Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise de Custo de Sistemas de Secagem de Milho em Secadores Mecânicos

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v18n01a07

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Douglas R. da Costa1, Adílio F. de Lacerda Filho2, Juarez de S. e Silva3, Daniel M. de Queiroz4 & Pedro N. Lima5

 

Resumo: Objetivou-se, com este trabalho, analisar a viabilidade do uso de secadores rotativos, com distribuição radial de ar, utilizados na cafeicultura, para a secagem de milho. Avaliou-se o consumo de energia e o custo de secagem do produto. A temperatura do ar de secagem foi controlada em 80 e 100 °C. Os sistemas de secagem foram compostos por um secador rotativo comercial e um secador rotativo modificado. Utilizou-se o GLP como fonte de energia para o aquecimento complementar do ar de secagem. O milho em grãos (Zea mays L.), com teor inicial de água de aproximadamente 18,6% b.u., foi usado no experimento. Para a avaliação da eficiência energética dos sistemas de secagem, foram determinados o consumo específico de energia, os consumos de combustível e de energia elétrica. Pelos resultados, verificou-se menor consumo específico de energia no secador rotativo modificado. A susceptibilidade à quebra do produto foi inferior a 5%. A percentagem média de trinca total do milho no secador comercial (SC 80 e SC 100) foi 17,6% superior àquela obtida com secador modificado (SM 80 e SM 100). O custo total médio de secagem no secador comercial (SC 80 e SC 100) foi menor que o obtido com o secador modificado (SM 80 e SM 100).

Palavras-chave: custo de secagem, secador rotativo, milho

 

Abstract: This study was done to analyze the feasibility of using rotary dryers with radial air distribution, generally used for coffee processing, for corn (Zea mays L.) grain drying, based on energy consumption and drying cost. The drying air temperature was maintained at 80 or 100 °C with use of liquid petroleum gas. The drying systems consisted of a commercial and a modified rotary dryer. Corn grains with initial moisture content of about 18.6% b.u. were used in the experiment. The specific energy consumption and the consumption of fuel and electricity were determined to evaluate energy efficiency of the drying systems. The results showed lower specific energy consumption for the modified rotary dryer. The breakage susceptibility of grains was below 5%. The mean percentage of total grain cracking in the commercial dryer (SC 80 and SC 100) was 17.6% higher than that obtained with the modified dryer (SM 80 and SM 100). The mean total drying cost in the commercial dryer (SC 80 and SC 100) was lower than that of the modified dryer (SM 80 and SM 100).

Key words: drying cost, rotary dryer, corn

 

1 Eng° Agrícola e Ambiental, Doutorando em Engenharia Agrícola, Dep. de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Viçosa , UFV, Viçosa, MG, 36570-000, Brasil, e-mail: douglascosta@vicosa.ufv.br
2 Professor Associado I , Dep. de Engenharia Agricola, UFV, e-mail: alacerda@ufv.br
3 Professor Voluntário, Dep. de Engenharia Agricola, UFV, e-mail: juarez@ufv.br
4 Professor Associado I , Dep. de Engenharia Agricola, UFV, e-mail: marçal@ufv.br
5 Eng° Agrícola e Ambiental, Dep. de Eng. Agrícola, UFV, e-mail: pedroufv@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ALVES, W. M.; FARONI, L. R. D’A.; QUEIROZ, D. M.; CORRÊA, P. C.; GALVÃO, J. C. C. Qualidade dos grãos de milho em função da umidade de colheita e da temperatura de secagem. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, PB, v.5, n.3, p.469-474, 2001.

BAKKER-ARKEMA, F.W., LEREW, L.E., BROOK, R.C., BROOKER, D.B. Energy and capacity performance evaluation of grain dryers. St. Joseph: ASAE, 1978. 13p. (Paper 78-3523);

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Especificações para a padronização, classificação e comercialização interna do milho (Zea mays L.), 1976. http://www.agricultura.gov.br. 02 abr. 2006.

BRASIL. Ministério da Agricultura. Regras para análise de sementes. Brasília: DNPOVDISEM, 1992. 365 p.

BROOKER, D.B.; BAKKER-ARKEMA, F.W.; HALL, C.H. Drying and storage of grains and oilseeds. New York: Van Nostrand Reinhold, 1992. 450p.

CEMIG, Companhia Energética de Minas Gerais. http://www.cemig.com.br. 21 set. 2008.

CONAB, Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira: Segundo Levantamento da Safra 2009/2010. 39p. http://www.conab.gov.br. 16 nov. 2009.

CONAB, Companhia Nacional de Abastecimento. Central de Informações Agropecuárias. http://www.conab.gov.br/conabweb/index.php?PAG=156. 25 jun. 2006.

COSTA, E. C. Compressores. São Paulo – SP: Ed. Edgard Blucher, 172 p.1978.

FRANCESCHINI, A. S.; MARTINS, J. H.; CORREA, P. C.; FARONI, L. R. D’A.; CECON, P. R. Avaliação da qualidade do Milho BR-201 submetido a diferentes condições de secagem. Revista Brasileira de Armazenamento, Viçosa, v.21, n.1/2, p.13-16, 1996.

FREIRE, A. T. Projeto e avaliação de um sistema de secagem combinado de café (Coffea arabica L.) despolpado. Viçosa: UFV, 1998. 98p. (Dissertação de mestrado).

LACERDA FILHO, A. F de. Avaliação de uma unidade de beneficiamento de sementes de milho (Zea Mays, L.). Botucatu: UNESP, 1998. 198p. (Tese de doutorado).

LOPES, R. P. AFONSO, A. D. L., SILVA, J. de S. Energia no pré-processamento de produtos agrícolas. In: SILVA, J. de S. Secagem e Armazenagem de Produtos Agrícolas. Viçosa, MG: 1ª ed. Aprenda fácil, 2000. 502 p.

MINASGAS. http://www.minasgas.com.br. 10 out. 2008.

OCTAVIANI, J.C. Secagem de café cereja descascado desmucilado com utilização de gás liquefeito de petróleo. Campinas: UNICAMP, 2000. 92p. (Dissertação de mestrado).

PINHALENSE. http://www.pinhalense.com.br. 15 out. 2008.

PORTELLA, J. A.; EICHELBERGER, L. Uso de gás liquefeito de petróleo na secagem estacionária de milho em secador de leito fixo. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2001. 4p. html. (Embrapa Trigo Comunicado Técnico Online, 64). http://www.cnpt.embrapa.br/biblio/p_co64.htm. 20 jun. 2006.

REINATO, C. H. R.; VILELA, E. R.; CARVALHO, F. M.; MEIRELES, E. de P. Consumo de energia e custo de secagem de café cereja em propriedades agrícolas do Sul de Minas Gerais. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.6, n.1, p.112-116, 2002.

SABIONI, P. M. Projeto e avaliação de um secador de fluxos cruzados, intermitente e com reversão do fluxo de ar, na secagem de milho (Zea mays L.). Viçosa: UFV, 1986. 106 p. (Dissertação de mestrado).

SANTOS, R. R. Modificação e avaliação de um secador rotativo horizontal, com distribuição radial do fluxo de ar, para secagem de café. Viçosa: UFV, 2002. 62 p. (Dissertação de mestrado).

SILVA, J. de S., BERBERT, P. A., AFONSO, A. D. L., RUFATO, S. Qualidade dos grãos. In: SILVA, J. de S. Secagem e Armazenagem de Produtos Agrícolas. Viçosa, MG: 1ª ed. Aprenda fácil, 2000. 502 p.

YOUNG, J.H., DICKENS, J.W. Evaluation of costs for drying grain in batch of cross-flow systems. Transactions of ASAE, v.18, n.4, p.734-738, 1975.