Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Resistência à Penetração de Um Latossolo Vermelho Sob Cultivo de Cana-de-Açúcar em Diferentes Manejos

DOI: http://dx.doi.org/10.12971/2179-5959.v03n02a05

http://www.prp.ueg.br/revista/index.php/agrotecnologia/index 

downloadpdf

Walaci R. N. da Silva1, Maria C. M. Nunes2, Daniela S. A. Caldeira2, Eurípedes M. Arantes2 & Letícia H. C. de Souza2

 

Resumo: A resistência mecânica do solo à penetração é uma das propriedades físicas mais importantes para o manejo e estudo da qualidade física dos solos, uma vez que apresenta relação direta com diversos atributos indicadores do grau de compactação do solo. Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a resistência mecânica à penetração de um Latossolo Vermelho Distrófico, sob diferentes tipos de manejo e colheita. O experimento foi realizado na usina COOPERB (Cooperativa Agrícola dos Produtores de Cana de Rio Branco), localizada no município de Lambari D´Oeste – MT, onde foram selecionadas três áreas sob cultivo de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum): adubação convencional e corte mecanizado (ACMec); adubação convencional e corte manual (ACMan); e adubação convencional com adição de vinhaça e composto (torta de filtro mais cinza de caldeira), com corte mecanizado (ACVC). Avaliou-se a resistência mecânica do solo à penetração até a profundidade de 0,50 m, por meio de um penetrômetro de impacto. Simultaneamente, foi determinada a umidade gravimétrica do solo, nas camadas de 0,0 - 0,10 e 0,10 - 0,20 m. A cultura da cana-de-açúcar com adubação convencional, vinhaça, composto e corte mecanizado (ACVC) foi a que obteve os menores resultados de resistência mecânica do solo à penetração e maiores valores de umidade gravimétrica nas camadas estudadas.

Palavras-chave: colheita manual, colheita mecanizada, compactação do solo, resistência do solo, vinhaça

 

Abstract: The mechanical resistance to penetration is one of the most important physical properties for the management and study of the physical quality of soils, since it presents several attributes directly related indicators of the degree of soil compaction. The objective of this study was to evaluate the mechanical resistance of an Oxisol under different types of management and harvesting. The experiment was conducted at the plant COOPERB (Agricultural Cooperative of Sugarcane Rio Branco), located in the municipality of Lambarid’Oeste - MT, where we selected three areas under cultivation of sugarcane (Saccharum officinarum): conventional fertilization with mechanical cutting (ACMec), fertilization with conventional manual cutting (ACMan) and more conventional fertilization stillage and compost, with mechanical cutting (ACVC). We evaluated the mechanical resistance to penetration to a depth of 0.5 m, using a penetrometer impact. Simultaneously, it was determined gravimetric soil moisture, at 0-0.10 and 0.10-0.20 m. The culture of cane sugar with conventional fertilization, stillage, compost and mechanized cutting was the one that obtained the lowest results of mechanical resistance to penetration and higher values of gravimetric moisture in the soil layer.

Key words: manual harvesting, mechanical harvesting, soil compaction, soil resistance, stillage

 

1 Eng. Agrônomo. Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT, Cidade Universitária da UNEMAT/Campus Cáceres. Av. Santos Dumont, s/n. Bairro: Santos Dumont, Cáceres-MT, Brasil, CEP:78200-000. Email: walacyrodrigo@hotmail.com
2 Professores Doutores, Departamento de Agronomia, UNEMAT/Cáceres-MT

 

Literatura Citada

ALAKUKKU, L.; ELOMEN, P. Long-term effects of a single compaction by heavy field traffic on yeld and nitrogen uptake of annual crops. Soil and Tillage Research, Amsterdam, v. 36, p. 141-152, 1994. https://doi.org/10.1016/0167-1987(95)00503-X

ALVARENGA, R. C.; CRUZ, J.C. Manejo de solos e agricultura irrigada. In: RESENDE, M.; ALBUQUERQUE, P.E.P.; COUTO, L. A cultura do milho irrigado. Brasília: EMBRAPA Informação Tecnológica, 2003. p. 70-106.

ARSHAD, M. A.; LOWERY B.; GROSSMAN B. Physical tests for monitoring soil quality. In: Doran, J. W.; Jones, A. J. Methods for assessing soil quality. Madison: Soil Science Society of America, 1996. p.123- 141. (SSA Special Publication, 49).

BENGHOUGH, A. G.; MULLINS, C. E. Mechanical impedance to root growth: A review of experimental techniques and root growth responses. Journal of Soil Science, v. 41, p. 341-358, 1990. https://doi.org/10.1111/j.1365-2389.1990.tb00070.x

BAYER, C.; MIELNICZUK, J. Dinâmica e função da matéria orgânica. In: SANTOS, G.A.; CAMARGO, F.A.O. (Ed.). Fundamentos da matéria orgânica do solo. Porto Alegre: Genesis, 1999. p. 9-26.

BYRNES, W.R.; McFEE, W.W.; STEINHARDT, G.C. Soil compaction related to agricultural and construction operations. West Lafayette, Purdue University, 1982. 164p.

CAMILOTTI, F.; ANDRIOLI, I.; DIAS, F.L.F.; CASAGRANDE, A.A.; SILVA, A.R.; MUTTON, M.; CENTURION, J.F. Efeito prolongado de sistemas de preparo do solo com e sem cultivo de soqueira de cana crua em algumas propriedades físicas do solo. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.25, n.1, p.189-98, 2005.

CERRI, C.C.; FELLER, C.; CHAUVEL, A. Evolução das principais propriedades de um Latossolo Vermelho-Escuro após desmatamento e cultivo por doze e cinquenta anos com cana-de-açúcar. Cahiers Orston, Series Pédologie, v.26, p.37-50, 1991.

COLLARES, G.L.; REINERT, D.J.; REICHERT, J.M.; KAISER, D.R. Qualidade física do solo na produtividade da cultura do feijoeiro num Argissolo. Pesquisa Agropecuária Brasileira. v.41, n. 11, p.1663-1674, 2006. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2006001100013

DEXTER, A.R.; WATTS, C. Tensile strength hand friability. In: SMITH, K.; MULLINS, C. Soil and environmental analysis physical methods. New York: Marcel Dekker, 2000. p.401-430.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solo. 2.ed., Rio de Janeiro: EMBRAPA, 1997. 212p.

GLÓRIA, N. A.; ORLANDO FILHO, J. Aplicação de vinhaça como fertilizante. São Paulo: Coopersucar, 1983. 38p.

HORN, R. Compressibility of arable land. Catena, Jerusalém, v.11, p.53-71, 1988.

KLEIN, V. A.; LIBARDI, P. L. Densidade e distribuição de diâmetro dos poros de um Latossolo Vermelho, sob diferentes sistemas de uso e manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.26, n. 4, p.857-867, 2002. https://doi.org/10.1590/S0100-06832002000400003

LIPIEC, J.; HATANO, R. Quantification of compaction effects on soil physical properties and crop growth. Geoderma, v.116, n. 1, p.107-136, 2003. https://doi.org/10.1016/S0016-7061(03)00097-1

MENDOZA, H. N. S.; LIMA, E.; SILVA, L. A.; ANJOS, L. H. C. Propriedades químicas e biológicas de solo de tabuleiro cultivado com cana-de-açúcar com e sem queima da palhada. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 24, n. 1, p. 201-207, 2000. https://doi.org/10.1590/S0100-06832000000100022

NESMITH, D.S. Soil compaction in double cropped wheat and soybean on Ultissol. Soil Science Society of America Journal, Madison, v.51, p.183-186, 1987.

NUNES JÚNIOR, D. O insumo torta de filtro. IDEA News, Ribeirão Preto, 2005. PORTAL MATO GROSSO. Disponível em:<http://www.mteseusmunicipios.com.br/NG/conteudo.php?sid=167&cid=841>. Acesso em 25 de fevereiro, 2012.

RALISCH, R.; MIRANDA, T. M.; OKUMURA, R. S.; BARBOSA, G. M. C.; GUIMARÃES, M. F.; SCOPEL, E.; BALBINO L. C., Resistência à penetração de um Latossolo Vermelho Amarelo do Cerrado sob diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.12, n.4, p. 381–384, 2008. https://doi.org/10.1590/S1415-43662008000400008

RIBON, A. A.; TAVARES FILHO J. Estimativa da Resistência Mecânica a Penetração de um Latossolo Vermelho sob Cultura Perene no Norte do Estado do Paraná. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.32, n. 5, p. 1817 - 1825, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-06832008000500003

RICHART, A.; TAVARES FLIHO, J.; BRITO O. R. LLANILLO R. F.; FERREIRA F., Compactação do solo: causas e efeitos. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 26, n. 3, p. 321-344, 2005. https://doi.org/10.5433/1679-0359.2005v26n3p321

SILVA, A. J. N. DA; CABEDA, M. S. V.; CARVALHO, F. G. DE; LIMA, J. F. W. F. Alterações físicas e químicas de um Argissolo Amarelo sob diferentes sistemas de uso e manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.10, n. 1, p.76–83, 2006. https://doi.org/10.1590/S1415-43662006000100012

SILVA, F. A. S. e; AZEVEDO, C. A. V. de. Principal components analysis in the software Assistat-Statistical Assistance. In: 7th World Congress on Computers in Agriculture, 2009, Reno. Anais… Proceedings of the 7th World Congress on Computers in Agriculture. St. Joseph: ASABE, 2009. CD-Rom. p.1-5.

SILVA, M. A. S.; GRIEBELER, N. P.; BORGES, L. C. Uso de vinhaça e impactos nas propriedades do solo e lençol freático. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v.11, n.1, p.108-114, 2007. https://doi.org/10.1590/S1415-43662007000100014

SOUZA Z. M.; MARQUES JÚNIOR J.; PEREIRA G. T. Variabilidade Espacial de Atributos Físicos do Solo em Diferentes Formas do Relevo sob Cultivo de Cana-de-açúcar. Revista Brasileira Ciência do Solo, v. 28, n. 6, p. 937-944, 2004. https://doi.org/10.1590/S0100-06832004000600001

SOUZA, Z. M.; PRADO, R. M.; PAIXÃO, A. C. S.; CESARIN, L. G. Sistemas de colheita e manejo da palhada da cana-de-açúcar. Pesquisa Agropecuária Brasileira. v. 40, p. 271-278, 2005. https://doi.org/10.1590/S0100-204X2005000300011

STOLF. R. Teoria e teste experimental de fórmulas de transformação dos dados de penetrômetro de impacto em resistência do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 15, n. 2, p. 229-35, 1991.

TAYLOR, H.M.; ROBERTSON, G.M.; PARKER, J.J. Soil strength root penetration relations for medium to coarse textured soil materials. Soil Science, New York, v.102, p. 18-22, 1966.

TORMENA, C. A.; BARBOSA, M. C.; COSTA, A. C. S.; GONCALVES, A. C. A., Densidade, porosidade e resistência à penetração em Latossolo cultivado sob diferentes sistemas de preparo do solo. Ciência Agrícola, Piracicaba, SP. v. 59, n. 4, p. 795-801. 2002.

VASCONCELOS, A. C. M. Desenvolvimento do sistema radicular da parte aérea de socas de cana-de-açúcar sob dois sistemas de colheita: crua mecanizada e queimada manual. 2002. 140p. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal.

VEPRASKAS, M. J.; MINER, G. S. Effects of subsoiling and mechanical impedance on tobacco root-growth. Soil and Tillage Research, Amsterdam, v. 50, p. 423-427, 1986.

VIEIRA, M. J.; MUZILLI, O. Características físicas de um Latossolo Vermelho-Escuro sob diferentes sistemas de manejo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 19, n. 7, p. 873-882, 1984.

 

https://doi.org/10.1590/S0100-204X2005000300011