Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Qualidade Microbiológica de Lanches Comercializados na Cidade Pelotas – RS


http://rioverde.ifgoiano.edu.br/periodicos/index.php/gst/index 

downloadpdf

Claudio R. Kuhn1*, Eliézer Á. Gandra2, Lizangela R. Ferreira2, Josiane Bartz2, Álvaro P. Gonzáles1 & Catherine da F. Gayer1

 

Resumo: No presente estudo, avaliou-se a qualidade microbiológica de amostras de lanches tipo “X-salada” comercializados na cidade de Pelotas-RS, através da pesquisa e quantificação dos principais micro-organismos indicadores de higiene e sanidade: Salmonella spp. coliformes totais, coliformes termotolerantes, estafilococos coagulase positiva, microorganismos mesófilos aeróbios e fungos. Os resultados indicaram presença de Salmonella em 73,53% das amostras analisadas. As enumerações de fungos e bactérias mesófilas aeróbias verificaram-se superiores às de estafilococos coagulase positiva (p<0,05). O grupo coliforme apresentou a menor média (p<0,05) em relação aos demais microrganismos, sendo que não houve diferença entre os grupos de coliformes totais e termotolerantes. Os baixos coeficientes de correlação entre os micro-organismos permitiram inferir que as fontes de contaminação das amostras por esses micro-organismos são diferentes. Os resultados demonstram condições sanitárias inadequadas na maioria das amostras.

Palavras-chave: qualidade sanitária, microrganismos indicadores, segurança alimentar.

 

Abstract: The present study aimed to examine the hygiene of snacks such as hamburgers named "X-salad" that are sold in the city of Pelotas-RS, through the identification of Salmonella and enumeration of total coliform, coliform thermotolerant, Staphylococcus aureus, fungi and mesophilic bacteria. Of the samples, 73.53% were positive for Salmonella, while the enumeration of S. aureus was higher (p<0.05) in relation to the coliform group, which did not differ between groups and thermotolerant coliforms. Accounts of fungi and mesophilic bacteria have reached highest levels (p<0.05). The low correlation coefficients between the microorganisms indicated the different sources of contamination. The results demonstrate inadequate sanitary conditions in most of the samples.

Key words: food safety, microrganisms, microbiological quality

 

1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense, Coordenadoria de Química, Curso Técnico em Química. Praça Vinte de Setembro, 455, Centro, Pelotas (RS). CEP: 96015-360. *E-mail: crkuhn@pelotas.ifsul.edu.br. Autor para correspondência.
2 Universidade Federal de Pelotas – Centro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos. Prédio 4 – UFPEL – Campus do Capão do Leão. Caixa Postal 354, Pelotas (RS). CEP: 96010-900.