Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Mística e Natureza no Pensamento de Albert Schweitzer

DOI: http://dx.doi.org/10.18328/2179-0019/plura.v6n1p206-220

http://www.abhr.org.br/plura/ojs/index.php/plura/index 

downloadpdf

Josias da Costa Júnior1

 

Resumo: Este artigo tem como objetivo refletir sobre a relação entre mística e natureza a partir do pensamento místico ético de Albert Schweitzer. Sua noção de “reverência pela vida” implica profundo respeito a todas as formas de vida (humana e não humana). Essa atitude de respeito é encontrada na postulação ética de Schweitzer, baseada na experiência mística do desejo de viver, que se manifesta em todos os seres vivos. Na conclusão, algumas contribuições serão apontadas para discussões sobre a emergente questão ecológica que está relacionada com a religião e a espiritualidade através de um misticismo ético e de um misticismo ecológico.

Palavras-chave: Religião. Mística. Natureza. Vida.

 

Abstract: This article aims to reflect about the relationship between mysticism and nature from the mysticism and nature from Albert Schweitzer’s mystical thought ethical. His concept of “reverence for life” implies profound respect for all forms of life (human and non-human). This attitude of respect is found in postulation ethics of Schweitzer, based on mystical experience of the desire to live, which is manifested in all living. In conclusion some contributions will be brought to discussions about the emerging ecological issue that is related to religion and spirituality through an ethical mysticism and a ecological mysticism.

Key words: Religion. Mysticism. Nature. Life.

 

1 Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião na Universidade do Estado do Pará. E-mail: josiasdacosta@gmail.com.

 

Literatura Citada

CHOMSKY, Noam. Sobre natureza e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

CAPRA, Fritjop. O ponto de mutação. A ciência, a sociedade e a cultura emergente. São Paulo: Cultrix, 2006.

DESCARTES, René. Discurso sobre o método; para bem dirigir a própria razão e procurar a verdade nas ciências. 9. ed. Curitiba: Hemus, 2000.

HIGUET, Etienne. Misticismo e sincretismo na espiritualidade ecológica brasileira: justificação e crítica a partir do pensamento de Paul Tillich. In.: Estudos de Religião. n. 20. São Bernardo do Campo: UMESP, junho de 2001, p. 132-135.

KANT, Immanuel. Textos seletos. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

LANDIM, Maria Luiza P. F. Ética e natureza no pensamento de Bergson. Rio de Janeiro: UAPÊ, 2001.

MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

MOLTMANN, Jürgen. Ética da esperança. Petrópolis: Vozes, 2012.

SCHWEITZER, Albert. Cultura e ética. São Paulo: Edições Melhoramentos, 1953.

SCHWEITZER, Albert. Minha vida e minhas ideias. São Paulo: Edições Melhoramentos, 1959.

SCHWEITZER, Albert. Filosofia da civilização: queda e reconstrução da civilização e ética. São Paulo, 2013.

SCHWEITZER, Albert. O misticismo de Paulo, o apóstolo. São Paulo: Fonte Editorial, 2006.

TILLICH, Paul. Perspectivas da teologia protestante nos séculos XIX e XX. 2. ed. São Paulo: ASTE, 2004.