Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação não Destrutiva de Postes de Madeira Utilizados na Rede Elétrica na Região Metropolitana de Porto Alegre

DOI: http://dx.doi.org/10.12953/2177-6830.v02n01a04

http://www.ufpel.tche.br/revistas/index.php/cienciadamadeira/index 

downloadpdf

Eduardo Schneid1, Darci A. Gatto2, Pedro H. G. de Cademartori3, Leandro G. Hamm1 & Diego M. Stangerlin4

 

Resumo: O presente estudo tem como objetivo avaliar a eficiência do método não destrutivo por meio de emprego de ultrassom para estimar a deterioração causada por organismos xilófagos em postes de madeira. Realizou-se uma avaliação visual de acordo com a norma ASTM D3345 (1994) e, após, uma avaliação utilizando ondas ultrassônicas, no sentido longitudinal com transmissão semidireta. Para tais avaliações, utilizou-se um aparelho de ultrassom e pares de dois tipos de transdutores, de face plana e de ponto seco. As avaliações ultrassônicas demonstraram que a utilização de transdutores de ponto seco possui melhor ajuste das equações de regressão entre os coeficientes da avaliação visual e a velocidade de propagação da onda. O coeficiente de determinação da regressão para esse tipo de transdutor foi superior a 60%, demonstrando que o emprego desse método torna-se uma ferramenta importante e eficiente.

Palavras-chave: ultrassom, inspeção de postes, transdutores de face plana e ponta seca

 

Abstract: This study aimed to evaluate the efficiency of non-destructive method by the use of ultrasound to estimate the degradation caused by wood decay organisms on wood poles. Was made a visual evaluation by ASTM D3345 (1994) and ultrasonic evaluation with semi-direct transmission in longitudinal direction. For this, was used an ultrasound equipment and two pairs of two transducers types, a plane face and point-contact. The ultrasonic evaluations demonstrated that the utilization of point-contact transducers has the best adjustment of the regression equations between visual and ultrasonic evaluation. The coefficient of determination for this type of transducers was above 60%, demonstrating that the use of this method becomes an important and efficient tool.

Key words: ultrasound, pole inspection, face plane and point-contact transducers

 

1 Engenheiro Industrial Madeireiro, Mestrando em Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal (PPGEF), Universidade de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, RS. E-mail: eduardoschneid87@gmail.com
2 Engenheiro Florestal, Dr., Professor Adjunto do Curso de Engenharia Industrial Madeireira, Departamento de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, RS. E-mail: darcigatto@yahoo.com
3 Engenheiro Industrial Madeireiro, Mestrando em Ciência e Engenharia de Materiais, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais (PPGCEM), Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Pelotas, RS. E-mail: pedrocademartori@gmail.com
4 Engenheiro Florestal, M.Sc., Professor Assistente do Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais (ICAA), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) – Campus de Sinop. Avenida Alexandre Ferronato, 1200, Setor Industrial, CEP: 78550-000 - Sinop, MT. E-mail: diego_stangerlin@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS (ASTM). ASTM D3345: Standard method for laboratory evaluation of wood and other cellulosic materials for resistance to termite. Annual Book of ASTM Standard, v. 410, p. 439-441, 1994.

BUCUR, V.; BÖHNKE, I. Factors affecting ultrasonic measurements in solid wood. Ultrasonics. v. 32, n. 5, p. 385-390, 1994.

CALEGARI, L. ; STANGERLIN, D. M. ; SANTINI, E. J. ; HASELEIN, C. R. ; GATTO, D. A. ; CARMO, P. I. O. ; SILVA FILHO, L. C. P. Avaliação de alguns fatores influentes na velocidade ultra-sônica na madeira. Floresta, Curitiba, v. 38, n. 4, p. 607-615, 2008.

CALEGARI, L. Uso da onda ultra-sônica como meio de controle do processo de secagem da madeira. 2006. 91p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2006.

CARRASCO, E. V. M.; AZEVEDO JUNIOR, A. P. Avaliação não-destrutiva de propriedades mecânicas de madeiras através de ultra-som – fundamentos físicos e resultados experimentais. Cerne, Lavras, v. 9, n. 2, p. 178-191, 2003.

CPFL - COMPANHIA PAULISTA DE FORÇA E LUZ. Inspeção e Manutenção Preventiva e Corretiva em Postes de Madeira. Orientação Técnica. São Paulo: CPFL, 2001.

LEPAGE, E. S. Manual de Preservação de Madeiras: Vol. I e II. São Paulo: IPT – Divisão de Madeiras, 1986. 708p.

LORENZI, A. Aplicação de testes ultra-sônicos para avaliação de estruturas de concreto utilizando elementos de inteligência artificial. 2000. 152f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2000.

MENDES, A. S.; ALVES, M. V. S. A degradação da madeira e sua preservação. Brasília: IBDF/LPF, 1988. 57 p.

NESVIJSKI, E. G. Dry point contact transducers: design for new applications. In: The e-Journal of Nondestructive Testing, v. 9, n. 9, Berlin: NDT.net, 2003.

OLIVEIRA, A. M. F.; LELIS, A. T.; LEPAGE, E. S.; CARBALLERA LOPEZ, G . A.; OLIVEIRA, L. C. S.; CANEDO, M. D.; MILANO, S. Agentes destruidores da madeira. In: LEPAGE, E. S. (Coord.) Manual de preservação de madeiras. São Paulo: IPT, 1986. v. 1. p. 99-279.

STANGERLIN, D. M.; GONÇALEZ, J. C.; SANTINI, E. J.; GONÇALEZ, R.; CALEGARI, L.; MELO, R. R.; GATTO, D. A. Avaliação de tipos de ondas geradas por dois modelos de transdutores para determinação do módulo de elasticidade dinâmico. Floresta, Curitiba, v. 40, n. 4, p. 1-5, 2010.

VALLE, A.; TEREZO, R. F.; TELES, C. D. M. Uso de técnicas não destrutivas no diagnóstico de patologias em estruturas de madeira. E-Mat, Porto Alegre, v. 01, p. 148-157, 2004.