Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Criança e o Brincar na Contemporaneidade

DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v2n1p340-348

https://seer.imed.edu.br/index.php/revistapsico/index 

downloadpdf

Priscilla Cairoli1

  

Resumo: O presente artigo pretende discutir o brincar infantil na contemporaneidade. Os meios eletrônicos estão presentes no cotidiano das pessoas e compõem o cenário social atual. A partir do trabalho na clínica, nasceu o questionamento a respeito da influência dos meios eletrônicos na produção de subjetividade das crianças. O avanço tecnológico vem trazendo novas configurações ao brincar infantil. O tema foi abordado por meio de uma revisão de literatura que teve como ponto de partida os legados de Freud e de Walter Benjamin sobre o brincar, seguindo até psicanalistas contemporâneos que pesquisam sobre esta temática.  Ao longo deste escrito, através de uma perspectiva psicanalítica serão abordadas questões sobre a relação das crianças com a televisão, o videogame e a internet.

Palavras-chave: criança; brinquedos; televisão; videogame; Internet.

 

Abstract: This article aims to discuss the children‟s play today. The electronic media are present in the daily lives of people and comprise the current social scenario. From the work in the clinic, the questioning about the influence of electronic media in the production of subjectivity in children was born, since the technological advancement comes bringing new settings to the children‟s play. The theme was addressed through a review of the literature, taking as its starting point the legacy of Freud and Walter Benjamin on the children‟s play, until contemporary psychoanalysts who research on this issue. Through a psychoanalytic perspective, questions about the relationship of children with television, video games and the internet will be addressed throughout this script.

Key words: child; toys; television; videogame; Internet.

 

1 Psicóloga. Mestre em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). Psicóloga do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de Porto Alegre.

 

Literatura Citada

Allen, D. (2006). Nintendo Wii: The Wii game console is a big winner, starting with its innovative, crowd-pleasing controller. PC World. Disponível em: www.pcworld.com/article/id,127869/article.html> acessado em 31/03/2008.

Benjamin, W. (1984). Reflexões: a criança, o brinquedo e a educação. São Paulo: Summus.

Brasil, S. (2007, 18 de Julho). Escancarada: assim é sua casa. Veja, 28, 86-92.

Bucci, E. e Kehl, M.R. (2004). O mito não pára. In Bucci, E. e Kehl, M.R. Videologias, (15-23). São Paulo: Bointempo.

Carpinejar, F. (2006). O amor esquece de começar. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Corso, D. e Corso, M. (2006). Fadas no divã: psicanálise nas histórias infantis. Porto Alegre: Artmed.

Dweck, D. (2007). O faz-de-conta das bonecas virtuais. Veja, 28, 92-93.

Freud, S. (1969). Escritores criativos e devaneios. In J. Strachey (Ed.) & J. Salomão (Trad.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas e completas de Sigmund Freud (Vol. IX, pp. 147-158). Rio de Janeiro: Imago (Obra original publicada em 1908).

Freud, S. (1969). Além do princípio do prazer. In J. Strachey (Ed.) & J. Salomão (Trad.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas e completas de Sigmund Freud (Vol. XVIII, pp. 11-85). Rio de Janeiro: Imago (Obra original publicada em 1920).

Kehl, M. R. (2004a). O espetáculo como meio de subjetivação. In Bucci, E. e Kehl, M.R. Videologias, (43-62). São Paulo: Bointempo.

Kehl, M. R. (2004b). Televisão e violência do imaginário. In Bucci, E. e Kehl, M.R. Videologias, (87-106). São Paulo: Bointempo.

Meira, A.M. (2003). Benjamin, os brinquedos e a infância contemporânea. Psicologia & Sociedade, v. 15, n. 2, pp. 74-87.

Meira, A.M. (2004). As crianças de hoje e seus jogos artificiais. Revista da APPOA: Tóxicos e Mania, n.26, pp. 146-157.

Perani, L. e Bressan, R.T. (2007). Wii will rock you: Nintendo Wii e as relações entre interatividade e corpo nos videogames. SBGames 2007 – VI Brazilian Symposium on Computer Games and Digital Entertaiment. São Leopoldo.

Santos, F. (2006). Consumo de gente grande. Revista Shopping Centers. Disponível em: www.abrasce.com.br/informativos/revistas2006/revABR/abrasce_abr2006 acessado em 23/06/07.