Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Anatomia do Xilema Secundário de Sete Espécies de Vochysia Aubl. (Vochysiaceae), Conhecidas como Quaruba no Estado do Pará, Brasil

DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v5n2p45-51

http://periodicos.unifap.br/index.php/biota/index 

downloadpdf

Alisson R. S. Reis1, Rogério dos S. Alves2, Cláudia V. Urbinati3, Joielan X. dos Santos4, Jhonata R. da Silva5 & Pedro L. B. Lisboa6

 

Resumo: As espécies do gênero Vochysia Aubl. são conhecidas no mercado madeireiro amazônico como quaruba, o que tem ocasionado à troca destas espécies em decorrência do mesmo nome vulgar utilizado. Com isso, o objetivo do trabalho foi caracterizar a anatomia do xilema secundário de sete espécies amazônicas de Vochysia Aubl., conhecidas como quaruba de interesse comercial no Estado do Pará. Para tal estudo, As amostras foram obtidas na Xiloteca Walter A. Egler do Museu Paraense Emílio Goeldi e as descrições macroscópicas seguiram as recomendações do IBAMA e Microscópica as do IAWA. Constatou-seque as madeiras do gênero apresentam uma variabilidade quanto à distribuição e arranjo dos vasos, raios e camadas de crescimento. Em relação aos poros das espécies os mesmos são solitários e múltiplos, com contorno angular, exceto para Vochysia densiflora Spruce e Vochysia ferruginea Mart, que apresentam com contorno circular tendendo à angular; e porosidade difusa para todas as espécies. Em relação aos raios, observou-se que todas as espécies estudadas apresentam pontuações radio-vasculares com aréolas distintas semelhantes às parênquimo-vascular em tamanho e forma. As espécies Vochysia densiflora Spruce, Vochysia guianensis Aubl, Vochysia maxima Ducke, apresentaram canais axiais. Verificou-se também a presença de tilose esclerosada em Vochysia densiflora Spruce e amidos em Vochysia guianensis Aubl. As espécies apresentam características peculiares que podem auxiliar na identificação.

Palavra-chave: madeiras amazônicas, anatomia da madeira, comercialização.

 

Abstract: Species of the genus Vochysia Aubl. are known in the Amazonian wood market as quaruba, which has led to confusion among the species owing to the use of the same common name. As such, the aim of our study was to characterize the anatomy of the secondary xylem of seven Amazonian Vochysia Aubl. species of commercial interest in the state of Pará, Brazil. Samples were obtained from the Walter A. Egler xylotheque of the Museu Paraense Emílio Goeldi, and the macroscopic and microscopic descriptions followed the IBAMA and IAWA recommendations, respectively. It was concluded that wood from the plants belonging to this genus shows variability in the distribution and layout of the vessels, rays, and growth rings. These species present both single and multiple pores with angular contours, except in the cases of Vochysia densiflora Spruce and Vochysia ferruginea Mar., which present circular pore contours, tending to angular; diffuse porosity was observed in all species. As to the rays, all species analyzed present radial vascular markings with distinct areolas similar in size and shape to theones in the vascular parenchyma. Axial channels were observed in the species Vochysia densiflora Spruce, Vochysia guianensis Aubl., and Vochysia maxima Ducke. The presence of sclerotic tyloses and starches was also detected in Vochysia densiflora Spruce and Vochysia guianensis Aubl., respectively. The species analyzed present distinctive characteristics that can be helpful in their identification.

Key words: amazon wood, wood anatomy, commercialization.

 

1 Engenheiro Florestal, Universidade Federal Rural da Amazônia. Doutor em Ciências Agrárias, Universidade Federal Rural da Amazônia. Professor Adjunto, Universidade Federal do Pará. E-mail: alissonreis@ufpa.br
2 Engenheiro Florestal, Universidade Federal do Pará. Diretor Financeiro, Empresa Júnior Altaflora Projetos e Consultoria Ambiental. E-mail: rogerio.ufpa@gmail.com
3 Engenheira Florestal, Universidade Federal Rural da Amazônia. Doutora em Ciência e Tecnologia da Madeira, Universidade Federal de Lavras. Professora, Universidade do Estado do Pará. E-mail: urbinatiuepa@gmail.com
4 Engenheira Florestal, Universidade Federal do Pará. E-mail: joilanxipaia@hotmail.com
5 Acadêmico de Engenharia Florestal, Universidade Federal do Pará. Bolsista de Iniciação Científica (PIBEX). E-mail: Jhonattaribeiro13@gmail.com
6 Farmacêutico, Universidade Federal do Pará. Doutor em Ciências Biológicas, Universidade Presbiteriana Mackenzie. Pesquisador Titular, Museu Paraense Emílio Goeldi. E-mail: plisboa@museu-goeldi.br

 

Literatura Citada

ARIAS, D. Morfometría del árbol en plantaciones forestales tropicales. Kurú: Revista Forestal, v. 2, n. 5, p. 1-13, 2005.

ASAO, S.; BEDOYA-ARRIETA, R.; RYAN, M.G. Variation in foliar respiration and wood CO2 efflux rates among species and canopy layers in a wet tropical forest. Tree Physiology, v. 0, p. 1-12, 2015.

BARDDAL, H. P. DE O. Sulfatação química do polissacarídeo da goma de exsudato de Vochysia thyrsoidea e avaliação das atividades anticoagulante e antitrombótica. 2015. 97f. Dissertação (Mestrado) Universidade Federal do Paraná, Paraná, 2015.

BATISTA, A. P. B.; APARÍCIO, W. C. DA S.; APARÍCIO, P. DA S.; SANTOS, V. S. DOS; LIMA, R. B. DE; MELLO, J. M. DE. Caracterização estrutural em uma floresta de terra firme no estado do Amapá, Brasil. Pesquisa Florestal Brasileira. Colombo, v. 35, n. 81, p. 21-33, 2015.

CALLADO, C. H.; ROIG, F. A.; TOMAZELLO-FILHO, M.; BARROS, C. F. Cambial growth periodicity studies of south american woody species - a review. IAWA Journal, v. 34, n. 3, p. 213-230, 2013.

CARLQUIST, S. Comparative wood Anatomy: Systematic, Ecological, and Evolutionary Aspects of Dicotyledon Wood. London, 1988.

CARVAJAL-VANEGAS, D.; CALVO-ALVARADO, J. Intercepción de precipitación en dos especies forestales nativas: Vochysia guatemalensis Donn. Sm. y Vochysia ferruginea Mart. Revista Forestal Mesoamericana Kurú, v. 9, n. 22, p. 32-39, 2012.

CORADIN, V. T. R. ; MUÑIZ, G, I. Normas para procedimentos em estudos de anato mia de madeira: I. Angiosperma, II. Gimnosperma. . INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS RENOVÁVEIS IBAMA, (Série Técnica, 15), Brasília, 19p. 1992.

JADAN, O.; GUNTER, S.; TORRES, B.; SELESI, D. Riqueza y potencial maderable en sistemas agroforestales tradicionales como alternativa al uso del bosque nativo, Amazonia del Ecuador. Revista Forestal Mesoamericana Kurú, v. 12, n. 28, p.13-22, 2015.

JOHANSEN, D. A. Plant microtechnique. New York: McGraw-Hill, 523p. 1940.

LEÓN, W. J. H. Estudio anatómico de la madera de 21 especies del género Vochysia pior. (Vochysiaceae). Acta Botánica Venezuelica, v. 28, n. 2, 2005.

LIMA, P. C.; SANTOS, M. G. DOS; CALABRESE, K. DA S.; SILVA, A. L. A.; ALMEIDA, F. Avaliação da capacidade leishmanicida de espécies vegetais do cerrado. Revista de Patologia Tropical, v. 44, n. 1, p. 45-55, 2015.

LOUREIRO, A.; FREITAS, J. A. de; RAMOS, K. B. L. Essências Madeireiras da Amazônia, Manaus: MCT/INPA –CPPF. 2000.

MACHADO, A. O.; OLIVEIRA, P. E. Diversidade beta de plantas que oferecem néctar como recurso floral aos beija-flores em cerrados do Brasil Central. Rodriguésia, v. 66, n.1, p. 1 - 19, 2015.

MACHADO, N. G.; SANCHES, L.; AQUINO, A. M.; SILVA, L. B. DA; NOVAIS, J. W. Z.; BIUDES, M. S. Growth rhythm of Vochysia divergens Pohl (Vochysiaceae) in the Northern Pantanal. Acta Scientiarum. Biological Science, v. 37, n. 1, p. 81-90, 2015.

MAURI, R.; OLIVEIRA, J. T. S. da. Anatomia comparada de três espécies do gênero Vochysia. Floresta e Ambiente, v. 18, n. 1, 2011.

QUIRK, J. T. Wood anatomy of the Vochysiaceae. Iawa Bulletin, v. 1, n. 4, 1980.

RECORDE, S. J.; HESS, R. W. Timbers of the New World. Yale university Press. New havem. p. 550-553. 1945.

REIS, A. R. S.; ABREU, J. L. L. DE; PINHO, D. M.; LISBOA, P. L. B.; URBINATI, C. V. Caracterização anatômica da madeira de mandioqueira (Qualea aubl.) Comercializada no mercado madeireiro do estado do Pará. Enciclopédia Biosfera, v. 10, n.19, p. 448 -462, 2014 a.

REIS, A. R. S.; URBINATI, C. V.; LISBOA, P. L. B.; ALMEIDA, E. F. de; FREITAS, A. D. D. de. Caracterização anatômica da madeira de sete espécies do gênero Erisma Rudge, conhecidas como quarubarana, comercializadas no mercado madeireiro do Estado do Para. Enciclopédia Biosfera, v. 10, n. 18, p. 804821. 2014b.

RUFFINATO, F.; CRIVELLARO, A.; WIEDENHOEFT, A. C. Review of macroscopic features for hardwood and softwood identification and a proposal for a new character list. IAWA Journal, v. 36, n. 2, p. 208-241, 2015.

SAVI, D. C.; HAMINIUK, C. W. I.; SORA, G.T. S.; ADAMOSKI, D. M.; KENSKI, J.; WINNISCHOFER, S. M. B.; GLIENKE, C. Antitumor, antioxidant and antibacterial activities of secondary metabolites extracted by endophytic actinomycetes isolated from Vochysia divergens. International Journal of Pharmaceutical, Chemical and Biological Sciences - IJPCBS, v. 5, n. 1, p. 347-356, 2015.

SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE - SEMA. Relatório de Extração e movimentação de toras de madeira nativa, 2015. disponível em http://monitoramento.semas.pa.gov.br/sisflora/index.php/relatorios. Acesso: Maio de 2015.

SERRANO, E. A.; VARGAS, R. O. Estudio radicular de Vochysia ferruginea (botarrama) en plantaciones y condiciones naturales en Costa Rica. Tecnología en Marcha, v. 23, n. 1, p. 9-18, 2010.

SIEGLOCH, A. M.; SANTOS, S. R. dos; MARCHIORI, J. N. C. Estudo Anatômico do lenho de Callisthene inundata Bueno, Nilson & Magalhães. Balduinia, n. 32, 2011.

SILVA, R. J. F. Substâncias Ergásticas. in: POTIGUARA, R. C. V. de; SILVA, R. J. F.; KIKUCHI, T. Y. S.; LUCAS, F. C. A.; MACEDO, E. G. (Org.) Estruturas Vegetais em Microscopia Eletrônica de varredura. Belém MPEG, UEPA, 2013. p. 79-87.

SOUZA, L. F. DE. A família Vochysiaceae A.St.-Hil. na microrregião sudoeste goiano. Revista de Biologia Neotropical, v. 11, n. 1, p. 1-10, 2014.

SOUZA, T. V. DE; TORRES, I. C.; STEINER, N.; PAULILO, M. T. S. Seed dormancy in tree species of the Tropical Brazilian Atlantic Forest and its relationships with seed traits and environmental conditions. Brazilian Journal of Botany, v. 1, n 1, 2015.

SOUZA, V.C.; LORENZI, H. Botânica Sistemática: Guia Ilustrado para Identificação das famílias de Fanerógamas nativas e exóticas no Brasil, baseado em APGIII. 3. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum,. v. 1, 768p. 2012.

VIANNA, L. S. Caracterização da diversidade genética de duas populações naturais de Vochysia bifalcata Warm no parque nacional do caparaó/ES. Nucleus, v. 12, n.1, p. 173-179, 2015.

VISCARRA, L. J.; MARTINEZ, M. T.; LEDEZMA, R.; CHUVIRÚ, T.; ARAUJO-MURAKAMI, A. Nuevos registros de plantas vasculares para la flora de bolivia basado en la revisión de especímenes del herbario del museo de historia natural noel kempff mercado. Kempffiana, v. 10, n. 2, p. 14-19, 2014.