Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Arte e Memória Cultural: Construções e Questionamentos

DOI: http://dx.doi.org/10.18305/1679-5520/scripta.uniandrade.v12n1p9-35

http://www.uniandrade.br/revista-scripta-uniandrade.php 

downloadpdf

Solange R. de Oliveira1

  

Resumo: O artigo discute a função das artes visuais como instrumento tanto de construção quanto de questionamento de aspectos da memória cultural das nações. Tratando desse tema no contexto brasileiro, o trabalho parte das relações entre textos verbais e pictóricos, referentes à pintura de Victor Meirelles e de Pedro Américo, testemunhas da história e da política imperial do Brasil no século XIX. Na arte contemporânea, o texto analisa a pintura de Adriana Varejão em diálogo com a criação de Jean-Baptiste Debret. A artista brasileira elabora um contradiscurso, que reescreve e questiona interpretações de aspectos de nossa história implícitos na produção do pintor/viajante francês. Nesse sentido, a obra de Varejão atua como um convite à revisão de aspectos cruciais de nossa memória cultural.

Palavras-chave: Memória cultural. Arte e história. Pintura histórica brasileira. Adriana Varejão.

 

Abstract: The paper discusses the role of the visual arts as tools both for the construction and for the challenge of aspects of a nation´s cultural memory. Treating the theme in the Brazilian context, the article starts from the relation between verbal and pictorial texts concerning paintings by Victor Meirelles and Pedro Americo as witnesses of Brazilian history and imperial policy in the nineteenth century. In contemporary art, the text discusses the work of Adriana Varejão in her dialogue with the Jean-Baptiste Debret´s prints and watercolors. The Brazilian artist creates a kind of counter-discourse rewriting and challenging interpretations of Brazilian history implicit in the French traveler/painter´s production. Varejão´s oeuvre thus acts as an invitation for the revision of crucial aspects of Brazilian cultural memory.

Key words: Cultural memory. Art and history. Brazilian historical painting. Adriana Varejão.

 

1 Universidade Federal de Minas Gerais Universidade Federal de Ouro Preto. Email: solanger1@uol.com.br

 

Literatura Citada

BERENSON, Bernard. Aesthetics and History. New York: Doubleday, 1953.

CARDOSO, Rafael. Ressuscitando um velho cavalo de batalha: novas dimensões da pintura histórica do segundo reinado. Rio de Janeiro, v. II, n. 3, jul. 2007. Disponível em: <http://www.dezenovevinte.net/criticas/rc_batalha.htm>. Acesso em: 2 maio 2014.

CASTRO, Isis Pimentel. Pintura, memória e história: a pintura histórica e a construção de uma identidade nacional. Rio de Janeiro, v. II, n. 3, jul. 2007. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/revistacfh/article/view/18260. Acesso em: 23 maio 2013.

CHRISTO, Maraliz de Castro Vieira. Quando subordinados roubam a cena. Sæculum. Revista de História (19) João Pessoa, jul-dez 2008. Disponível em http://periodicos.ufpb.br/. Acesso em: 25 maio 2014.

COLI, Jorge. O sentido da Batalha de Avahy, de Pedro Américo. In: Projeto História (24), 2002, p. 113-127.

DEBRET, Jean Baptiste; BANDEIRA, Julio; LAGO, Pedro Corrêa do;CARVALHO, Jose Murilo de. Debret e o Brasil: obra completa, 1816-1831. 3. ed. Rio de Janeiro: Capivara, 2009.

DESAI, Dipti; HAMLIN, Jessica; MATTSON, Rachel. History as Art, Art as History: Contemporary Art and Social Studies Education. New York and London: Routledge, 2010.

DORATIOTO, Francisco Fernando Monteoliva. Maldita guerra: nova história da guerra do Paraguai. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

DUQUE ESTRADA, Luiz Gonzaga. A arte brasileira. Rio de Janeiro: H. Lombaerts, 188, p. 71-84.

MARTÍ, Silas. Livro disseca quadro A batalha do Avaí de Pedro Américo. Folha de São Paulo, Ilustrada, 23 nov. 2013. Disponível em: <http://www1.folha.com.br/ilustrada/2013/11/1375248> - Acesso em: 17 maio 2014.

MILLIET, Sérgio; MORAES, Rúbens Borga. O Brasil de Debret: notas para a edição completa do livro Viagem pitoresca e histórica ao Brasil. Belo Horizonte: Villa Rica Editoras Reunidas, 1993.

MORAES, Marcos. Adriana Varejão. São Paulo: Folha de São Paulo: Instituto Itaú Cultural, 2013.

MÛLLER, Jürgen E. Intermidialidade revisitada: algumas reflexões sobre os princípios básicos desse conceito. In: DINIZ, Thaïs Flores Nogueira; VIEIRA, André Soares (orgs). Intermidialidade e estudos interartes: desafios da arte contemporânea 2. Belo Horizonte: Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários. Faculdade de Letras da UFMG, 2012, p. 75-95.

SANTIAGO, Silviano. The Contemporary and Visionary Fiction of Adriana Varejão. In: VAREJÃO, Adriana. Entre carnes e mares. Between flesh and oceans. Rio de Janeiro: Editora de Livros Cobogó Ltda, 2009, p. 85-96.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Romantismo tropical: a estetização da política e da cidadania numa instituição imperial brasileira. Penélope, n. 23, 2000, p. 109- 127.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. Paved and Tiled by Adriana Varejão. In: VAREJÃO, Adriana. Entre carnes e mares. Between flesh and oceans. Rio de Janeiro: Editora de Livros Cobogó Ltda, 2009, p. 143-155.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. A batalha do Avaí. A beleza da barbárie: a guerra do Paraguai pintada por Pedro Américo. Editora GMT, 2013.

VAREJÃO, Adriana. Interview with Hélène Kelmachter. Chambre d´échos./ Câmara de Ecos. Fondation Quartier pour l´art contemporain.Actes Sud, 2004. Disponível em: http://www.adrianavarejao.net/pt-br/entrevistacom-helene-kelmachter. Acesso em: 13 mar. 2014.