Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Características Físico-Químicas de Frutos de Umbu-Cajá Spondias sp. Provenientes dos Pólos Baixo-Jaguaribe (CE) e Assu-Mossoró (RN)1

DOI: http://dx.doi.org/10.15871/1517-8595/rbpa.v2n2p91-96

http://rbpaonline.com/ 

downloadpdf

Milene A. S. de Noronha2, Eudes de A. Cardoso3 & Nildo da S. Dias2

 

Resumo: Frutos de umbu-cajá (Spondias sp.), foram colhidos de 9 árvores, sendo seis localizadas no pólo Baixo-Jaguaribe, e três localizadas no pólo Assú-Mossoró, com o objetivo de estudar as características físico e químicas de frutos de umbu-cajá. De cada planta foram coletadas aleatoriamente 20 frutos com boas características externas de qualidade, os quais se encontravam nos estádios de maturação: maturo e maduro. No aspecto físico o comprimento médio dos frutos variou entre 28,88 e 29,60 mm; a largura do fruto variou de 29,11 a 29,57 mm; espessura da polpa de 13,99 a 14,57 mm e o peso médio oscilou entre 12,60 a 13,24 g, nos dois estádios de maturação e o rendimento da polpa corresponde a aproximadamente 72% do peso do fruto, não havendo efeito significativo entre os dois estádios de maturação. Os valores obtidos nos dois estádios de maturação para os sólidos solúveis totais (SST) variaram entre 11,04 e 12,88%, para a acidez total titulável (ATT) entre 18,04 e 16,83 mmol (H+)/100 g. Para o pH constatou-se valores entre 3,15 e 3,27, açúcares redutores 6,77 e 7,70% e o teor de umidade foi 86,02 e 86,62%.

Palavras-chave: umbu-cajá, qualidade, pós-colheita de frutos.

 

Abstract: Umbu-cajá fruits (Spondias sp.) have been picked from 9 trees, six trees which are located in the Baixo–Jaguaribe pole and tree ones that are located in the Assu-Mossoró pole, to evaluate its physicchemical characteristics. 20 fruits have been collected de each plant by chance. They had good external characteristics of quality, which were in the maturation stadiums: semi-matured and matured. The physical aspect of the medium fruits length varied from 28.88 and 29.60 mm; the fruit width varied from 29.11 to 29.57 mm; the pulp thickness varied from 13.99 to 14.57 mm and the medium weight oscillated from 12.60 to 13.24 g, in the two maturation stadiums and the pulp revenue corresponds approximately 72% of the fruit weight, without having significant effect between the two maturation stadiums. The obtained values in the two maturation stadiums for the total soluble solids (SST) varied from 11.04 and 12.88%, they varied from 18.04 and 16.83 mmol (H+)/100 g to the total titulavel acidity (TTA). Values between 3.15 and 3.27, reducers sugars 6.77 and 7.70% has been verified to pH and the moisture content has been 86.02 and 86.62%.

Key words: umbu-cajá, quality, powder-crop of fruits.

 

1 Parte da monografia de graduação apresentada pelo primeiro autor à Escola Superior de Agricultura de Mossoró- ESAM, como requisito para obtenção do título de Engenheiro Agrônomo
2 Engenheira Agrônoma, Mossoró-RN
3 Professor, M.Sc., Departamento de Fitotecnia da ESAM, CP 137, CEP 59625-900, Mossoró, RN. (0xx84) 312 21 00. e-mail: cp@esam.br.

  

Literatura Citada

Carmo Filho, F. do; Oliveira, O.F. de Mossoró, um município do semi-árido nordestino: características climáticas (e) aspectos florísticos. 1ed. Mossoró-RN: ESAM, Coleção Mossoroense, 1989. 672 p.

Carvalho, V.D. de. Qualidade e conservação póscolheita de goiabas. Informe Agropecuário. Belo Horizonte: EPAMIG, n.179, p.48-54, 1994.

Fernandes, P.M. de G.C. Armazenamento ambiente e refrigerado de melão, híbrido orange flesh, submetido à aplicação póscolheita de cloreto de cálcio. Lavras: UFLA, 1996. 86p (Dissertação de Mestrado).

Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística. Enciclopédia dos municípios brasileiros: Ceará. Rio de Janeiro, 1959, v. 16, 565p.

Lima, E.D.P.A.; Cardoso, E.A.; Silva, H.; Lima, C. A.A.; Silva, A.Q. Características tecnológicas dos frutos do gênero Spondias família anacardiace. In: Reunião Nordestina de Botânica, 14, 1990, Recife, Resumos... Recife: UFPB, 1990. v1, p.109.

Lima, E.M. de. Estudo de diagnose, caracterização de plantas e de fruto de cajá, em fase de colheita no Brejo Paraibano. Areia: UFPB/CAMPUS III, 1995. 76p (Dis-sertação de Mestrado).

Macedo et al. Características químicas e físicoquímicas de quatro variedades de goiaba adaptadas às condições do Ceará. Revista Brasileira de Fruticultura, UFBA, Cruz das Almas-BA, v.17, n.2, p.39-44, 1995.

Medeiros, P. D. de. Estudo anatomo-fisiológico da unidade de dispersão de Spondiascytherea sonn (cajarana), Recife: UFRPE, 1985. 99p. (Dissertação de Mestrado).

Nascimento, T. B. do; Ramos, J. D.; Menezes, J. B. Características físico-químicas do maracujá amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener) produzido em diferentes épocas. Revista Brasileira de Fruticultura. Cruz das Almas, v.20, n.1, p.33-38, 1998.

Pantastico, E.B. Índices para cosecha. In: Pantastico, E.B. Fisiologia de la postrecolección, manejo y utilizacion de frutas y hortalizas tropicales y subtropicales. Espanha: Companhia Editorial Continental, 1975. p. 77-98.

Pires, M dos G. de M. Estudo taxonâmico e área de ocorrência de Spondias tuberosa an. com. (umbuzeiro) no Estado de Pernambuco – Brasil. Recife: UFRPE, 1990. (Dissertação de Mestrado).

Sacramento, C.K.; Barreto, W.S.; Lopes, J.R.; Leite, J.B.V. Características físico-químicas de cajás (Spondias mambim L.) oriundos de diferentes locais da região Sudeste da Bahia. In: Congresso Brasileiro de Fruticultura, 15, 1998, Poço de Caldas, Anais... Poços de caldas: SBF/ UFLA, 1998. v.1, p.168.

Santos, G.M. Caracterização de frutos de cajá (Spondias mambim L.) e umbu-cajá (Spondias sp) e teores de NPK em folhas de frutos. Areia: UFPB/CCA, 1996, 49p. (Monografia de Graduação).

Spiegel, M.R. Estatísticas. 3 ed. São Paulo: Makron Books do Brasil, 1994. 64p.

Southgate, D.A.T. Determination of foods carboydrates, lonchn: Elservier Applied Science, 1991, 232p.