Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Dominação Econômica e os Processos de Integração Regional

DOI: http://dx.doi.org/10.18840/1980-8860/rvmd.v6n2p297-318

http://portalrevistas.ucb.br/index.php/rvmd/index 

downloadpdf

Leila Bijos1, Adriana L. I. da Silva2, Marcos de F. Silva3 & Roberto L. da Silva Júnior4

 

Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo discorrer sobre a dominação econômica, os processos de integração regional, suas implicações no cenário interno e no relacionamento entre os Estados. Explora, ademais, o contexto histórico da integração regional, seu desenvolvimento e o estágio atual. Com a globalização da economia, os Estados passaram a se relacionar de forma mais atuante no cenário mundial, uma vez que as integrações regionais mostram-se adequadas para que se façam representar num mercado cada vez mais competitivo. Nesse sentido, surgiram os blocos econômicos e os acordos comerciais, os quais têm por escopo propiciar maior competitividade entre os Estados. Para que os Estados alcancem objetivos comuns, precisam ceder parte de seus interesses individuais e até mesmo da sua soberania em benefício do coletivo.

Palavras-chave: Dominação econômica. Globalização da economia. Integração regional. Soberania.

 

Abstract: This paper aims to discuss the economic domination, the processes of regional integration and its implications on the domestic scene, besides the relationship between states. It additionally explores the historical context of regional integration, its development and current status. With the globalization of the economy, states began to interact pro-actively on the world stage, once the regional integrations are adequate to show that they are represented in an increasingly competitive market. Due to this fact, economic blocks and trade agreements were created as a way to foster greater competition among the states. To reach common goals, the states must withdraw from their individual interests and even their sovereignty in favor of the collective benefits.

Key words: Economic Domination - Globalization of the Economy - Regional Integration – Sovereignty.

 

1 Leila Bijos é doutora em Sociologia pela Universidade de Brasília (UnB), professora do Mestrado Stricto Sensu em Direito da Universidade Católica de Brasília, pesquisadora visitante da Universidade da Califórnia em San Diego, U.S.A, e da Universidade de Tsukuba, no Japão. Email: lbijos@ucb.br. Coordena o Grupo de Pesquisa “Laboratório de Política Internacional”.
2 Adriana Leite Isidoro da Silva, Graduada em Direito pela Faculdade Evangélica de Anápolis/GO, aluna especial do Mestrado Stricto Sensu em Direito da Universidade Católica de Brasília.
3 Marcos Freitas Silva, Graduado em Direito pela Universidade Católica de Brasília, aluno especial do Mestrado Stricto Sensu em Direito da Universidade Católica de Brasília.
4 Roberto Luiz da Silva Júnior, Graduado em Direito pela Universidade Católica de Brasília, aluno especial do Mestrado Stricto Sensu em Direito da Universidade Católica de Brasília.

 

Literatura Citada

ARISTÓTELES. Política (Trad. de Mário da Gama Kury). 2. ed. Brasília: Universidade de Brasília, 1988.

AZAMBUJA, Darcy. Teoria Geral do Estado. 44. Ed. São Paulo, 2005.

BALASSA, Bela. Teoria da integração econômica. 3. ed. Lisboa: LCE, 1980.

BOBBIO. Norberto; MATTEUCCI, Nicola; PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de Política. 2. ed. (Trad. João Ferreira, Carmem C. et al.). Brasília: Universidade de Brasília, 1986.

CHIARELLI, Carlos Alberto Gomes; CHARELLI, Matteo Rota. Integração: direito e dever. São Paulo: Ltr, 1992.

COHEN, Benjamim. A questão do imperialismo. Economia política da dominação e dependência. Rio de Janeiro: Zahar, 1976.

GIDDENS, Anthony. As conseqüências da modernidade (trad. Raul Fiker), São Paulo: UNESP, 1991.

GILPIN, Robert. War and change in world politics. Cambridge University Press, 1981.

GRAMSCI, Antonio. Selection of prison’s notebooks. New York: International Publishers. 1971.

GRIECO, Francisco de Assis. O Brasil e a globalização econômica. São Paulo: Aduaneiras, 1997.

HOBBES, Thomas, Leviatã ou matéria, forma e poder de um estado eclesiástico e civil, São Paulo: Martin Claret, 2002.

LEBRUN, Gerard. O que é poder. São Paulo: Brasiliense, 2007.

PORTO, Manuel C. L.; FLORES JR., Renato G. Teoria e política de integração na União Européia e no MERCOSUL. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

RICUPERO, Rubens. O Brasil e o dilema da globalização. 2. ed. São Paulo: SENAC, 2001.

ROUSSEAU, Jean Jacques - Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens. Martin Claret, 2002.

SALVATORE, D. Economia internacional. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

SMITH, Adam Smith. A Riqueza das Nações: uma investigação sobre a natureza e as causas da riqueza das nações (trad. Getúlio Schanoski Jr.), São Paulo: Madras, 2009.

TUCIDIDES. História da guerra do Peloponeso. 3. ed. Brasília: Universidade de Brasília, 1999.

WAQUIL, Paulo D. Globalização, formação de blocos regionais e implicações para o setor agrícola do MERCOSUL. Análise Econômica, FEE, Porto Alegre, v.15, n.4, p. 1-14, Abr. 1996.

WRISTON, Walter B. O crepúsculo da soberania. São Paulo: Makron Books, 1994.