Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Da Identificação às Respostas Educativas para Alunos com Altas Habilidades: O Programa de Enriquecimento Odisseia

DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v3n2p596-606

https://seer.imed.edu.br/index.php/revistapsico/index 

downloadpdf

Lúcia C. Miranda1 & Leandro S. Almeida2

  

Resumo: Este estudo pretende refletir de uma forma integrada sobre o tema da sinalização, avaliação e apoio educativo para os alunos sobredotados, apontando as particularidades do Programa de Enriquecimento Escolar Odisseia e alguns resultados obtidos em termos do seu impacto num grupo de alunos com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos ( n= 134). Em conjunto com a estrutura organizativa das sessões do programa, descreve-se a estrutura interna de algumas sessões, destacando-se a dinâmica e os procedimentos seguidos de forma a maximizar o envolvimento dos alunos na aprendizagem. Apontam-se exemplos de atividades e estratégias concretas seguidas na sua implementação. Os resultados sugerem maiores efeitos do programa ao nível da criatividade figurativa, não se registando efeitos com significado estatístico ao nível da motivação e das aptidões e constatou-se um incremento ao nível do rendimento escolar dos alunos que participaram no programa. Os professores e os líderes da instituição realçaram como pontos positivos entre outros, o envolvimento dos alunos nas tarefas e o aumento do trabalho de equipa proporcionado.

Palavras-chave: sobredotação; identificação; programas de enriquecimento; Odisseia.

 

Abstract: This study is intended to reflect an integrated manner on the subject of signs, assessment and educational support for gifted students, pointing out the particularities of the Odisseia School Enrichment Program and some results in terms of its impact on a group of students aged 10 to 12 years ( n=134). Along with the organizational structure of the sessions of the program, describes the internal structure of some sessions, highlighting the dynamics of them and the procedures followed in order to maximize student involvement in learning. Pointing to examples of concrete activities and strategies followed in its implementation. The results suggest larger effects of the program for the figurative level of creativity, there were no statistically significant effects at the level of motivation and skills and it was found an increased level of academic achievement of students who participated in the program. Teachers and leaders of the institution highlighted as positives among others, the involvement of students in tasks and the increased teamwork provided.

Key words: giftedness, identification, enrichment programs; Odyssey.

 

1 Psicóloga (Universidade de Coimbra). PhD em Psicologia, área de especialização Psicologia da Educação (Universidade do Minho). Mestre em Ciências da Educação, área de Psicologia da Educação (Universidade de Coimbra). Professora Auxiliar no Instituto Superior de Educação e Trabalho- Porto.
2 Psicólogo (Universidade do Porto). PhD em Psicologia, área de Psicologia da Educação (Universidade do Porto). Agregação em Psicologia da Educação (Universidade do Minho). Professor Catedrático da Universidade do Minho.

 

Literatura Citada

Alencar, E. S. (2003). O aluno com altas habilidades no contexto da educação inclusiva. Movimento, 7, 60-69.

Alencar, E. S., & Fleith, D. S. (2001). Superdotados: Determinantes, educação e ajustamento (2a edição). São Paulo: EPU.

Almeida, L. S., & Oliveira, E. P. (2000). Os professores na identificação dos alunos sobredotados. In L. S. Almeida, E. P. Oliveira, & A. S. Melo (Orgs.). Alunos sobredotados: Contributos para a sua identificação e apoio (pp. 43-53). Braga: ANEIS.

Arancibia, V. (2006). La educación de talentos. El programa PENTA-UC. In L. F. Pérez (Ed.), Alumnos con capacidad superior: Experiencias de intervención educativa (pp. 215-240). Madrid: Editorial Síntesis.

Calatayud, M. A., Forero, L.A., & Ramírez, G. M. C. (2007). Proyecto de investigación e innovación: Una propuesta de intervención educativa para alumnos y alumnas con aptitudes sobresalientes. Faísca, 12(14), 57-83.

Callahan, C. M. (1995). Evaluating instructional outcomes for gifted students. In J. L. Genshaft, M. Bireley, & C. L. Hollinger (Eds.). Serving gifted and talented students (pp. 83-99). Austin, TX: Pro-Ed.

Chávez, B. I., Zacatelco, F., & Acle, G. (2009).Creativity enrichment program for gifted children from disadvantaged areas. Electronic Journal of Research in Educational Psychology, 7, 849-876.

Delisle, J. R., Reis, S. M., & Gubbins, E. J. (1981). The revolving door identification model and programming model. Exceptional Children, 48, 152-156.

Fernandez, C. J. (2000). Evaluacion de programas para alumnos superdotados. Revista de Investigación Educativa, 18, 553-563.

Guenther, Z. (2006). Desenvolver capacidades e talentos: Um conceito de inclusão. Petropolis, R.J.: Vozes.

Hayamizu, T., & Weiner, B. (1991). A test Dweck`s model of achievement goals as related to perceptions of ability. Journal of Experimental Education, 59, 226-234.

Hoge, R. D. (1988). Issues in the definition and measurement of the giftedness construct. Educational Research, 17, 7-16.

Maker, C. J. (1982). Teaching models in the education of the gifted. Austin: Pro-Ed.

Miranda, L. (2008). Da identificação às respostas educativas para alunos sobredotados: Construção, aplicação e avaliação de um programa de enriquecimento escolar. Dissertação de Doutoramento. Braga: Universidade do Minho.

Miranda, L. Antunes, A., & Almeida, L. (2008). O enriquecimento como resposta educativa para os alunos mais capazes. In González- Pienda & Núñez Pérez (Coord.). Actas do V Congreso Internacional de Psicología y Educación pp.14681474.Universidade de Oviedo: Oviedo.

Miranda, L., & Almeida L. (2005). Programa de Enriquecimento Escolar “Odisseia”: Uma proposta de desenvolvimento de talentos no segundo ciclo de escolaridade. In L. Almeida, & B. Silva (Orgs.), Actas do VIII Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia, pp. 3265-3280. Braga: Universidade do Minho. ISBN: 972-874636-9.

Miranda, L., Almeida, L. S., & Almeida, A. (2010). O aluno sobredotado na escola Portuguesa. Que apoios Educativos? Sonhar, V, 67-82.

Miranda, L., Almeida, L. S., Pereira, M., & Almeida. (2009). Impacto de um programa de enriquecimento escolar em alunos do 2º ciclo do ensino básico com altas capacidades. Revista Portuguesa de Pedagogia, 43, 77- 96.

Renzulli, J. S. (1977). The enrichment triad model: A guide for developing defensible programs for the gifted and talented. Mansfield Center, CT: Creative Learning Press.

Renzulli, J. S. (2000). Using enrichment clusters for performance based identification. Gifted Education International. 15, 22-28.

Renzulli, J. S., & Reis, S. M. (1985). The schoolwide enrichment model: A comprehensive plan for educational excellence. Mansfield Center, CT: Creative Learning Press.

Renzulli, J.S., & Reis, S.M. (1997). The schoolwide enrichment model: A how-to guide for educational excellence (2a Ed.). Mansfield Center, CT: Creative Learning Press.

Renzulli, J. S., & Reis, S. M. (2002). What is schoolwide enrichment and how do gifted programs relate to total school improvement? Gifted Child Today, 25 (4), 18-25.

Renzulli, J. S., Reis, S. M., & Smith, L. H. (1981). The revolving door identification model. Mansfield Center, CT: Creative Learning Press.

Sanchez, C., Fernándiz C., & Ferrando, M. (2005). Estrategias de atención a la diversidad del superdotado. Sobredotação, 6, 149-188.

Tejedor, F. J. (2000). El Diseno y los Disenos en la Evaluacion de Programas. Revista de Investigación Educativa, 18, 319-339.

VanTassel-Baska, J. (2006). A Content Analysis of Evaluation Findings across 20 Gifted Programs: A Clarion Call for Enhanced Gifted Program Development. Gifted Child Quarterly, 50, 199-215.