Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Caracterização Físico-Química de Frutos de Mamoeiro Comercializados na Empasa de Campina Grande-PB

DOI: http://dx.doi.org/10.15871/1517-8595/rbpa.v9n1p53-58

http://rbpaonline.com/ 

downloadpdf

Francisco Rodolfo Júnior1, Lucicléia B. de V. Torres2, Vinícius B. Campos3, Anicléia R. de Lima4, Adriano D. de Oliveira4 & Jeane K. de M. Mota5

  

Resumo: A produção e comercialização de mamão (Carica papaia) vêm se tornando cada vez mais um mercado de grandes respostas econômicas, haja vista que o Brasil se destaca como um dos principais exportadores desse fruto. O presente trabalho teve como objetivo estudar as características físico-químicas dos frutos de duas cultivares mamoeiro comercializadas na EMPASA de Campina Grande, Paraíba. A pesquisa foi realizada no Laboratório de Química e Bioquímica do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. Utilizaram-se duas variedades de mamão (Sunrise Solo e Formosa) em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições por tratamento, onde as características fisico-químicas avaliadas para as duas cultivares foram: pH, sólidos solúveis totais (SST), acidez titulável, relação SST/AT, cinzas, comprimento, largura, diâmetro, peso e firmeza. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F. Concluiu-se que: os frutos de mamoeiro das cultivares Sunrise Solo e Formosa apresentam características químicas adequadas para as necessidades de consumo do mercado interno; os frutos da variedade Formosa apresentaram maiores valores de ºBrix, largura e diâmetro quando comparados aos frutos da cultivar Sunrise Solo; a firmeza da polpa apresentou-se abaixo do padrão dos estudos já realizados nas cultivares, implicando diretamente na qualidade final dos frutos.

Palavras-chave: Carica papaia, qualidade de frutos, comercialização, consumo in natura.

 

Abstract: Production and trading of papaya are becoming a very economical issue answers, because Brazil is one of the exploited of this fruit. This work had the aim to study physical-chemical featuring of fruits traded on 2 papaya’s cultivars at EMPASA - Campina Grande City, Paraíba  State, Brazil. Research was carried out at Laboratório de Química e Bioquímica of Centro de Ciências Agrárias – UFPB. It had been used 2 varieties of papaya (Surinse Solo and Formosa), used sketching entirely randomized with 4 repetitions by treatment, where physical-chemical features to cultivars are: pH, Total soluble solids (TSS), titulable acidity, SST/AT relation, ash, length, width, diameter, weight and firmness. Data were variance analyzed by test F. It had been concluded that: papaya fruits from S. Solo and Formosa showed adequate chemical features to need inner trade consuming; variety Formosa showed higher values of ºBrix, when compared to S. Solo variety; pulp firmness showed lower to stand ways from studies already done on cultivars, directy damaging final quality of fruits; frits from Formosa cultivar showed length, width and diameter above found results at S. Solo cultivar.

Key words: Carica papaia, fruits quality, trading, in natura consuming.

 

1 Prof MSc do CCTA/UFCG, Pombal – PB, e-mail: fcorodolfojunior@hotmail.com
2 Doutoranda em Agronomia CCA/UFPB, Areia – PB, e-mail: lucicleiabarros@ig.com.br
3 Mestrando em Manejo de Solo e Água CCA/UFPB, Areia – PB, e-mail: viniciuspgmsa@homtail.com
4 Estudante de Agronomia CCA/UFPB, Areia – PB, e-mail: anicléia@yahoo.com.br; adrianoduarte@yahoo.com.br
5 Mestranda em Construções Rurais e Ambiência CTRN/UFCG, Campina Grande - PB, e-mail: jkarlagm@hotmail.com

 

Literatura Citada

Almeida, F.T.; Bernardo, S.; Sousa, E.F.; Marin, S.L.D.; Grippa, S. Growth and yield of papaya under irrigation. Scientia Agrícola. Piracicaba. v. 60, n.3, p. 419-424, 2003.

Agrianual 2005 – Anuário da agricultura brasileira. São Paulo: FNP Consultoria, 2005. p. 394-395.

Bleinroth, E. W.; Sigrist, J, M , M. Matéria prima. In: ITAL. Mamão: cultura, matéria prima, processamento e aspectos econômicos. 2ª. Ed. Campinas: ITAL, 1989. Cap. 2, p. 179-254.

Carvalho, R. I. N.; Fioravanço, J. C.; Paiva, M, C.; Manica, I. Características físicas e químicas do mamão “Papaya” comercializado em Porto Alegre. Revista Brasileira de Fruticultura, Cruz das Almas, v. 14, n. 1, p. 143-147, 1992.

Chitarra, M. N.; Chitarra, A. D. Pós-colheita de frutos e hortaliças: Fisiologia e manuseio. Lavras: ESAL/FAEPE. 1990.

Draetta, I.S.; Shimokomaki, M.; Yokomizo, Y., Fujita, J.T.; Menezes, H.C. De; Bleinroth, E.W. Transformações bioquímicas do mamão (Carica papaya) durante a maturação. Coletânea do Instituto de Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 6, n. 1, p. 395-408, 1975.

Fagundes, G. R.; Yamanishi, O. K. Características físicas e químicas de frutos de mamoeiro do grupo 'solo' comercializados em 4 estabelecimentos de Brasília-DF. Revista brasileira de fruticultura, Jaboticabal, v.23, n.3, 2001.

FAO. Production Yearbook. Roma. 1998.

Instituto Adolfo Lutz. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz. 3.ed. São Paulo: Instituto Adolfo Lutz, 1985. v.1, 533p.

Luna, J.V.U. Variedades de mamoeiro. Informe Agropecuário, v.12, p.14-18, 1986.

Manica, I. Cultivares e melhoramento de mamoeiro. In: Mendes, L. G.; Dantas, J. L. L.; Morales, C. F. G. Mamão no Brasil. Cruz das Almas: EMBRAPA- CNPMF, 1996. 179p.

Menezes, H.C. de; Draetta, I. dos S. Bioquímica das frutas tropicais. In: Medina, J. C. (ed) Aspectos tecnológicos das frutas tropicais e seus produtos. Campinas: ITAL, p. 46- 52, 1980. (Frutas tropicais, 10).

Proctor, F.J.; Caygill, J.C. Ethylene in commercial postharvest handling of tropical fruit. In: Proctor, F. J. (ed) Ethylene and plant development. London: Butterworth Scientific, p. 317-322, 1985. https://doi.org/10.1016/B978-0-407-00920-2.50029-9

Rocha, R.H.C.; Nascimento, S.R.C.; Menezes, J.B.; Nunes, G.H.S.N.; Silva, E.O. Qualidade pós-colheita do mamão formosa armazenado sob refrigeração. Revista Brasileira de Fruticultura. Jaboticabal, v. 27, n. 3, p. 386-389, 2005.

Simão, S. Tratado de fruticultura. Piracicaba: FEALQ, 1998. 760p.

Souza, G. Características físicas, químicas e sensoriais do fruto de cinco cultivares de mamoeiro (Carica papaya L.) produzidas em Macaé-RJ. Campos dos Goytacazes: UENF, 1998. 87p. (Dissertação de Mestrado).

Vieira, G. et al. Influencia da cultivar e do estagio de maturação em algumas características do fruto do mamão durante a pós-colheita. Revista Brasileira de fruticultura, Jaboticabal-SP, v. 22, n. 2, p. 244-247, agosto.