Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Dinâmica de Sistemas e Modelagem dos Recursos Hídricos da Bacia do Rio Preto com o Uso do Programa STELLA

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v17n05a03

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Maurício N. Souza1, Everardo C. Mantovani2, Aziz G. da Silva Júnior3, James J. Griffith4 & Rafael C. Delgado5

 

Resumo: A ausência de avaliação das questões relativas à predição ambiental na implantação de projetos tem sido uma regra. Neste estudo se buscou representar as inter-relações existentes das mudanças das classes de uso do solo e suas influências sobre os fatores climáticos e os ecossistemas aquáticos, na bacia hidrográfica do rio Preto, afluente do rio Paracatu. Neste local, onde a vazão média anual retirada pela “irrigação” na bacia teve crescimento de 62 vezes no período 1970-1996, gerando uma série de conflitos regionais, tem ocorrido a substituição da vegetação nativa “Cerrado” por “Cultivo”. A situação é preocupante quando se verifica, pela análise da oferta de água no período 1985-2000, que a “Precipitação” na bacia e as vazões médias e mínimas sofreram significativas reduções. A proposta deste trabalho foi desenvolver um modelo de oferta e demanda do uso da água, baseado em princípios de “Dinâmica de Sistemas” com o auxílio do software STELLA. Por intermédio da modelagem foi possível expressar graficamente a complexidade dinâmica das relações deste sistema. A calibração do modelo foi realizada por meio de dados da estação fluviométrica Porto dos Poções, coletados no período 1985-2000. Com a simulação do modelo, para o período 1995-2060, verificou-se a tendência de redução de 23,08% na “Precipitação” no Cenário “Agronegócio Atual”.

Palavras-chave: dinâmica de sistemas, modelagem, programa STELLA, planejamento ambiental

 

Abstract: The absence of evaluation of the questions about prediction in the implantation of projects has been a rule. In this study searches the existent interrelations of the changes of the kinds of use of the soil and his influences over climatic factors and the aquatic ecosystems, in the hydrographic basin of the Preto river, affluent of Paracatu river. In this place, where the medium annual retired emptying by “Irrigation” in the basin have had an increase of 62 times in the period 1970-1996, producing a regional series of conflicts, it has happened the replacement of the native vegetation “Cerrado” for “Cultivation”. The situation is worry when it is verified by analysis of the water offering in the period of 1985-2000, that the “Precipitation”, in the basin and the medium and minimum emptyings have had significant reductions. The proposal of this search was develop a model of offering and request use of water, based in the origins of “Dynamic of the Systems” with the aid of the SOFTWARE STELLA. By intermediate of the modeling was possible express by graphic the dynamic complexity of the relations of this system. The calibration of the model was realized by the facts of the river station, “Porto dos Poções”, they were collected in the period 1985-2000. With the model simulation for the period 1995-2060, it was verified the tendency of decrease of -23,08% in the “Precipitation” in the agronomic trade scenery at the moment.

Key words: dynamic of systems, modeling, STELLA program, environment planning

 

1 Eng. Agrônomo, DSc., Prof. Titular IFET SE campus Rio Pomba. E-mail: mauriciosnovaes@yahoo.com.br
2 Eng. Agrícola, Ph. D., Prof. Titular, DEA-UFV, Viçosa/MG. E-mail: everardo@ufv.br
3 Eng. Agrônomo, Ph. D., Prof. Adjunto, DER-UFV, Viçosa/MG. E-mail: aziz@ufv.br
4 Filósofo, Ph. D., Prof. Titular, DEF-UFV, Viçosa/MG. E-mail: griffith@ufv.br
5 Meteorologista, Doutorando DEA-UFV, Viçosa/MG. E-mail: rcdelgado@hotmail.com

 

Literatura Citada

BARLAS, Y. Formal aspects of model validity and validation in system dynamics. System Dynamics Review, n.12, p.183-210, 1996. doi

BRASIL – Governo Federal. MINAS GERAIS; Governo do Estado. DISTRITO FEDERAL. Plano diretor de recursos hídricos da bacia do rio Paracatu – PLANPAR. [S. l.]: 1996. Vol. 1, T. 1. (CD-ROM).

CAPRA, F. As conexões ocultas. IDESA: São Paulo, 2003. 12p. (Palestra)

COSTA, M. H. Large-scale hydrological impacts of tropical forest conversion. In: BONELL, M.; BRUIJNZEEL, L. A. (Eds.). Forest–Water–People in the humid tropics. Cambridge University Press, Cambridge. 2003.

DINO, K. J. A Bacia do Rio Paracatu, Minas Gerais – 2001. PROJETO MARCA D’ÁGUA RELATÓRIOS PRELIMINARES 2001. Brasília: IBGE, 2002. 47p.

DUVOISIN, I. A. Uma proposta metodológica para o ensino de equações diferenciais utilizando STELLA. Porto Alegre: Fundação Universidade Federal do Rio Grande/Revista eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental. 2000.

FERRACIOLI, L.; CAMILETTI, G. G. Introdução ao ambiente de modelagem computacional STELLA. Série Modelos, 01/98, Vitória. Publicação Interna do ModeL@b/UFES. 1988.

FORRESTER, J. W.; SENGE, P. M. Tests for building confidence in system dynamics models. In: System dynamics. Amsterdam, North-Holland: Legast, Forrester & Lyneis, 1980.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo agropecuário, 2000. 1 CD-ROM.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censos Agropecuários. Brasília: IBGE, 1970, 1975, 1980, 1985 e 1996.

IGAM - INSTITUTO MINEIRO DE GESTÃO DAS ÁGUAS & TC/BR – Tecnologia e Consultoria Brasileira S/A Relatório Técnico – RT3: Análise de Cenários. Primeira etapa do Plano Estadual de Recursos Hídricos do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: IGAM, 2007. 111p.

IGAM - INSTITUTO MINEIRO DE GESTÃO DAS ÁGUAS Estudo técnico de apoio ao plano diretor de recursos hídricos da bacia hidrográfica do rio Paracatu. Belo Horizonte: Instituto Mineiro de Gestão das Águas – IGAM, 2005. 37p.

LATUF, M. O. Impacto das mudanças do uso do solo nas vazões observadas nas bacias do rio Preto e ribeirão Entre Ribeiros, MG. Viçosa, MG: UFV, 2007. 103p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, 2007.

ORELLANA GONZÁLEZ, A. M. G. Sustentabilida de los recursos hídricos en São Miguel do Anta, Minas Gerais: un enfoque de dinámica de sistemas. Viçosa, MG: UFV, 2006. 104p. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) - Universidade Federal de Viçosa, 2006.

REBOUÇAS, A. C.; BRAGA, B.; TUNDISI, J. G. Água na Agricultura e Pecuária. In: Águas doces no Brasil: capital ecológico, uso e conservação. São Paulo: Ed. Escrituras, 1999. p.305-337.

RICHMOND, B. An academic user’s guide to STELLA. High Performance System, Inc. Lime. 1987.

RODRIGUEZ, R. D. G. Metodologia para a estimativa das demandas e disponibilidades hídricas: estudo de caso da bacia do Paracatu. Viçosa, MG: UFV/DEA, 2004, 111 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, 2004.

SOUZA, M. N. Degradação e Recuperação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Viçosa, MG: UFV, 2004. 371p. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, 2004.

STELLA. Introduction to systems thinking. NH: High Performance Systems, 2001. 165 p.

TEIXEIRA SOUZA, S. M. (Coord.). Deflúvios superficiais no estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Hidrossistemas, 1993. 325 p.

TUCCI, C. E. M.; HESPANHOL, I.; CORDEIRO NETTO, O. M. Gestão de água no Brasil. Brasília: UNESCO, 2001. 156p.

VILLELA, P. R. C. Introdução à dinâmica de sistemas. II SEMANA ACADÊMICA DA GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. Viçosa: DER/UFV, 2007. 66p.

XU, Z. X.; JINNO, K.; KAWAMURA, A.; TAKESAKI, S.; ITO, K. Sustainability analysis for yellow river water resources using the system dynamics approach. Water Resources Management, Netherlands, n.16, p.239-261, 2002.