Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Espiritualidade, Religiosidade e Religião: Reflexão de Conceitos em Artigos Psicológicos1

DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v6n2p107-112

https://seer.imed.edu.br/index.php/revistapsico/index 

downloadpdf

Nilvete S. Gomes2, Marianne Farina3 & Cristiano D. Forno4

  

Resumo: Diante da indiscriminação com que os conceitos de Espiritualidade, Religiosidade, e Religião são tratados, o objetivo deste artigo é de discutir diferenciações e apontar as suas influências no âmbito psicológico. Recorreu-se às bases de dados BVS, PsycINFO e SciELO, onde foram encontrados 11 artigos, dos quais somente sete puderam ser utilizados para a categorização, pois atendiam aos objetivos deste trabalho. O material encontrado foi submetido ao método de Análise de Conteúdo. Assim, foi possível diferenciar os conceitos, sendo que a espiritualidade é compreendida como a dimensão mais abrangente. Espiritualidade e saúde têm sido estudadas na busca de melhores tratamentos e diminuição do sofrimento dos indivíduos. Religiosidade é expressão ou prática do crente que pode estar relacionada com uma instituição religiosa. Já Religião é composta por determinadas crenças e ritos, compreendida como meios que levam à relação com o transcendente. Verifica-se que há ou que pode haver certa dificuldade entre os profissionais psicólogos para compreender e diferenciar os conceitos de espiritualidade, religiosidade e religião, e inclui-los em sua clínica, a espiritualidade está presente nas atividades dos psicólogos e nos processos terapêuticos dos usuários dos serviços psicológicos nos âmbitos público e privado.

Palavras-chave: espiritualidade, religiosidade, religião, psicologia.

 

Abstract: Considering the indiscrimination which the Spirituality, Religion, Religion concepts are often treated, the objective of this review is to discuss distinctions and point out its influences in the psychological context. The search has been done at the BVS, PsycINFO and SciELO databases, in the period from 2008 to 2013 and 11 articles were found, from which only seven could be utilized for the categorization, since they met the objectives of this work. The material found was subjected to the Content Analysis method. Thus, it was possible to distinguish the concepts, whereas the spirituality is understood as the broadest dimension. Spirituality and health have been studied to search for better treatments and individual suffering decrease. The religiosity is the believer’s expression or practice which can be related to a religious institution. In the other hand, Religion is composed by specific beliefs and rites, understood as ways which guide to the transcendent’s salvation. Though there’s certain difficulty among the psychology professionals to understand and distinguish the spirituality, religiosity and religion concepts, and include them in their clinic, the spirituality being present in the psychologists’ activities and in the therapeutic processes of the psychology services users in the public and private scope.

Key words: spirituality, religiosity, religion, psychology.

 

1 Agradecimento pela leitura e sugestões da professora Maria Lucia Tiellet Nunes.
2 Psicóloga (UNIFRA), Especialista em Psicopatologia psicanalítica/Psicossomática (Estudos Avançados- SP), Mestranda em Psicologia (PUCRS), Bolsista CAPES. E-mail <snilvetegomes@yahoo.com.br>;.
3 Psicóloga (PUCRS). Pós-Graduação em Terapia Sistêmica (INFAPA), Mestranda em Psicologia (PUCRS), Bolsista CNPq. E-mail: <mariannefarina@yahoo.com.br>;.
4 Psicólogo (UFSM), Mestrando em Psicologia (PUCRS). Bolsista CNPq. E-mail: <cristiano_d_forno@hotmail.com>;.

 

Literatura Citada

Bardin, L. (1977). Análise de conteúdo. (70ª ed.). Lisboa.

Boff, L. (2009). Meditação da Luz, o caminho da simplicidade. Petrópolis, RJ: Vozes,

Boff, L. (2006). Espiritualidade: um caminho de transformação. Rio de Janeiro: Sextante,

Costa, C. C. D., Bastiani, M. D., Geyer, J. G., Calvetti, P. Ü., Muller, M. C., & Moraes, M. L. A. D. (2008). Qualidade de vida e bem-estar espiritual em universitários de Psicologia. Psicologia emEstudo, Maringá, 13(2), 249-255. doi

Duarte, F. M., & Wanderley, K. S. (2011). Religião e espiritualidade de idosos internados em uma enfermaria geriátrica. Psicologia Teoria e Pesquisa, 27(1), 49-53. doi

Faria, J. B., & Seidl, E. M. F. (2005). Religiosidade e enfrentamento em contextos de saúde e doença: revisão da literatura. Psicologia Reflexão e Crítica, 18(3), 381-389. doi

Fornazari, S. A., & Ferreira, R. E. R. (2010). Religiosidade/ espiritualidade em pacientes oncológicos: qualidade de vida e saúde. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 26(2), 265-272. doi

Franco, M. L. P. B. (2005). Análise de Conteúdo (2ª ed.). Brasília: Liber Livro Editora.

Frankl, V. (2010). O homem em busca de sentido. Petrópolis: Vozes.

Lisboa, S. (2013). Fé faz bem. Revista Super Interessante, 325, 40-48.

Oliveira, E., R. T., Andrade, D. B. S. F., & Mussis, C. R. (2003). Análise de Conteúdo e Pesquisa na Área da Educação. Revista Diálogo Educacional, 4(9), 1-1.

Oliveira, M. R., & Junges J. R. (2012). Saúde mental e espiritualidade/religiosidade: a visão de psicólogos. Estudos de Psicologia, 17(3), 469-476. doi

Panzini, R. G., & Bandeira D. R. (2007). Coping (enfrentamento) religioso/espiritual. Revista Psiquiatria Clínica, 34(1), 126-35. doi

Peres, J. F. P., Simão, M. J. P., & Nasello, A. G. (2007). Espiritualidade, religiosidade e psicoterapia.

Revista de Psiquiatria Clínica, 34(1), 136-145. doi

Silva, R. R., & Siqueira, D. (2009). Espiritualidade, religião e trabalho no contexto organizacional. Psicologia em Estudo, Maringá, 14(3), 557-564. doi

Simão, M. J. P. (2010). Psicologia transpessoal e espiritualidade. O mundo da Saúde, 34(4), 508-519.

Stroppa, A., & Moreira-Almeira, A. (2009). Religiosidade e espiritualidade no transtorno bipolar do humor. Revista de Psiquiatria Clínica, 36(5), 190-196. doi

Teles, M. R. (2010). Ponto de Deus no Cérebro. Disponível em: <http://neusarochatelesterapiaholistica.blogspot.com.br/2010/12/ponto-de-deus-nocerebro-terceira.html>. Acesso em: 30 out. 2013.

Torralba, R. F. (2012). Inteligência espiritual. Trad.: João Batista Kreuch. Petrópolis, RJ: Vozes.

Zohar, D., & Marshall, I. (2012). QS: Inteligência espiritual. Trad. Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Viva Livros.