Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Superando a Ingenuidade em Estudos Organizacionais: Tem Razão a Administração?

DOI: http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v4n1p7-13

http://www.unama.br/seer/index.php/aos/index 

downloadpdf

Airton C. Cançado1

 

Considerações Iniciais

Importante livro para o desenvolvimento dos estudos organizacionais, este trabalho do prof. Fernando Guilherme Tenório pode ser considerado como um marco na construção do campo da Gestão Social. Composto de sete textos que se complementam, além de uma introdução e um fechamento, é leitura obrigatória para temas como desenvolvimento, território e estudos organizacionais.

Esta resenha foi construída levando em consideração que o texto é uma coletânea de artigos anteriormente publicados em periódicos, mas que, de certa forma, apresentam um fi o condutor. O que une os textos é essencialmente a crítica aos estudos organizacionais, ou ainda a crítica à ingenuidade dessa área do conhecimento, tal qual se apresenta ao autor. Outra ligação entre os textos é o uso de metáforas derivadas da literatura e da mitologia de forma a ilustrar os textos, o que faz com que eles sejam, ao mesmo tempo, acadêmicos e literários, ampliando a importância do livro.

Outro aspecto a ser considerado é que estes textos foram revisados pelo autor com o passar do tempo, de forma que esta resenha refere-se à terceira edição, a última disponível na editora, datada de 2008.

O argumento central do texto é consistente e sua explanação pelos capítulos mostra uma técnica bem próxima da prosa literária, deixando que os capítulos fluam como partes de um todo. A linguagem é fácil, clara e acessível, além de demonstrar a grande capacidade do autor na utilização de metáforas para a argumentação. Assim, optou-se pela apresentação isolada de cada um dos textos e sua principal contribuição.

  

1 Professor do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional. Pós-doutorando em Administração pela EBAPE/FGV . Doutor em Administração pela UFLA. Mestre em Administração pela UFBA. Pós-doutorado em Administração pela EBAPE/FGV. Doutor em Administração pela UFLA (2011). Mestre em Administração pela UFBA.

 

Literatura Citada

Sem literatura citada.

Citado por

Sem citações recebidas.