Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Estrutura Genética em Populações de Plantas do Cerrado

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959.v01n01a03

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Cleidiane C. Gomes1 & Tânia M. de Moura2

 

Resumo: O presente trabalho compila informações referentes à estrutura genética em populações de plantas do Cerrado. Tem por objetivo dar suporte para estudos futuros que visem à conservação desse domínio, por meio de uma revisão de literatura, reunindo dados e identificando necessidades emergenciais para planos de conservação. O presente registra que tais estão sendo desenvolvidos, principalmente, com os marcadores SSR, RAPD e isoenzimas. Há diferentes interpretações para cada tipo de marcador, porém os marcadores SSR são os favoritos para este tipo de estudo, pois permitem maior repetibilidade dos resultados, e, portanto maior confiabilidade dos dados. No entanto, devido ao custo dessa técnica, os outros marcadores têm sido amplamente utilizados. Estudos genéticos populacionais permitem averiguar efeito de fragmentação entre e dentro de populações; permitem verificar se uma população está isolada reprodutivamente; a ocorrência de endogamia dentro de populações, o tamanho efetivo das populações, dentre outros. O estudo de genética de populações de plantas, especialmente com marcador SSR, é uma importante ferramenta para conservação em longo prazo.

Palavras-chave: genética de populações, genética da conservação, marcadores moleculares

 

Abstract: The present work compile informations about genetic structure in plants population from Cerrado. It aim give support to studies about conservation of Cerrado, through a literature revision, gathering data and identifying urgent needs to conservation. This paper reported studies developed using SSR, RAPD, Isozimas markes. There are different interpretation to each marker, however SSR marker is the favorite to studies about genetic of conservation, because they allow larger repetition of the results, and, therefore larger reliability of the data. However, due to the coast of that technique, other markers have been used throroughly. Studies about genetics of population allow to discover fragmentation effect between population; allow verify if the population is isolated; if in population is occurring inbreeding; the effective size of population, among others. Being like this, genetics population studies from plants is a important tool for long term conservation.

Key words: genetics of population, molecular markers, conservation of genetics

 

1 Trabalho de Conclusão de Curso – Departamento de Ciências Biológicas – UEG
2 Instituto de Biologia – Departamento de Biologia Vegetal – Universidade Estadual de Campinas

 

Literatura Citada

AB'SABER, A .Os domínios morfoclimáticos da América do Sul: primeira aproximação. Geo¬morfol.52, v.1, n.21, 1977.

AB'SABER, A. O domínio dos Cerrados: uma introdução ao conhecimento. Rev.Serv.Públ. 40 (111), v. 41, n. 55,1983.

AGUIAR, L.M.S.; MACHADO, R.B.; MARINHO-FILHO, J.A. Diversidade biológica do Cerrado. In: AGUIAR, L.M.S.; CAMARGO, A,J.A. Cerrado: ecologia e caracterização. Pla¬naltina: Embrapa Cerrados, 2004. Cap.1, p. 17-40

AVIDOS,M.F.D.; FERREIRA,L.T. Frutos dos Cerrados: Preservação gera muitos frutos. Bio¬tecnologia Ciência e Desenvolvimento, v.3, n. 15, p. 36-41, 2000.

BARREIRA, S.; SEBBENN, A.M.; SCOLFORO, J.R.S.; KAGEYAMA, P.Y. Consequências da exploração florestal sobre a diversidade genética e o sistema de reprodução de uma espécie arbórea tropical de alta densidade populacional, Eremantus erythropappus. Scientia Forestalis, Piracicaba, v.71, p.119-130, 2006.

BERTONI, B.W.; FILHO, S.A.; MARTINS, E.R.; DAMIÃO FILHO, C.F.; FRANÇA, S.C.; PEREIRA, A.M.S.; TELLES, M.P.C.; DINIZ FILHO, J.A.F. Genetic variability in natural po¬pulations of Zeyheria montana Mart. From the Brazilian Cerrado. Sci. Agric. Piracicaba, v.64, n.4, p. 409-415, 2007. https://doi.org/10.1590/S0103-90162007000400012

BITTENCOURT, J.V.M., SEBBENN, A.M. Patterns of pollen and seed dispersal in a small fragmented population of a wind pollinated Araucaria angustifolia in southern Brazil. Heredi¬ty, Edinburg, v.99, p.580-591, 2007.

BITTENCOURT; J.M., SEBBENN, A.M. Pollen movement in a continuous forest of Arau¬caria angustifolia, inferred from paternity and TwoGener analysis. Conservation Genetics, Amsterdam, v.9, p.855-868, 2008. https://doi.org/10.1007/s10592-007-9411-2

CAIXETA, E. T.; OLIVEIRA, A. C. B.; BRITO, G. G.; SAKIYAMA, N. S. Tipos de Marca¬dores Moleculares. In: BORÉM, A.; CAIXETA, E. T (ed.). Marcadores moleculares. Viçosa, 374p, 2006.

Carneiro, F., Sebbenn, A.M.; Kanashiro, M.; Degen, B. Low inter-annual varia¬tion of mating system and gene flow of Symphonia globulifera in the Brazilian Amazon. Bio¬tropica, v.39, p.628-636, 2007.

CARVALHO, D.; TORRES, G. A. Marcadores Moleculares. Lavras: UFLA/FAEPE, 2002, 35p.

CASSAVAN, Osmar; PINHEIRO da SILVA,Patrícia Gomes; SENICIATO, Tatiana. O ensino de Ciências, a biodiversidade e o Cerrado. In: ARAÚJO, E.S.N.N.; CALUZI, J.J.; CALDEI¬RA, A.M.A. (Orgs.). Divulgação Científica e Ensino de Ciências: Estudos e Experiências. São Paulo-SP,2006. Referencias Adicionais: Brasil/Português; Meio de Divulgação: Impresso; ISBN:8575312383.

CHAVES, L. J. Melhoramento e conservação de espécies frutíferas do Cerrado. In: 1º Congres¬so Brasileiro de Melhoramento de Plantas, Goiânia, 2001. Anais. Goiânia: Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas, 2001.

CIAMPI, A. Y.; GRATTAPAGLIA, D. Variabilidade genética em populações de copaíba (Co¬paifera langsdorffii Desf. – Caesaelpiniaceae) estimada com polimorfismo de AFLP, microssa¬télites e sequenciamento de cpDNA. Boletim de Pesquisa de Desenvolvimento 12. EMBRA¬PA, Brasília, dez., 2001.

COLLEVATI, R. G.; GRATTAPAGLIA, D.; HAY, J. D. High resolution microsatellite based analysis of the mating system allows the detection of significant biparental inbreeding in Caryo¬car brasiliense, an endangered tropical tree species. Heredity. v.86, p.60-67, 2001. https://doi.org/10.1046/j.1365-2540.2001.00801.x

COUTINHO, Leopoldo, M. Domínio do Bioma Cerrado. Editora Abril,1985. São Paulo.

DALE,G.; CHAPARRO, J. Integration of molecular markers into tree breeding and improve¬ment programs. In: IUFRO CONFERENCE ON SILVICULTURE AND IMPROVEMENT OF EUCALYPTUS, Salvador. Proceedings. Colombo: EMPRAPA/CNPF, 1997. v.2 p.80, 1997.

EITEN, G. 1972. The cerrado vegetation of Brazil. Botanical Review. Bronx, v. 38, p. 201-341.

EINTEN, G. 1994.Vegetação de Cerrado. p.17-73. In: M. N. PINTO (Org.). Cerrado: Caracte¬rização, Ocupação e perspectivas. Editora Universidade de Brasília. Brasília.

FELFILI, J.M.; SILVA JUNIOR, M.C.; REZENDE, A.V.; HARIDANSAN, M.; FILGUEIRAS, T.S.; MENDONÇA, R.C.; WALTER, B.M.T.; NOGUEIRA, P.E. O projeto biogeografia do bioma Cerrado: hipóteses e padronização da metodologia. Conservação da biodiversidade em ecossistemas tropicais. Petrópolis, p. 157-173, 2001

FELFILI, F. M.; RIBEIRO, J. F.; BORGES FILHO, H. C.; VALE, A. T. Potencial econômico da biodiversidade do Cerrado: estádio atual e possibilidades de manejo sustentável dos recursos da flora. In: AGUIRA, L. M. S.; CAMARGO, A. J. A. (Ed.) Cerrado: ecologia e caracterização. Planaltina: Embrapa Cerrados, 2004. p.117-217.

FELFILI, J. M.; SILVA JUNIOR, M. C. Diversidade alfa e beta no Cerrado sensu strictu, Distri¬to Federal, Goiás, Minas Gerais e Bahia. In: SCARIOT, A.; SOUSA-SILVA, J. C.; FELFILI, J. M. (Ed.). Cerrado: ecologia, diversidade e conservação. MMA, Brasília, 2005. p.143-178.

FERREIRA, M. E.; GRATTAPAGLIA, D. Introdução ao uso de marcadores RAPD e RFLP em análise genética. 3 ed. Brasília: Embrapa – Cenargen, 1998. 220p.

FRANCO, A. C. Biodiversidade de forma e função: implicações ecofisiológicas das estratégias de utilização de água e luz em plantas lenhosas do Cerrado. In: SCARIOT, A.; SOUSA-SILVA, J. C.; FELFILI, J. M. (Ed.). Cerrado: ecologia, diversidade e conservação. MMA, Brasília, 2005. p.181-196.

GALINKIN, M. 2003. Estado Ambiental de Goiás: Geo – Goiás 2002. Agencia Ambiental de Goiás, Fundação Centro Brasileiro de Referencia e Apoio Cultural (CEBRAC), United Nations Environment Programe (UNEP) e Secretaria o Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMA¬RH) do Distrito Federal.

HARDY, O.J., MAGGIA, L., BANDOU, E., BREYNE, P., CARON, J., CHEVALLIER, M.H., DOLIGEZ, A., DUTECH, C., KREMER, A., LATOUCHE-HALLÉ, C., TROISPOUX V., VE¬RON, V., DEGEN, B. Fine-scale genetic structure and gene dispersal inferences in 10 neotropi¬cal tree species. Molecular Ecology, Oxford, v.15, p.559-571, 2006. https://doi.org/10.1111/j.1365-294X.2005.02785.x

KAGEYAMA, P.Y.; SEBBENN, A.M.; RIBAS, L.A; GANDARA, F.B.; CASTELLE, M.; VENCOVSKY, R. Diversidade Genética em espécies arbóreas tropicais de diferentes estágios sucessionais por marcadores genéticos. Scientia Florestalis, Piracicaba, n.64, p.93-107, 2003.

KLINK, C. A.; MACHADO, R.B. A conservação do Cerrado Brasileiro. Megadiversidade, Volume 1, Brasília, julho de 2005.

LACERDA, D.R.; ACEDO, M.D.P.; LEMOS FILHO, J.P.; LOVATO, M.B. Genetic diversity and structure of natural populations of Plathymenia reticulata (Mimosoideae), a tropical tree from Brazilian Cerrado. Molecular Ecology. V.10, p. 1143-1152, 2001 https://doi.org/10.1046/j.1365-294X.2001.01264.x

LACERDA, A.B.; KANASHIRO, M.; SEBBENN, A. M. Effects of Reduced Impact Logging on genetic diversity and spatial genetic structure of a Hymenaea courbaril population in the Brazilian Amazon Forest. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 255, p. 1034-1043, 2008. https://doi.org/10.1016/j.foreco.2007.10.009

LIMA, J.S.; RAMOS, J.R.; SOARES, T.N.; CHAVES, L.J.; ROSA, F.F.; MIRANDA, C.T.; TELLES, M.P.C. Variabilidade genética e padrão espacial intrapopulacional em Tibouchina papyrus. Resumo. 55° Congresso Brasileiro de Genética. Sociedade Brasileira de Genética, Águas de Lindóia, 2009.

MANTOVANI, J.E. ; PEREIRA, A. Estimativa da Integridade da Cobertura Vegetal de Cerrado Através de dados TM/Landsat. Anais IX Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Santos, Brasil, 11-18 setembro de 1998, INPE, p. 1455-1456.

MARTINS, K.; CHAVES, L. J.; BUSO, G. S. C.; KAGEYAMA, P. Y. Mating system and fine-scale spatial genetic structure of Solanum lycocarpum St.Hil. (Solanaceae) in the Brazilian Cerrado. Conservation Genetics. v.7, p.957-969, 2006. https://doi.org/10.1007/s10592-006-9140-y

MARTINS, K. Diversidade genética e fluxo gênico via pólen e sementes em populações de Solanum lycocarpum St. Hil. (Solanaceae) no Sudeste de Goiás. Piracicaba, 2005. 128p. Tese (doutorado) ESALQ/USP.

MELO, J. T.; SILVA, J. A.; TORRES, R. A. A.; SIVEIRA, C. E. S.; CALDAS, L. S. Coleta, propagação e desenvolvimento inicial de espécies do Cerrado. In: SANO, S. M.; ALMEIDA, S. P. Cerrado: ambiente e flora. Embrapa – CPAC. Planaltina: 1998. p.196-243.

MORAES, M.L.T.; KAGEYAMA, P.Y.; SEBBENN, A.M. Sistema de reprodução em pequenas populações fragmentadas e em árvores isoladas de Hymenaea stigonocarpa. Scientia Foresta¬lis, Piracicaba, v.74: p.75-86, 2007.

MORENO, M.A. Estrutura genética e diversidade clonal de jatobá-do-cerrado (Hymenaea sti¬gonocarpa Mart. ex Hayne) em duas populações no Cerrado do estado de São Paulo. Disser¬tação (Mestrado em Recursos Florestais). Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” ESALQ/USP. 2009, 115p.

MORENO, M.A.; TARAZI, R.; FERRAZ, E.M.; GANDARA, F.B.; KAGEYAMA, P.Y. Estrutura genética espacial em populações de Hymenaea stigonocarpa Mart. ex Hayne mediante a utilização de marcadores moleculares cloroplastidiais. Scientia forestalis. V.37, n.84, p. 513-523, 2009.

MOREIRA, P.A.; FERNANDES, G.W.; COLLEVATTI, R.G. Fragmentation and spatial ge¬netic structure in Tabebuia ochracea (Bignoniaceae) a seasonally dry neotropical tree. Forest ecology and management, v.258, p. 2690-2695, 2009. https://doi.org/10.1016/j.foreco.2009.09.037

MOURA, N.F. Estrutura genética de subpopulação de mangabeira (Hancornia speciosa Gó¬mez) nos Cerrados do Brasil Central. 2003. 70 p. Dissertação (Agronomia – Genética e Me¬lhoramento) – Universidade Federal de Goiás. Goiânia, 2003.

MOURA, T. M. Estrutura genética populacional em lobeira (Solanum lycocarpum A. St.-Hil., Solanaceae), em ambientes naturais e antropizados no estado de Goiás. 2007. 97p. Dissertação (Dissertação Ecologia Aplicada) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Quei¬roz”, Universidade de São Paulo. Piracicaba, 2007.

MOURA, T. M.; SEBBENN, A. M.; CHAVES, L. J.; COELHO, A.S.G.; OLIVEIRA, G.C.X.; KAGEYAMA, P.Y. Diversidade Genética espacial em populações altamente fragmentadas de Solanum sp. no Cerrado de Goiás, a partir de locos microssatélites. Scientia florestalis, v. 37, n. 82, p. 143-150. 2009.

MYERS, N.; MITTERMEIER, R. A.; MITTERMEIER, C. G.; FONSECA, G. A. B.; KENTS, J. Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature, London, v. 403, p. 853-858, 2000. https://doi.org/10.1038/35002501

OLIVEIRA, P. E. Fenologia e biologia reprodutiva de espécies de Cerrado. In: SANO, S. M.; ALMEIDA, S. P. (Ed). Cerrado: ambiente e flora. Embrapa – CPAC. Planaltina, 1998. p.170-192.

REIS, M.S. 1996. Dinâmica da movimentação dos alelos: subsídios para conservação e manejo de populações naturais de plantas. Brazilian Journal of Genetics, v.19, p. 37-47.

RIBEIRO, J.F.; WALTER, B.M.T. 1998. Fitofisionomias do Bioma Cerrado. In Cerrado: am¬biente e flora (S.M. Sano & S.P. Almeida, eds.) Embrapa-Cerrados, Planaltina, p.89-166.

SALUSTIO, P.E.B.; TARAZI,R.; MORO, G.; DEFAVARI, G.R.; GANDARA, F.B.; KAGEYA¬MA, P.Y. Estrutura genética interna em uma população de pau-terra na estação ecológica de Itirapina. Resumo. IX Simpósio Nacional do Cerrado e II Simpósio Internacional de Savanas Tropicais, Brasília, 2008.

SILVA, J.M.C. da. Avian inventory of the Cerrado Region:implicayions for biological conser¬vation. Bird Conserv. Internat, v. 5, p. 315-328, 1995. https://doi.org/10.1017/S0959270900001052

SOARES, T.N., CHAVES, L.J., TELLES, M.P.C., DINIZ-FILHO, J.A.F., RESENDE, L.V. Landscape conservation genetics of Dipteryx alata (“baru” tree: Fabaceae) from Cerrado region of central Brazil. Genética, Gravenhage, v.132, p. 9-19, 2008. https://doi.org/10.1007/s10709-007-9144-7

SOARES, T.N.; ALMEIDA JUNIOR, E.B.; MOURA, T.M.; RAMOS, J.R.; CHAVES, L.J. Diversidade genética de populações de buriti (Mauritia flexuosa L.f.– Arecaceae) em veredas do Cerrado. Resumo. 55° Congresso Brasileiro de Genética. Sociedade Brasileira de Genética, Águas de Lindóia, 2009.

SOBIERAJSKI,G.R. Estrutura Genética em populações de Bracatinga (mimosa scabrella Ben¬th.) por marcador isoenzimático e caracteres quantitativos.2004. Dissertação ( Dissertação em Recursos Florestais). Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo. Piracicaba, 2004.

SOLÉ-CAVA, A. M. Biodiversidade molecular e genética da conservação. In: MATIOLI, S. R. (ed.). Biologia Molecular e Evolução. Ribeirão Preto: Holos, p.172-192, 2001.

SOLFERINI, V. N.; SCHEEPMAKER, D. S. Polimorfismo de Isoenzimas. In: MATIOLI, S. R. Biologia Molecular e Evolução. Ribeirão Preto: Holos, p. 147-142, 2001.

SOUZA, L.M.F.I.; KAGEYAMA, P.Y.; SEBBENN, A.M. Sistema de reprodução em população natura de Chorisia speciosa A. St.-Hil. (Bombacaceae). Revista Brasileira de Botânica, v. 26, p. 113-121, 2003. https://doi.org/10.1590/S0100-84042003000100012

SOUZA, L.M.F.I.; KAGEYAMA, P.Y.; SEBBENN, A.M. Estrutura genética em populações fragmentadas de Chorisia speciosa St.-Hil (Bombacaceae). Scientia florestalis. V.65, p. 70-79, 2004.

TARAZI, R. Diversidade genética, estrutura genética espacial, sistema de reprodução e fluxo gênico em uma população de Copaifera langsdorffii Desf. no Cerrado. Tese (Doutorado em Agronomia – Genética e Melhoramento de Plantas) Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” ESALQ/USP,2009. 139p.

TARAZI, R.; MORENO, M.A.; GANDARA, F.B.; FERRAZ, E.M.; MORAES, M.L.T.; VIN¬SON, C.C.; CIAMPI, A.Y.; VENCOVSKY, R.; KAGEYAMA, P.Y. High levels of genetic differentiation and selfing in the Brazilian cerrado fruit tree Dipteryx alata Vog. (Fabaceae). Genetics and Molecular Biology, 2009. No prelo

TELLES, M. P. C.; DINIZ-FILHO, J. A. F.; COELHO, A. S.G.; CHAVES, L. J. Autocorrelação espacial das frequências alélicas em subpopulações de cagaiteira (Eugenia desinterica DC, Myrtaceae) no sudeste de Goiás. Revista Brasileira de Botânica, v. 24, p. 145-154, 2001. https://doi.org/10.1590/S0100-84042001000200003

TELLES, M.P.C.; VALVA, F.D.; BANDEIRA, L.F.; COELHO,A.S.G. caracterização genética de populações naturais de araticunzeiro (Annona crassiflora Mart. –Annonaceae) no Estado de Goiás. Revista Brasileira de Botânica. v.26, n.1, p.123-129, mar.2003. https://doi.org/10.1590/S0100-84042003000100013

TORRES, A.C.; FERREIRA, A.T.; SÁ, F.G.;BUSO, J.A.; CALDAS, L.S.; NASCIMENTO,A.S.;BRIGIDO,M.M.; ROMANO,E. Glossário de Biotecnologia Vegetal. Brasília, 2000.

VEKEMANS, X., HARDY, J. New insights from fine-scale spatial genetic structure analyses in plant populations. Molecular Ecology, Oxford, v.13, p.921-935, 2004. https://doi.org/10.1046/j.1365-294X.2004.02076.x

WAGNER, H.H.; HOLDEREGGER, R.; WERTH, S.; GUGERLI, F.; HOEBEE, S.E.; SCHEI¬DEGGER, C. Variogram Analysis of the Spatial Genetic Structure of Continuous Populations Using Multilocus Microsatellite Data. Genetics, v. 169, p. 1739-1752, 2005. https://doi.org/10.1534/genetics.104.036038

ZUCCHI, M. I.; BRONDANI, R. P. V.; PINHEIRO, J. B.; BRONDANI, C.; VENCOVSKY, R. Transferability of microsatellite markes from Eucaliptus spp. to Eugenia dysinterica (Myrtace¬ae family). Molecular Ecology Notes, v. 2, p. 512-513. 2002. https://doi.org/10.1046/j.1471-8286.2002.00297.x

ZUCCHI, M. I.; BRONDANI, R. P. V.; PINHEIRO, J. B.; CHAVES, L. J.; COELHO, A. S. G.; VENCOVSKY, R. Genetic structure na gene flow in Eugenia dysenterica DC. In the Bra¬zilian Cerrado utilizing SSR markes. Genetics and Molecular Biology, v. 26, n. 4, p. 449-457, 2003. https://doi.org/10.1590/S1415-47572003000400008

Citado Por

Baldauf, C.; Ciampi-Guillardi, M.; Santos, F. A. M. dos; Souza, A. P. de; Sebbenn, A. M. Tapping latex and alleles? The impacts of latex and bark harvesting on the genetic diversity of Himatanthus drasticus (Apocynaceae). Forest Ecology and Management, v.310, p.434-441, 2013. doi