Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Correlação Linear e Espacial entre Produtividade de Capim-Mombaça e Atributos Físicos Solo em Função do Sistema de Manejo1

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959.v02n02a03

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Edney L. da Vitória2, Haroldo C. Fernandes3 & Mauri M. Teixeira4

 

Resumo: A densidade do solo e a porosidade são atributos físicos do solo que são alteradas em função do sistema de manejo utilizado, com conseqüente influência sobre a produtividade das culturas. A produtividade da planta forrageira, capim-mombaça, em função da densidade do solo e porosidade total foi analisada em dois sistemas de manejo de solo, em experimento conduzido no segundo semestre de 2009, no município de Santa Teresa, no estado do Espírito Santo. O objetivo foi estudar a variabilidade e as correlações lineares e espaciais entre os atributos da planta e do solo, visando selecionar um indicador da qualidade física do solo de boa representatividade para produtividade de forragem. Foi instalada uma malha geoestatística, para coleta de dados de solo e planta, contendo 99 pontos amostrais, em cada um dos sistemas utilizados, preparo convencional, cultivo mínimo e plantio direto. Os atributos estudados, além de não terem variado aleatoriamente, apresentaram variabilidade dos dados entre média e alta e seguiram padrões espaciais bem definidos, com alcance entre 20,3 e 24,2 m. Por sua vez, a correlação linear entre o atributo da planta e os do solo, em função do elevado número de observações, foi baixa. As observações de melhor correlação para produtividade de matéria seca foi a densidade do solo na profundidade de 0,0 – 0,15 m, independente do sistema de manejo do solo, indicando que a produtividade e a densidade do solo são inversamente proporcionais. Portanto, a densidade do solo, avaliada a camada 0,0 – 0,15 m apresentou-se como satisfatório indicador da qualidade física do solo, quando destinada à produtividade da forrageira.

Palavras-chave: atributos físicos do solo, geoestatística, preparo do solo, forragicultura

 

Abstract: Total porosity and bulk density are strongly affected by soil management, which is reflects directly in agricultural productivit. The productivity of the forrage plant, Brachiaria brizantha, in function of the density of the ground and total porosity was analyzed in two systems of ground handling, in experiment lead in as the semester of 2009, in in Santa Teresa County, Espírito Santo State, Brazil. The purpose of the study was to evaluate the variability, and linear and spatial correlations among the attributes (plant and soil) in order to identify an indicator of soil physical quality for corn forage productivity. A geostatistical grid was installed to collect soil and plant data, with 99 sample points, in each system of handling. The studied attributes did not vary randomly and the variability was medium to low, with well defined patterns. The spatial range varied between 20,3 and 24,2 m. On the other hand, the linear correlations between the corn forage productivity with the soil attributes were low due to the high data number. The comments of better correlation for productivity, independent was the density of the ground in the depth of 0,0 - 0,15 of the system of handling of the ground, indicating that the productivity and the density of the ground are inversely proportional. Thus, the bulk density in the 0,0 - 0,15 m soil layer proved to be a satisfactory index of the soil physical quality regarding forage yield of fall corn.

Key words: soil physical attributes, geostatistics, soil management, crop forage

 

1 Parte da Tese de Doutorado do primeiro autor
2 Engenheiro Agrícola, Professor adjunto DS, DCAB/CEUNES, Universidade Federal do Espírito Santo, Rod. BR 101 km 60 Campus Litorâneo, CEP: 29932-540, São Mateus, ES, Brasil. edney.vitoria@ceunes.ufes.br
3 Engenheiro Agrícola, Professor Associado DS, DEA, Universidade Federal de Viçosa, Av. PH Rolfs s/n, CEP: 36570-000, Viçosa, MG, Brasil. haroldo@ufv.br
4 Engenheiro Agrônomo, Professor Associado DS, DEA, Universidade Federal de Viçosa, Av. PH Rolfs s/n, CEP: 36570-000, Viçosa, MG, Brasil. mauri@ufv.br

 

Literatura Citada

CARVALHO, J.R.P.; SILVEIRA, P.M.; VIEIRA, S.R. Geoestatística na determinação da variabilidade espacial de características químicas do solo sob diferentes preparos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 37, p. 1151-1159, 2002. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2002000800013

CRUZ, J.C.; PEREIRA FILHO, I.A.; RODRIGUES, J.A.S.; FERREIRA, J.F. (Eds.). Produção e utilização de silagem de milho e sorgo. Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2001. 544 p.

FALLEIRO, R.M.; SOUZA, C.M.; SILVA, C.S.W.; SEDIYAMA, C.S.; SILVA, A.A; FAGUNDES, J.L. Influência dos sistemas de preparo nas propriedades químicas e físicas do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 27, p. 1097-1104, 2003. https://doi.org/10.1590/S0100-06832003000600014

FOLONI, J.S.S.; CALONEGO, J.C.; LIMA, S.L. Efeito da compactação do solo no desenvolvimento aéreo e radicular de cultivares de milho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 38, p. 947-953, 2003. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2003000800007

FREDDI, O.S.; CARVALHO, M.P.; VERONESI JÚNIOR, V.; CARVALHO, G.J. Produtividade do milho relacionada com a resistência mecânica à penetração do solo sob preparo convencional. Engenharia Agrícola, v. 26, p. 113-121, 2006. https://doi.org/10.1590/S0100-69162006000100013

GEOSTATISTICS for environmental science – GS+. 7.ed. Michigan, Plainwell, Gamma Design Software, 2004. 159 p.

KÖPPEN, W.; GEIGER, R. Klimate der erde. Gotha: Verlag Justus Perthes, 1928.

LIMA, C.G.R.; CARVALHO, M.P.; MELLO, L.M.M.; LIMA, R.C. Correlação linear e espacial entre a produtividade de forragem, a porosidade total e a densidade do solo de Pereira Barreto (SP). Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, p. 1233-1244, 2007. https://doi.org/10.1590/S0100-06832007000600002

LIMA, R.C.; MELLO, L.M.M.; CARVALHO, M.P.; LIMA, C.G.R.; MELLO, A.M. Aspectos lineares e espaciais da correlação entre a produtividade de forragem de milho e a porosidade do solo sob plantio direto. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 29, n. 1, p. 40-51, 2009a.

LIMA, J.S.S.; SATTLER, M.A.; PASSOS, R.R.; OLIVEIRA, P.C.; SOUZA, G.S. Variabilidade espacial de atributos físicos de um argissolo vermelho-amarelo sob pastagem e vegetação secundária em regeneração natural. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 29, n. 2, p. 185-195, 2009b.

NEIRO, E.S. Propriedades físicas e químicas de um Latossolo Vermelho Distroférrico, sob rotação e sucessão de culturas, sob semeadura direta. 2002. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, PR.

SANTOS, M.L.; CARVALHO, M.P.; RAPASSI, R.M.A.; MURAISHI, C.T.; MALLER, A.; MATOS, F.A. Correlação linear e espacial entre produtividade de milho (Zea mays L.) e atributos físicos de um latossolo vermelho distroférrico sob plantio direto do cerrado brasileiro. Acta Scientiarum, v. 28, n. 3, p. 313-321, 2006.

SECCO, D.; DA ROS, C.O.; SECCO, J.K.; FIORIN, J.E. Atributos físicos e produtividade de culturas em um latossolo vermelho argiloso sob diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 29, p. 407-414, 2005. https://doi.org/10.1590/S0100-06832005000300011

SEPASKHAH, A.R.; AHMADI, S.H.; NIKBAKHT SHAHBAZI, A.R.Geostatistical analysis of sortivity for a soil under tilled and no-tilled conditions. Soil Tillage Research, v. 83, p. 237-245, 2005. https://doi.org/10.1016/j.still.2004.07.019

SOUZA, L.M.; SILVA, M.L.S.; GUIMARÃES, G.L.; CAMPOS, D.T.S.; CARVALHO, M. P.; PEREIRA, G.T. Variabilidade espacial de atributos físicos em um latossolo vermelho distrófico sob semeadura direta em Selvíria (MS). Revista Brasileia de Ciência do Solo, v. 25, p. 699-707, 2001. https://doi.org/10.1590/S0100-06832001000300019