Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Imigração Boliviana em S. Paulo: Experiências de Um Pentecostalismo Específico como Aglutinador de Identidades e Sociabilidades

DOI: http://dx.doi.org/10.18328/2179-0019/plura.v6n1p100-116

http://www.abhr.org.br/plura/ojs/index.php/plura/index 

downloadpdf

Márcia M. C. M. de Souza1 & Silas Guerriero2

 

Resumo: Os fluxos migratórios de bolivianos ao Brasil remontam várias décadas, assumindo em cada uma delas aspectos diversos. Tais processos migratórios implicam sempre na mobilidade de pessoas e também de crenças e costumes. O mesmo se dá com a imigração boliviana para a cidade de São Paulo. O presente artigo procura analisar alguns aspectos religiosos da população boliviana em São Paulo a partir da vivência pentecostal de adeptos das igrejas Assembleias de Deus. O trabalho de campo da pesquisa levantou dados de alguns bairros com grande concentração de imigrantes que vivem de forma ilegal no Brasil. A construção de identidade específica, em contraste à da população paulistana em geral e dos demais bolivianos da cidade, foi um dos focos desse trabalho. Procuramos perceber como a vivência pentecostal em igrejas especializadas, formada e constituída especificamente por bolivianos, marca um modo diverso de ser boliviano em São Paulo, além de constituir elos de contato com os adeptos das Assembleias de Deus no país de origem. Através da igreja, muitos bolivianos estabelecem redes de troca e amparo com amigos e familiares na Bolívia. Isso demonstra que há diferentes maneiras de ser boliviano em terras distantes e que a globalização da religião passa por canais muitas vezes distantes dos institucionais e usuais.

Palavras-chave: Migração e religião. Bolivianos no Brasil. Pentecostalismo.

 

Abstract: The migration of Bolivians in Brazil date back several decades, assuming in each of them different aspects. Such migration processes always involve the mobility of people and also of beliefs and customs. The same happens with the Bolivian immigration to the city of São Paulo. This paper analyzes some religious aspects of the Bolivian population in São Paulo from the Pentecostal experience of believers in the Assembly of God Church. The fieldwork for the survey gathered data from some neighborhoods with high concentrations of immigrants living illegally in Brazil. The construction of specific identity was one of the goals of this work. We seek to understand how the Pentecostal experience in specialized churches, formed specifically by Bolivians, marks a different way of being Bolivian in Sao Paulo, besides constituting links with the followers of the Assembly of God in the country of origin. Through the church, many Bolivians establish networks of exchange and support with family and friends in Bolivia. This demonstrates that there are different ways to be Bolivian in distant lands, and that the globalization of religion goes through channels often distant from institutional and usual.

Key words: Migration and religion. Bolivians in Brazil. Pentecostalism.

 

1 Doutora em Geografia. Professora do Departamento de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pesquisadora colaborada da IWGIA - International Workers of Indegenous Affairs. E-mail: mmcabreira@uol.com.br
2 Doutor em Antropologia. Professor associado do Departamento de Ciência da Religião e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. E-mail: silasg@pucsp.br

 

Literatura Citada

BOSSÉ, Mathias L. As questões de identidade em Geografia Cultural – Algumas concepções contemporâneas. In: ROSENDAHL, Zeny & CORREA, Roberto L. (Orgs.). Paisagens, Textos e Identidade. Rio de Janeiro: UERJ, 2004.

CARRANZA, B.; MARIZ, C.; CAMURÇA, M. Novas Comunidades Católicas. Em busca do espaço pós-moderno. Aparecida/SP: Ideias e Letras, 2009.

CYMBALISTA, Renato e XAVIER, Iara R. A comunidade boliviana em São Paulo: definindo padrões de territorialidade. Cadernos Metrópole, 17, 1º semestre 2007, pp. 119-133.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 1999.

HALL, Stuart. Da Diáspora. Identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2009.

MELTON, Gordon and HOLLAND, Clifton L. Religion in Bolivia. 2009. Disponível em: <http://www.prolades.com/encyclopedia/countries/english/bolivia_religion_2009.pdf>. Acesso em: 02/10/2013.

RIVIÈRE, Gilles. Bolivia: el pentecostalismo en la sociedad aimara del Altiplano. Revista Nuevo Mundo Mundos Nuevos. Junho de 2007. Disponível em: <http://www.nuevomundo.revues.org/6661>. Acesso em: 15/10/2010.

SANTOS, Milton. Metamorfose do espaço habitado. São Paulo: Hucitec. 1996.

SCHMIDT, Bettina. El dinamismo creativo de La hibridación: migrantes del Caribe en Nueva York. In: WEHR, Ingrid (ed.). Un continente en movimiento. Migraciones en América Latina. Madrid; Frankfurt, Iberoamericana; Vervuert, 2006.

SILVA, Sidney Antonio da. Virgem/Mãe/Terra. Festas e tradições bolivianas na metrópole. São Paulo: Hucitec, Fapesp, 2003.

SILVA, Sidney Antonio da. Bolivianos em São Paulo: entre o sonho e a realidade. In: Revista de Estudos Avançados da USP – Dossiê Migrações. São Paulo, vol. 20, n. 57 – Maio/Agosto, 2006.

TAYLOR, Charles. El multiculturalismo y “La política del reconocimiento”. Mexico: Fondo de Cultura Económica, 1993.