Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Importância do Controle da Salmonella na Cadeia Produtiva de Frango de Corte

DOI: http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v12n3p167-174

http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/index 

downloadpdf

José R. dos Santos1*, Sharon K. L. Meza1, Kelli C. Martini1 & Ricardo V. Nunes1

 

Resumo: Os produtos de origem animal destinados ao consumo humano representam um papel importante na epidemiologia das salmoneloses humanas. Mesmo com tantos avanços tecnológicos e com a modernização das indústrias, a carne de frango é passível a contaminação bacteriana, especialmente por micro-organismos do gênero Salmonella, que podem estar alojados no trato intestinal das aves. A prevalência da salmonelose é diferenciada nas diversas regiões do país e sua epidemiologia e controle são bastante complexas. A decorrência disso é a condição de criação dos animais, padrões de higiene e biossegurança, nível de contaminação do alimento, fatores socioambientais e fatores ambientais. Assim, seu controle se torna um grande desafio para o setor avícola, pois há uma diversidade e emergência de novos sorovares e também por sua relação com a saúde pública.

Palavras-chaves: Salmonella spp., contaminação por patógenos, epidemiologia.

 

Abstract: Products of animal origin intended for human consumption play an important role in the epidemiology of human salmonellosis. Despite numerous technological advances and the modernization of industries, chicken meat is susceptible to bacterial contamination, especially by microorganisms of the genus Salmonella, which can live in the intestinal tract of chickens. The prevalence of salmonellosis is different in the various regions of the country and its epidemiology and control are very complex. This is due to conditions of chicken raising, hygiene and biosafety standards, level of contamination of food, and environmental and socioenvironmental factors. Therefore, control of salmonellosis becomes a major challenge for the poultry industry, since there is a diversity and emergence of new serotypes, and also because the control is related to public health.

Key words : Salmonella spp., contamination by pathogens, epidemiology.

 

1 Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Rua Pernambuco 1777, Caixa Postal 91, CEP 85960-000, Marechal Cândido Rondon/PR. E-mail joservet@hotmail.com. *Autor para correspondência

 

Literatura Citada

ALMEIDA, C.I.; GONÇALVES, P.M.R.; FRANCO; R.M.; CARVALHO, J.C.A.P. Isolamento e identificação de Salmonella em carcaças de frango congelados e frescais, através de método rápido. Higiene Alimentar, São Paulo, v.14, n.70, p.59-62, 2000.

ALMEIDA, E.S.F., SIGARINI, C.O., ORGES, N.F., DELMONDES, E.C., OZAKI, A.S., SOUZA, L. C. Pesquisa de Salmonella spp em carcaças de frango (Gallus gallus), comercializadas em feira livre ou em supermercado no município de Cuiabá, MT, Brasil. Higiene Alimentar, São Paulo, v.17, n.110, p.74-79, 2003.

BACK, A.; BELTRÃO, N.; LEÃO, J.A. Monitoria e controle de Salmonella: Aspectos práticos. In: VII SIMPÓSIO BRASIL SUL DE AVICULTURA, 2006. Chapecó (SC). Anais.... Chapecó, 2006. p 95 -103.

BERCHIERI JUNIOR, A.; MACARI, M. Doenças das aves. Campinas: FACTA, 2000. p.183 189.

BRASIL, Ministério da Agricultura e Abastecimento. Instrução Normativa nº. 70, de 06 de outubro de 2003. Programa de Redução de Patogenos – Monitoramento Microbiológico e Controle de Salmonella sp. em Carcaças de Frangos e Perus, 2003. Seção 1, p.9.

CARDOSO, A.L.S.P.; TESSARI, E.N.C. Salmonela na Segurança dos Alimentos e na Avicultura. Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio Avícola. São Paulo, SP. Número 80. 27/08/2008. Disponível em: http://www.biologico.sp.gov.br/artigos_ok.php?id_artigo=80. Acesso em: 09/06/2012.

CARVALHO, A.C.F.B.; CORTEZ, A.L.L. Salmonella spp. em carcaças, carne mecanicamente separada, lingüiças e cortes comerciais de frango. Ciência Rural, Santa Maria, v.35, n.6, p.1465-1468, 2005.

DAMBRÓS JÚNIOR, D. Produção de ovos no Brasil. Central de Inteligência de Aves e Suínos. Concórdia, SC. Disponível em: http://www.cnpsa.embrapa.br/cias/index.php?option=com_content&view=article&id=15&Itemid=17 . Acesso em: 09/06/2012.

FREITAS, J. Seminário Internacional de Salmoneloses Aviárias. Rio de Janeiro, 2011.

FUZIHARA, T.O; FERNANDES, A.F.; FRANCO, B.D.G.M. Prevalence and dissemination of Salmonella serotypes along the slaughtering process in Brazilian small poultry slaughterhouses. Journal of Food Protection, Des Moines, v.563, p.1749-1753, 2000.

HERMANN, S. Principais pontos críticos de controle de ciclo da Salmonella na cadeia de produção avícola. XIII Simpósio Brasil Sul de Avicultura, 2012. Chapecó (SC). Anais...Chapecó, 2012. p. 13-26.

LÍRIO, V.S; SILVA, E.A; STEFONI, S.; CAMARGO, D.; RECCO, E.A.P.; MALUF, Y.T.; MIYAZAWA, T.T.; NEVES, D.V.D.A.; OLIVEIRA, V.M.R. Freqüência de 17 sorotipos de Salmonella isolados em alimentos. Higiene Alimentar, v.12, p.36-42, 1998.

MUNIZ, E.C. Atualidades no estudo das salmoneloses aviárias. XIII Simpósio Brasil Sul de Avicultura, 2012. Chapecó (SC). Anais...Chapecó, 2012. p.13-26.

OMS/ Organización Mundial de La Salud. Control de La salmonelosis: importância de La hygiene veterinária y de los productos de origen animal. Série de informes Técnicos. Rio de Janeiro, n. 774. 1988.

REITER, M.G.R. et al. Prevalence of Salmonella in a poultry slaughterhouse. Jounal of Food Protection, Des Moines, v.70, n.7, p.1723-1725, 2007.

REVOLLEDO, L. Alternativas para o controle de Salmonella. IX Simpósio Brasil Sul de Avicultura, 2008. Chapecó (SC). Anais...Chapecó, 2008. p.95-110.

REZENDE, C.S.M.; MESQUITA, A.J; ANDRADE, M.A; LINHARES, G.F.C.; MESQUITA, A.Q.; MINAFRA, C.S. Sorovares de Salmonella isolados de carcaças de frangos de corte abatidos no Estado de Goiás, Brasil, e perfil de resistência a antimicrobianos. Revista Portuguesa de Ciências Veterinárias, Lisboa, v.100, n.555-556, p.199-203, 2005.

SANTOS, D.M.S.; JUNIOR, A.B.; FERNANDES, S.A.; TAVECHIO, A.T.; AMARAL, L.A. Salmonella em carcaças de frango congeladas. Pesquisa Veterinária Brasileira. Seropédica, v.20, n.1, 2000.

SILVA, E.N. Salmonella Enteritidis em aves e saúde pública. Higiene Alimentar, v.9, p.9-12, 1998.

SILVA, E.N.; DUARTE, A. Salmonella Enteritidis em aves: Retrospectiva no Brasil. Revista Brasileira de Ciência Avícola. São Paulo, v.4, n.2, maio–agosto, p. 85-100, 2002.

TAVECHIO, A.T.; GHILARD, A.C.R.; PERESI, J.T.M.; FUZIHARA, T.O.; YONAMINE, E. K.; JAKABI, M.; FERNANDES, S.A. Salmonella serotypes isolated from nonhuman sources in São Paulo, Brazil, from 1996 through 2000. Jounal of Food Protection, Ames, v.65, n.6, p.1042-1044, 2002.

TESSARI, E.N.C.; CARDOSO, A.L.S.P.; CASTRO, A.G.M.; ZANATHA, G.F. Prevalência de Salmonella Enteritidis em carcaças de frango industrialmente processadas. Higiene Alimentar, São Paulo, v.17, n.107, p.52-55, 2003.

TESSARI, E.N.C.; SICCHIROLI, A.L.; CARDOSO, P.; KANASHIRO, A.M.I.; STOPPA, G.F. Z.; LUCIANO, R.L.; CASTRO, A.G.M. Ocorrência de Salmonella spp. em carcaças de frangos industrialmente processadas, procedentes de explorações industrial do Estado de São Paulo, Brasil. Ciência Rural, Santa Maria, v.38, n.9, p.2557-2560, 2008.

UBABEF. União Brasileira de Avicultura. Relatório Anual UBABEF 2010/2011. Disponível em: http://www.abef.com.br/ubabefnovo/publicacoes_relatoriosanuais.php. Acesso em: 09/06/2012.

WHITE, D.G., FEDORKA-CRAY, P; CHILLER, T.C. The National Antimicrobial Resistance Monitoring System (NARMS). NMC Annual Meeting Proceedings, Jaboticabal, p.56-60, 2006.