Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise Comparativa entre Sistemas Estruturais: Laje Maciça e Laje Nervurada

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/2359-5302/ptr.v1n1p125-154

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/ptr/index 

downloadpdf

Thieres R. Otoni1 & Edmundo A. Ackel2

 

Resumo: Este artigo teve como objetivo fazer um estudo comparativo entre o sistema estrutural com laje maciça e o sistema com laje nervurada cogumelo, apresentando como objeto de estudo um edifício de garagem. Cumpre ressaltar que para a realização da análise comparativa foi elaborado um projeto arquitetônico do edifício e os projetos estruturais foram realizados com o auxílio do programa Eberick. O presente trabalho parte do princípio que garagens carecem de lajes que alcançam grandes vãos para reduzir a quantidade de pilares. Foram feitas composições de custo para cada sistema com o objetivo de estimar o projeto mais viável economicamente, diante disso, o sistema com laje nervurada foi mais econômico em se tratando do custo total do edifício, portanto, pôde-se concluir que o sistema com laje nervurada cogumelo foi mais viável, não apenas pelo custo, más também por gerar menos resíduos, proporcionar melhor interação entre os projetos e ter maior produtividade.

Palavras-chave: Sistema estrutural, laje maciça, laje nervurada e econômico.

 

Abstract: This article aimed to make a comparative study between the structural system with massive slab and the system with ribbed mushroom slab, presenting as study object a garage house. Fulfills emphasize that for the realization of comparative analysis was elaborated an architectural the building project and the Structural projects were performed with the aid of Eberick program. The present work part of principle which garages lack slabs that reach large spans to reduce the amount of pillars. Cost of compositions were made for each system with the objective of estimating the most viable project economically, before addition, the system with ribbed slab was more economical in if treating of the total cost of the building therefore it could be concluded that the system with slab ribbed mushroom was more viable, not just at cost, bad also by generate less waste, provide better interaction between projects and have higher productivity.

Key words: Structural system, slab, ribbed slab and economic.

 

1 Graduando em Engenharia Civil pelo Centro Universitário Izabela Hendrix (CEUNI), thieres.otoni14@gmail.com
2 Doutorando em Engenharia Civil, docente do Centro Universitário Izabela Hendrix (CEUNI), edmundo.abiackel@izabelahendrix.edu.br

 

Literatura Citada

ARAÚJO, J.M. Curso de concreto armado. v.4. 4.ed. Rio Grande: Dunas, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6118 - Projeto de estruturas de concreto – Procedimento. Rio de Janeiro, 2003.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6120 - Cargas para o cálculo de estruturas de edificações. Rio de Janeiro, 1980.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 6123 - Forças devidas ao vento em edificações. Rio de Janeiro, 1988.

ATEX Brasil. Tabela comparativa: Laje nervurada ATEX x laje maciça. Lagoa Santa, 2015.

BITTENCOURT, T.N.; FRANÇA, R.L.S. Exemplo de um Projeto Completo de Edifício de Concreto Armado. Notas de aula, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2001.

BOTELHO, M.H.C.; MARCHETTI, O. Concreto Armado Eu Te Amo. 3ed. São Paulo: Blücher, 2002.

BRASKEM. Catálogo de produtos Braskem: Soluções em plástico para a construção. São Paulo, 2015.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (C.E.F.); INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Tabela de composição de custos: SINAPI - Sistema nacional de pesquisa de custos e índices da construção civil. Referência: Março. Belo Horizonte, 2015.

CARVALHO, R.C.; FILHO, J.R.F. Cálculo e detalhamento de estruturas usuais de concreto armado. 3ed. São Carlos: EdUFSCar, 2013.

CARVALHO, R.C.; PINHEIRO, L.M. Cálculo e detalhamento de estruturas usuais de concreto armado. v2. 2ed. São Paulo: Pini, 2013.

CHAVES, C. et al. Manual Estruturas de Concreto Armado. 1ed. São Paulo: ABCP, 2003.

CONSTANCIO, D. Fundações profundas: Estacas. Notas de aula. Americana, 2004.

FARIA, R. Molde ideal: Soluções convencionais dividem mercado com novas tecnologias de fôrmas para lajes. Revista Téchne, São Paulo: Pini, nº 183, p.48-53, 2012.

GIONGO, J.S. Concreto armado: Projeto estrutural de edifícios. Apostila, Universidade Federal de São Carlos: São Carlos, 2007.

GRAZIANO, F.P. Projeto e execução de estruturas de concreto armado. 1ed. São Paulo: O Nome da Rosa Editora, 2005.

JOSENEI, J.S. Guia prático Eberick: Projeto Estrutural em Concreto Armado e Gerenciador de Arquivos com QiCAD. Florianópolis, 2012.

KOERICH, R.B. Curso básico Eberick: Projeto Estrutural em Concreto Armado. Material didático. Florianópolis, 2009.

PINHEIRO, L.M.; RAZENTE, J.A. Fundamentos do concreto e projeto de edifícios. Apostila, Universidade Federal de São Carlos: São Carlos, 2007.

SPOHR, V.H. Análise comparativa: Sistemas estruturais convencionais e estruturas de lajes nervuradas. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Maria: Santa Maria. 2008.