Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação Agronômica de Cultivares e Clones de Mandioca em Área Irrigada no Norte de Minas Gerais

DOI: http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v12n3p205-210

http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/index 

downloadpdf

Adriana M. S. Jesus1*, Samuel P. de Carvalho2, Telde N. Custódio3, Polyanna M. de Oliveira4 & Carlos N. Gomes5

 

Resumo: Originária da América do Sul, a mandioca constitui um dos principais alimentos energéticos para cerca de 500 milhões de pessoas, sobretudo nos países em desenvolvimento, onde é cultivada em pequenas áreas com baixo nível tecnológico. Mais de 80 países produzem mandioca, sendo que o Brasil participa com mais de 15% da produção mundial. Este ensaio foi conduzido em área da Epamig-URENM, localizada no Projeto Jaíba, na região Norte do Estado de Minas Gerais. Os tratamentos foram 10 clones de mandioca, sendo cinco clones novos (UFLA) e cinco comerciais (cultivares). Dos clones comerciais, três são cultivados no Sul e dois são cultivados na região Norte de Minas Gerais. Foi adotado o delineamento em blocos casualizados com três repetições. As parcelas foram constituídas por três linhas com cinco plantas cada, dispostas no espaçamento de 1,0 m x 0,6 m. A adubação foi a recomendada para a cultura de acordo com a análise de solo. Os clones avaliados apresentaram bom desempenho na região do projeto de irrigação Jaíba, sendo que alguns tiveram produção de raízes tuberosas 47,95%, em média, maiores que as cultivares cultivadas na região pelos produtores. Nessa região, a mandioca pode ser colhida, com bons resultados, aos seis meses pós-plantio.

Palavras-chaves: cultivares, índice de colheita, Manihot esculenta.

 

Abstract: Originally from South America, cassava is a major energy food to about 500 million people, mostly in developing countries, where it is grown in small areas with low technology. More than 80 countries produce cassava, and Brazil participates with over 15% of the world production. The experiment was conducted in the area of EPAMIG-URENM, located at Jaíba Project, in the North of Minas Gerais (Brazil). The treatments consisted of ten cassava clones, with five new clones (UFLA) and five commercial clones (cultivars). Among the commercial clones, three are cultivated in the South and two are cultivated in the North region of Minas Gerais. The experiment design used was a randomized complete block design, with three replications. The parcels consisted of three lines with five plants each, arranged in the spacing of 1.0 m x 0.6 m. Fertilization used was the recommended for the crop according to the soil analysis. The clones assessed showed good performance in the region of Jaíba irrigation project, and some clones produced tuberous roots 47.95% greater than the local varieties. In this region, cassava can be harvest with good results at six months after planting.

Key words : cultivars, harvest index, Manihot esculenta.

 

1 Pesquisadora Dr. Sc. Fitotecnia. Epamig/URETP, Rua Afonso Rato 1301, Uberaba/MG. E-mail: adriana.madeira@epamig.br
2 Professor Dr.Sc. Melhoramento de Plantas, UFLA, Lavras/MG. E-mail: samuelpc@ufla.br
3 Professor Dr.Sc. Estatística, UFSJ - Campus Alto Paraopeba, Rodovia MG 443 km 07, Ouro Branco/MG. E-mail: natel@ufsjd.edu.br
4 Pesquisadora Dr.Sc. Irrigação, Epamig/URENM, Rodovia MGT 122 km 155, Nova Porteirinha/MG. E-mail: polyanna@epamig.br
5 Doutorando em Agronomia UFV,Viçosa/MG. E-mail: carlos.nick@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

BOLANOS, A. Caracterizacion de la diversidad genetica em cuanto a contenido de carotenos en hojas y raices de 700 genotipos de yuca (Manihot esculenta, Crantz) y minerales de 500 genotipos de la colección de CIAT. 2001. Tese (Mestrado) -Universidade Estadual da Colômbia, Cali, 2001.

CERAT. Ficha de raízes. Disponível em: http://www.cerat.unesp.br/#1,62. Acessado em 20/01/2012.

CONCEIÇÃO, A.J. A mandioca. São Paulo: Nobel, 1983, 382p.

CURY, R. Distribuição da diversidade genética e correlações de caracteres em etnovariedades de Mandioca (Manihot esculenta Crantz) provenientes da agricultura tradicional do Brasil. 1998. 163p. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo, Piracicaba.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura. http://www.cnpmf.embrapa.br/ acessado em 28/09/2011.

FERREIRA, D.F. SISVAR (Sistema para análise de variância para dados balanceados). Lavras, UFLA, 79p. 2000.

FUKUDA, W.M.G.; SILVA, S.O. Melhoramento de mandioca no Brasil. In: Culturas Tuberosas Amiláceas Latino Americanas. Fundação Cargill, v.2, p.242-255, 2003.

FUKUDA, W.M.G.; CALDAS, R.C. Influência da época de colheita sobre o comportamento de cultivares e clones de mandioca. Revista Brasileira de Mandioca, v.4, n.2, p.37-44, 1985.

IBGE - Produção Agrícola Municipal, 2009.

JACOMINE, P.K.T.; CAVALCANTI, A.C.; FORMIGA, R.A.; SILVA, F.B.R.; BURGOS, N.; MEDEIROS, L.A.R.; LOPES, O.P.; MELO FILHO, H.R.L.; PESSOA S.G.P.; LIMA, P.C. Levantamento exploratório: reconhecimento de solos do Norte de Minas Gerais - área de atuação da Sudene. Recife: EMBRAPA-SNLCS/ SUDENE-DRN, 1979. p. 10-11.

KAWANO, K.; AMAYA, A.; DAZA, P.; RIOS, M. Factors affecting efficiency of hibridization and selection in cassava. Crop Science, v.18, p.69-75, 1978.

PINHO, J.L.N. de; TÁVORA. F.J.A.F.; MELO, F.I.O.; QUEIROZ, G.M. Componentes de produção distributiva da mandioca no litoral do Ceará. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v.7, p.89-96, 1995.

SAGRILO, E.; VIDIGAL FILHO, P.S.; PEQUENO, M.G.; GONÇALVES VIDIGAL, M.C.; SCAPIM, C.A.; KVITSCHAL, M.V.; MAIA, R.R.; RIMOLDI, F. Effect of harvest period on foliage production and dry matter distribution in five cassava cultivars during the second plant cycle. Brazilian Archives of Biology and Technology, v.49, p.1007-1018, 2006.

SAGRILO, E.; VIDIGAL FILHO, P.S.; OTSUBO, A.A.; SILVA, A.S.; ROHDEN, V.S. Performance de cultivares de mandioca e incidência de mosca branca no Vale do Ivinhema, Mato Grosso do Sul. Revista Ceres, v.57, n.1, p.087-094, 2010.

SILVA, R.M.; FARALDO, M.F.I.; ANDO, A. ; VEASEY, E.A. Variabilidade genética de etnovariedades de mandioca. In: Cereda, M. P. (Ed.). Cultura de tuberosas amiláceas Latino Americanas. São Paulo: Fundação Cargil, 2002 p.207-242.

VERISSIMO, V.; CRUZ, S.J.S.; MELO PEREIRA, L.F.; SILVA, P. B.; TEIXEIRA, J.D.; FERREIRA, V.M.; ENDRES, L. Pigmentos e eficiência fotossintética de quatro variedades de mandioca. Revista Raízes e Amidos Tropicais, v.6, p.222-231, 2010.

VIDIGAL FILHO, P.S.; PEQUENO, M.G.; SCAPIN, C.A.; VIDIGAL, M.C. G; MAIA, R.R.; SAGRILO, E.; SIMON, G.A.; LIMA, R.S. Avaliação de cultivares de mandioca na região noroeste do Paraná. Bragantia, v.59, n.1, p.69-75, 2000.