Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação de Cultivares de Sorgo Sacarino [Sorghum bicolor (l.) Moench] em Diferentes Densidades de Semeadura Visando a Características Importantes na Produção de Etanol

DOI: http://dx.doi.org/10.18512/1980-6477/rbms.v12n2p118-127

http://rbms.cnpms.embrapa.br/index.php/ojs/index 

downloadpdf

Israel A. Pereira Filho1, Rafael A. da C. Parrella1, José A. A. Moreira1, André May1, Vander F. de Souza2 & José C. Cruz1

 

Resumo: Ao lado da cana-de-açúcar, planta tradicionalmente empregada na produção de etanol, o sorgo sacarino apresenta-se como uma excelente opção sob os pontos de vista agronômico e industrial, por oferecer as vantagens de ser uma planta tolerante a déficit hídrico de ciclo curto, ser totalmente mecanizada, possuir colmos suculentos com açúcares totalmente fermentáveis e com produção de massa verde variando de 40 a 60 t ha-1. O trabalho foi conduzido na área experimental da Embrapa Milho e Sorgo em janeiro de 2011, em solo classificado como Latossolo Vermelho Distroférrico, objetivando verificar o efeito de diferentes cultivares de sorgo sacarino e densidades de semeadura no teor de sólidos solúveis totais. Foram utilizados quatro cultivares de sorgo sacarino (variedades) BR 501; 505; 506 e 507 e um híbrido simples forrageiro BR 601, o qual serviu de testemunha, semeados nas densidades de semeaduras de 75.000, 100.000, 125.000, 150.000 e 175.000 plantas ha-1. Foram avaliados os parâmetros cultivares, densidades de semeadura e as características altura da planta, produção de massa verde, volume de caldo e teor de açúcares redutores totais. Os resultados mostraram que o peso de massa verde aumentou linearmente com a elevação do número de plantas por área e que a cultivar BR 506 foi a que apresentou maior rendimento. O volume de caldo aumentou com a elevação da densidade de semeadura, sendo maior nas cultivares BR 506 e BR 505, e o °Brix, indicador do teor de açúcar na planta de sorgo sacarino, não diferiu entre as cultivares avaliadas no trabalho.

Palavras-chave: Sorghum bicolor; arranjo de plantas; massa verde; sólidos solúveis totais.

 

Abstract: Together with sugar cane, a traditional plant used to produce ethanol, sweet sorghum is an excellent option under the agronomic and industrial points of view, since this plant is tolerant to water deficit, presents short cycle and can be totally mechanized. In addition, this plant has succulent stems with totally fermentable sugars and the green matter production ranges from 40 to 60 t ha-1. The work was conducted at the Embrapa Maize and Sorghum in January 2011 in a soil classified as Distroferric Red Latosol, aiming to verify the effect of different sweet sorghum cultivars and sowing densities on the total soluble solids. Four cultivars (varieties) of sweet sorghum were used, BR 501; 505; 506; 507 and a simple forage hybrid BR 601 as control, seeded at sowing densities of 75,000; 100,000; 125,000; 150,000 and 175,000 plants per hectare. The parameters evaluated were cultivars and seeding densities  Plant height, green mass production, broth volume and total reducing sugar were the traits evaluated. The results showed that the weight of green mass increased linearly with the increase of the number of plants per area and the BR 506 cultivar presented the highest yield. The volume of broth increased with the elevation of seeding densities, being higher in the BR 506 and BR 505 cultivars The ºBrix, an indicator of sugar content in sweet sorghum plant, did not differ among the cultivars evaluated.

Key words: Sorghum bicolor; plant arrangement; green mass; total solids soluble.

 

1 Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, Brasil, israel.pereira@embrapa.br, rafael.parrela@embrapa.br, jose.aloisio@embrapa.br, andre.may@embrapa.br, josecarlos.cruz@embrapa.br
2 Universidade Federal de São João del-Rei, São João del-Rei, MG, Brasil, vander_agro@hotmail.com

 

Literatura Citada

ALBUQUERQUE, C. J. B.; PARRELA, R. A. C.; TARDIN, F. D.; BRANT R. S.; SIMÕES D. A.; FONSECA JR, W. B.; OLIVEIRA R. M.; JESUS, K. M. Potencial Forrageiro de Cultivares de Sorgo Sacarino em Diferentes Arranjos de Plantas e Localidades de Minas Gerais. In: Congresso Nacional de Milho e Sorgo, 28.; SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE A LAGARTA DO CARTUCHO, 4., 2010, Goiânia. Potencialidades, desafios e sustentabilidade: resumos expandidos... Goiânia: ABMS, 2010. 1 CD-ROM.

ALMODARES, A.; HADI, M. R. Production of bioethanol from sweet sorghum: A review. African Journal of Agricultural Research, Nairobi, v. 4, n. 9, p. 772-780, Sept. 2009. Disponível em: http://www.academicjournals.org/AJAR. Acesso em: 19 out. 2011.

COWLEY, O. H.; SMITH, B. S. Sweet sorghum as a potential sugar crop in south Texas. In: CONGRESS OF THE INTERNATIONAL SOCIETY OF SUGAR CANE TECHNOLOGY, 14., 1971, New Orleans Proceedings…, New Orleans: [s.n.], 1972. p. 628-633.

LOURENÇO, M. E. V., MASSA, V. M. L., PALMA, P. M. M.; RATO, A. E. M. Potencialidades do sorgo sacarino [Sorghum bicolor (L.) Moench] para a produção sustentável de bioetanol no Alentejo. Revista de Ciências Agrárias, Belém, v. 30, n. 1, p. 103-110, 2010.

MARCHEZAN, E.; SILVA, M. I. Avaliação de cultivares de sorgo sacarino em Santa Maria, RS. Revista do Centro de Ciências Rurais, Santa Maria, v. 14, p. 161-172, 1984.

OLIVEIRA, A. J.; RAMALHO J. (Coord.). Plano Nacional de Agroenergia: 2006 - 2011. 2. ed. rev. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2006. 110 p.

SOUZA, C. C.; DANTAS, J. P.; SILVA, S. M.; SOUZA, V. C.; ALMEIDA, F. A.; SILVA, L. E. Produtividade do Sorgo granífero cv. sacarino e qualidade de produtos formulados isoladamente ou combinados ao caldo de cana-de-açúcar. Ciência e Tecnologia de Alimento, Campinas, v. 25, n. 3, p. 512-517, 2005. https://doi.org/10.1590/S0101-20612005000300020

TEIXEIRA, C. G.; JARDINE J. G.; NICOLELLA, G.; ZARONI, M. H. Influência da época de corte sobre o teor de açúcares de colmos de sorgo sacarino. Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasília, DF, v. 34, n. 9, p. 1601-1606 , set. 1999. https://doi.org/10.1590/S0100-204X1999000900010