Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Diversidade no Germoplasma de Milho Coletado na Região Nordeste do Brasil

DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v1n3p59-67

http://rbms.cnpms.embrapa.br/index.php/ojs/index 

downloadpdf

Flavia F. Teixeira1, Ramiro V. de Andrade1, Antonio C. de Oliveira1, Alexandre da S. Ferreira1 & Manoel X. dos Santos1

 

Resumo: No Brasil, a utilização do germoplasma pelos melhoristas é baixa, devido, dentre outros fatores, à falta de informação sobre os acessos, que, quando disponíveis, são inadequadas ou insuficientes. O objetivo deste trabalho foi estudar a divergência genética de 169 acessos, avaliados em Janaúba-MG, tendo-se como base quinze caracters morfológicos do Latin American Maize Project (LAMP II). Foram estimadas distâncias genéticas com base nos caracteres morfológicos e formados agrupamentos para os tipos de grãos duro, semidentado, dentado e farináceo. Os acessos CE004 e CE001, com grãos do tipo semidentado, e AL014 e PE007, com grãos do tipo dentado, foram os de maiores produtividades, juntamente com a testemunha intercalar, BR5011. Os acessos mostraram diferenças entre si para todas as características estudadas, sendo possível indicar germoplasma com atributos de interesse para o melhoramento de plantas. As diferenças encontradas entre os acessos foram empregadas para calcular as distâncias entre eles e agrupá-los. O grupo que apresentou maior divergência entre seus acessos foi o duro, seguido do semidentado, farináceo e dentado. Dentre os acessos do tipo duro, os mais divergentes dos demais foram os acessos BA233 e CE017; dentre os dentados, o que mais divergiu foi o acesso MA012 e, dentre os farináceos, o acesso CE027 foi o que mais se distanciou dos outros componentes do grupo. Quanto ao grupo semidentado, foram formados dois subgrupos: no menor deles foram agrupados os acessos AL024, BA207, BA220, CE001, BA211, RN007, PE045 e PE032, ficando os demais no outro subgrupo.

Palavras-chave: Zea mays, pré-melhoramento, recursos genéticos.

 

Abstract: Breeders in Brazil do not use the germplasm frequently due to several factors, including the lack of information about the accesses which , when available, are inadequate or insufficient. This research aims at estimating the genetic divergence of 169 accessions of germplasm evaluated at The Second Latin American Maize Project (LAMP II) in Janauba- MG using fifteen morfological characters. These characters were used to estimate the genetic distance between the accessions and to form clusters for each grain type. The accessions CE004 and CE001 with flint grains and the AL014 and PE007 with dent grains together with the check, BR5011, reached the highest yield. All the germplasm evaluated showed differences, so it was possible to identify germplasm with special characters usually required by the plant breeding and the difference between the accessions was useful to evaluate the divergence between the accesses and to cluster them. The flint group was the most divergent followed by the semident, floury and dent groups. The accessions BA233 and CE017 were the most divergent in the flint grain group, the MA012 was the most divergent in dent grain and the CE027 was the most divergent in floury grain. The group with semident grains was divided in two: one of the subgroups held the accessions AL024, BA207, BA220, CE001, BA211, RN007, PE045 and PE032 and the other one held the others.

Key words: Zea mays, pre-breeding, genetic resources.

 

1 Pesquisadores, Embrapa Milho e Sorgo. Caixa Postal 151, CEP. 35701-970 Sete Lagoas, MG. E-mail: flavia@cnpms.embrapa.br (autor para correspondência).

 

Literatura Citada

ABADIE, T.; MAGALHÃES, J.; CORDEIRO, C. M. T.; PARENTONI, S. N.; ANDRADE, R.V. Obtenção e tratamento analítico de dados para organizar a coleção nuclear de milho. Sete Lagoas: EMBRAPA-CNPMS, 1997. 7p. (EMBRAPA-CNPMS. Comunicado Técnico, 20).

ANDRADE, R. V. Importância e uso de germoplasma para o melhoramento genético vegetal - milho. In: UDRY, C.V.; DUARTE, W.F. (Org.) Uma história brasileira do milho – o valor de recursos genéticos. Brasília: Paralelo 15, 2000. p.79-84.

CENTRO DE INFORMATICA PARA LA INVESTIGACION AGRICOLA. Projecto latinoamericano del maiz (LAMP):informe final. Lima, [1998 ?]. 52p

CRUZ, C.D.; REGAZZI, A.J. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento. Viçosa: UFV, 1994. 390 p.

CRUZ, C.D. Programa GENES, versão windows. Viçosa: UFV, 2001. 672p.

NASS, L.N.; PATERNIANI, E. Perspectivas do pré-melhoramento do milho. In: UDRY, C.V.; DUARTE, W.F. (Org.) Uma história brasileira do milho – o valor de recursos genéticos. Brasília: Paralelo 15, 2000. p.43-63.

PATERNIANI, E.; NASS, L.N.; SANTOS, M.X. O valor dos recursos genéticos de milho para o Brasil: Uma abordagem histórica da utilização de germoplasma. In: UDRY, C.V.; DUARTE, W.F. (Org.) Uma história brasileira do milho – o valor de recursos genéticos. Brasília: Paralelo 15, 2000. p.11-41.

SCOTT, A. J.; KNOTT, M.A. A cluster analysis method for grouping means in the analysis of variance. Biometrics, Washington, v. 30, n.3, p. 507-512, Sept. 1974. https://doi.org/10.2307/2529204

SAS INSTITUTE. SAS System. Cary, 1993. 18v.