Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Trabalho, Arte, Política e Imigração Italiana: A Representação do Trabalho em O Quatrilho, de José Clemente Pozenato

DOI: http://dx.doi.org/10.18304/1984-6614/scripta.alumni.n8p63-75

http://www.uniandrade.br/revista-scripta-alumni.php 

downloadpdf

Ederson Vertuan1

  

Resumo: O objetivo da pesquisa proposta é avaliar as relações entre trabalho, arte e política em O quatrilho, de José Clemente Pozenato, obra em que a obsessão pelo trabalho é posta em conflito com uma visão de mundo que privilegia a busca pela afetividade. Hipotetiza-se que a experiência negativa dos personagens da história com a questão do trabalho represente, literariamente, alguns problemas enfrentados pelos descendentes de imigrantes italianos que tiveram de lutar não só pelo seu sustento; mas, também, pela própria realização pessoal. O quatrilho procura estabelecer um debate entre o imigrante intelectual e o imigrante rústico, que, com suas atitudes díspares frente ao trabalho, buscam, cada qual a seu modo, sua própria felicidade.

Palavras-chave: Imigrantes italianos. Trabalho. Arte. Política. Relacionamentos íntimos. Ficção.

 

Abstract: The purpose of this proposed investigation is to evaluate the relationship between work, art and politics in O quatrilho, by José Clemente Pozenato. It is hypothesized that the negative experience of the characters in the story with the question of work constitutes a literary representation of some problems faced by descendants of Italian immigrants who had to struggle not only for sustenance, but also for personal fulfillment. O quatrilho establishes a debate between the intellectual immigrant and the rustic immigrant who seek their happiness based on their own different attitudes towards work.

Key words: Italian immigrants. Work. Art. Politics. Intimate relationships. Fiction.

 

1 Doutorando do Curso de Estudos Literários da Universidade Estadual de Londrina. E-mail: edersonvert@hotmail.com

 

Literatura Citada

BRETON, A. Nadja. Tradução de Ivo Barroso. Rio de Janeiro: Imago, 1999.

BOURDIEU, P. As regras da arte. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

ORLANDI, E. Poe. Tradução de Vergílio Godinho. Lisboa: Verbo, 1972.

POZENATO, J. C. O quatrilho. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1985.

RIBEIRO, C. M. P. J. Aspetti della cultura dell‘immigrazione italo-veneta nel Rio Grande do Sul: usi, costumi e tradizioni. In: ZILIO, G. M. (Org.). Presenza, cultura, lingua e tradizioni dei veneti nel mondo. 1. ed. Venezia: Giunta Regionale Regione Veneto - Stampa Multigraf, 1987, p. 473-486.