Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Condutividade Térmica em Rochas Silicáticas Cristalinas e sua Correlação com a Geoquímica de Elementos Maiores

 

https://www.ufpe.br/estudosgeologicos/ 

downloadpdf

Edgar R. H. de Figueiredo1, Antonio C. Galindo2, Fernando P. L. Lins3 & José A. de M. Moreira4

 

Resumo: Este trabalho discute a relação entre condutividade térmica (l) e a geoquímica de elementos maiores em rochas silicáticas cristalinas. Os resultados demonstraram haver correlação positiva com o teor de SiO2, e correlação negativa com Fe2O3, CaO, MgO e TiO2. Estas correlações corroboram o aumento e queda da condutividade observadas com quartzo e minerais máficos, respectivamente, obtidas em trabalhos por Figueiredo (2006) e Figueiredo et al. (2008). Os diagramas para Al2O3, Na2O e K2O exibem relações mais complexas. Estes elementos são dominantes nos feldspatos, minerais que apresentam correlações ainda não muito bem definidas com a condutividade térmica. Outros diagramas corroboram ainda mais estas afirmações mostrando que há excelentes correlações entre a média dos intervalos de SiO2 e a condutividade térmica e demonstram ainda que a relação entre os óxidos máficos vs félsicos evidenciam altas condutividades para as rochas ricas em SiO2+Al2O3+K2O+Na2O. Por fim rochas com mais de 62% de SiO2 (ácidas) tendem a apresentar valores de condutividade térmica acima de 2,5 W/mK e rochas com menos de 62% de SiO2 (intermediárias e básicas) tendem a apresentar valores menores que 2,5 W/mK.

Palavras-chave: Condutividade Térmica, Parâmetros físicos, Geoquímica.

 

Abstract: This work focuses on the rock thermal conductivity (l) and its correlation with major elements geochemistry in silicatic crystalline rocks. The results show positive correlation with SiO2, negative correlation for FeO3, CaO, MgO and TiO2, corroborating with increase and fall of the thermal conductivity observed for quartz and the mafic minerals, respectively, by Figueiredo (2006) and Figueiredo et al. (2008). The diagrams for Al2O3, Na2O and K2O show more complex relationships. These elements are dominant in the feldspars, that still present correlations not very well defined with the thermal conductivity. Other diagrams corroborate these affirmation, showing there is excellent correlations between the average of the intervals of SiO2 and the thermal conductivity and still demonstrate that the relation between felsics vs mafics oxides evidences high conductity for the rocks rich in SiO2+AlO3+K2O+NaO. Finally rocks with more than 63% of SiO2 (acid) tend to present values of thermal conductivity above 2,5 W/mK and rocks with less than 63% of SiO2 (intermediate and basic) tend to present values below 2,5 W/mK.

Key words: Thermal Conductivity, Physical parameter, Geochemistry

 

1 romeoufrn@hotmail.com
2 PPGG-UFRNgalindo@ccet.ufrn.br
3 PPGG-UFRN, flins@geologia.ufrn.br
4 DFTE-CCET-UFRN, moreira@dfte.ufrn.br