Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Viabilidade Agronômica do Consórcio entre Cafeeiro e Amendoim

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959.v03n01a02

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Rodney A. Ribeiro1, Ricardo P. Ribeiro2, Priscilla G. de F. Santos3, Vanessa do R. Rosa4 & Fábio S. Matos5

 

Resumo: O sistema de cultivo consorciado predomina em culturas anuais exploradas na agricultura familiar em várias regiões do Brasil. Os sistemas consorciados, em geral, apresentam maior exploração da terra e maior estabilidade de produção em relação ao monocultivo. Consórcios envolvendo o cafeeiro (Coffea arabica L) e o amendoim (Arachis hypogeae L) têm sido pouco explorados. Tendo em vista a possibilidade de exploração comercial do consórcio entre cafeeiro e amendoim, pretendeu-se avaliar o desempenho agronômico do cafeeiro e do amendoim em sistema consorciado. O trabalho foi conduzido no campo experimental da Universidade Estadual de Goiás, UnU Ipameri. Em Latossolo Vermelho Amarelo, com correção de pH e adubaçao de acordo com recomendações técnicas. Adotou-se o delineamento em blocos casualizados com três tratamentos (cafeeiro e amendoim solteiros e o consórcio entre ambos) e seis repetições. Foram utilizadas plantas de cafeeiro em formação, com seis meses de idade e implantadas no espaçamento de 4 x 1 m. O amendoim, cultivar “BRS Havana”foi cultivado nas entrelinhas do cafeeiro com 10 plantas m-1 e 0,40 m entre fileiras, distanciadas em 1,0 m da linha do cafeeiro. A competição pelos fatores de produção não foram suficientes para reduzir o crescimento vegetativo do cafeeiro. No cultivo consorciado, o amendoim apresentou ligeira queda de produtividade de sementes. O consórcio do cafeeiro com amendoim é alternativa viável para custear a formação do cafeeiro e obtenção de renda extra na agricultura familiar.

Palavras-chave: competição, produtividade, bioenergia

 

Abstract: The mixed cultivation predominates in annual crops on family farms operated in several regions of Brazil. Intercropping systems in general have a higher land use and greater stability in production compared to the monoculture. Consortia involving the coffee (Coffea arabica L) and groundnut (Arachis hypogeae L) have been little explored. Given the possibility of commercial exploitation of the consortium between coffee and peanuts, we sought to evaluate the agronomic performance of the coffee and peanut intercropping system. The study was conducted at the experimental field of State University of Goias, UnU Ipameri. In Oxisol with pH correction and fertilizing according to technical recommendations. We adopted a randomized complete block design with three treatments (single coffee and peanuts and the consortium between the two) and six repetitions. Coffee plants were used in training with six months of age and implanted in the spacing of 4 x 1 m. Peanuts, 'BRS Havana "was grown between the rows of coffee plants with 10 m-1 and 0.40 m between rows, spaced at 1.0 m from the line of coffee. Competition for factors of production were not sufficient to reduce the vegetative growth of coffee. In intercropping, peanut showed a slight decrease of seed yield. The consortium of coffee with peanuts is a viable alternative to fund the formation of coffee and getting extra income on family farms.

Key words: competition, productivity, bioenergy

 

1 Graduando em agronomia/Universidade Estadual de Goiás, rodney_710@hotmail.com
2 Graduando em agronomia/Universidade Estadual de Goiás, ricardopribeiro0@hotmail.com
3 Graduando em agronomia/Universidade Estadual de Goiás, priscilla.prifreitas@gmail.com
4 Graduando em agronomia/Universidade Estadual de Goiás, vanessadorosariorosa@gmail.com
5 Professor doutor, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Rodovia: GO 330, km 241, Anel Viário s/n, Ipameri-GO, CEP: 75780-000. Email: fabio.agronomia@hotmail.com

 

Literatura Citada

BATISTA, K. D.; ARAUJO, W. L.; ANTUNES, W. A.; CAVATTE, P. C.; MORAES, G. A. B. K.; MARTINS, S. C. V.; DAMATTA, F. M. Photosynthetic limitations in coffee plants are chiefly governed by diffusive factors. Trees, v.26, p.459–468, 2012. https://doi.org/10.1007/s00468-011-0606-2

CARVALHO, A. J.; ANDRADE, M. J. B.; GUIMARÃES, R. J.; REIS, R. P. Desempenho técnico-econômico de sistemas de consórcio do feijoeiro-comum com cafeeiro (coffea arabica l.) Adensado recém-plantado. Coffee Science. v.3, n.2, p.133-142, 2008.

CARVALHO, A.J.; ANDRADE, M. J. B.; REIS, R. P.; GUIMARÃES, R. J. Viabilidade técnico-econômica do consórcio de feijão-comum com cafeeiro adensado em formação, em função do número de fileiras e da adubação do feijoeiro. Bioscience Jounal, v.25, n.6, p.32-42, 2009.

CARVALHO, A. J.; ANDRADE, M. J. B.; GUIMARÃES, R. J.; MORAIS, A. R. Sistemas de produção de feijão intercalado com cafeeiro adensado em período de formação ou após recepa. Revista Ceres, v.57, n.3, p.383-392, 2010. https://doi.org/10.1590/S0034-737X2010000300015

CAVATTE, P. C.; OLIVEIRA, A. A. G.; MORAIS, L. E.; MARTINS, S. C. V.; SANGLARD, L. M. V.; DAMATTA, F. M. Could shading reduce the negative impacts of drought On coffee? A morphophysiological analysis. Physiologia Plantarum, v.144, p.111–122, 2012. https://doi.org/10.1111/j.1399-3054.2011.01525.x

COELHO, R. A. et al. Efeito de leguminosas arbóreas na nutrição nitrogenada do cafeeiro (Coffea canephora Pierre ex Froehn) consorciado com bananeira em sistema orgânico de produção. Coffee Science, Lavras, v. 1, n. 1, p. 21-27, 2006.

COSTA, A. S. V.; SILVA, M. B. Sistemas de consórcio milho feijão para a região do vale do rio doce, minas gerais. Ciência e agrotecnologia, v.32, n.2, p.663-667, 2008. https://doi.org/10.1590/S1413-70542008000200050

DIAS, P.C.; ARAÚJO, W.L.; MORAES, G. A. B. K.; BARROS, R.S.; DAMATTA, F.M. Morphological and physiological responses of two coffee progenies to soil water availability. Journal of Plant Physiology, v.164, n.12, p.1639-1647, 2007. https://doi.org/10.1016/j.jplph.2006.12.004

DORNELLES, E. L. B.; MENDEZ, M. G.; CORRÊA, L. A. V.; SCHUCH, L. O. B. Cultivo Consorciado de Feijão e Milho. Revista Brasileira de Agrociência, v.3, n.1, p.11-16, 1997.

FERREIRA, D. F. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium, Lavras, v. 6, n. 1, p. 36-41, 2008.

FERREIRA, V. F. Estatística experimental aplicada à agronomia. 3.º ed. Maceió: Editora da Universidade Federal de Alagoas, p.419, 2000.

LEAL, A. C. Avaliação de espécies florestais para arborização de cafeeiros no Norte do Paraná: efeitos na produtividade e na proteção contra geadas de radiação. 2004. 128 p. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2004.

MATOS, F, S.; WOLFGRAMM, R.; GONCALVES, F. V.; CAVATTE, P. C.; VENTRELLA, M. C.; DAMATTA, F. M. Phenotypic plasticity in response to light in the coffee tree. Environmental and Experimental Botany, v. 67, n.2, p. 421-427, 2009. https://doi.org/10.1016/j.envexpbot.2009.06.018

MATOS, F.S.; GAMBOA, I.; RIBEIRO, R.P.; MAYER, M.L.; NEVES, T, G.; LEONARDO, B. R. L.; SOUZA, A, C. Influência da intensidade luminosa no desenvolvimento de mudas de Jatropha curcas L. Agrarian - V. 4, n.14, p. 265-272, 2011.

MORAIS, H.; Caramori, P. H.; Koguishi, M. S.; Gomes, J. C.; Ribeiro, A. M.A. Sombreamento de cafeeiros durante o desenvolvimento das gemas florais e seus efeitos sobre a frutificação e produção. Ciência Rural, Santa Maria, v.39, n.2, 2009.

PAULO, E. M.; BERTON, R. S.; CAVICHIOLI, J. C.; KASAI, F. S. Comportamento do cafeeiro apoatã em consórcio com culturas anuais. Bragantia,v.63, n.2, p.275-281, 2004. https://doi.org/10.1590/S0006-87052004000200012

TÁVORA, F, J, A.; SILVA, C, S, A.; BLEICHER, E. Sistemas de consórcio do milho, sorgo e feijão-caupi em séries de substituição. Revista Brasileira de Agrociência, v.13, n.3, p. 311-317, 2007.

RICCI, M. S. F.; COSTA, J. R.; OLIVEIRA, N. G. O. Utilização de componentes principais para analisar o comportamento do cafeeiro a pleno sol e sombreado. Coffee Science, v.6, n.1, p.44-54, 2011.

VILELA, E. F.; FREITAS, M. R. C.; PIANO, P. B.; SANTOS, R. H. S.; MENDONÇA, E. S.; Crescimento inicial de cafeeiros e fertilidade do solo adubado. Coffee Science, v. 6, n. 1, p. 27-35, 2011.

WELLBURN, A.R. The spectral determination of chlorophylls a and b, as well as total carotenoids, using various solvents with spectrophotometers of different resolution. Journal of Plant Physiology, v.144, n.3, p.307-313, 1994. https://doi.org/10.1016/S0176-1617(11)81192-2