadoras de empresas. Rio de Janeiro: Campus.

Eisenhardt, K. M. (1989). Building theories from case study research. Academy of Management Review, v. 14, n. 4, pp. 532-550.

INCUBADORA DE EMPRESAS DE GUARULHOS (2010). Recuperado de http://www.incubadoraguarulhos.com.br/home.php

INCUBADORA DE EMPRESAS DE JUNDIAÍ (2010, dez.). Recuperado de http://www.incubadorajundiai.com.br/index.php?urlop=institucional

INCUBADORA DE EMPRESAS DE PIRACICABA (2010, dez.). Recuperado de http://www.incubapira.com.br

INCUBADORA DE EMPRESAS DE SANTOS. (2010, dez.). Recuperado de http://www.incubadora-santos.com.br/incubadora-empresas-santos.asp

Lambert, D. M., Cooper, M. C., Pagh, J.D. (1998). Supply chain management: implementation issues and research opportunities. The International Journal of Logistics Management. v. 9, n. 2, p. 2.

Lambert, D.M. (2010). Customer relationship management as a business process. Journal of Business & Industrial Marketing. 25/1, pp. 4-17.

Miguel, P. A. C. (2007). Estudo de caso na engenharia de produção: estruturação e recomendações para sua condução. Produção, v. 12, n. 1, p. 216229 , jan/abr.

Raupp, F. M. & Beuren, I.M. (2006). O suporte das incubadoras brasileiras para potencializar as características empreendedoras nas empresas incubadas. R. Adm., São Paulo, v. 41, n. 4, p. 419-430 , out./nov./dez.

Serviço Brasileiro de Apoio as Empresas [SEBRAE]. (2010 , out.). Recuperado de http://www.sebrae.com.br/customizado/inovacao/acoes-sebrae/fomento-a-inovacao

Silva, S.A. (2009). A relevância das incubadoras de empresas no mundo contemporâneo. Ponto-evírgula, v. 6, n. 1, p. 235-251.

Singh, P. F. & Power, D. (2009). The nature and effectiveness of collaboration between firms, their customers and suppliers: a supply chain perspective. Supply Chain Management: An International Journal, 14/3, p.189-200.

Vivaldini, M. & Pires, S.R.I. (2010). Operadores logísticos: Integrando operações em cadeias de suprimento. São Paulo, Atlas.

Wright, J.T.C. & Giovanazzo, R.A. (2000). Delphi – Uma Ferramenta de apoio ao Planejamento Prospectivo. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 1, n. 12.