Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Performance Evaluation of a Potato Seeding Machine Adapted to Operate Under No Or Minimum Tillage System

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v18n02a02

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Haroldo C. Fernandes1, Antônio D. de Oliveira2, Lara S. Fernandes3 & Paula C. N. Rinaldi4

 

Abstract: Potato is one of the most important vegetable crops in Brazil. It is cultivated in a traditional way, where the soil is prepared conventionally through plowing and harrowing, differing in number and sequence. Excessive soil plowing is a common practice among Brazilian potato growers due to the belief that higher soil fragmentation results in better crop development. Alternative techniques, such as no-tillage or minimum tillage, have made good progress for cereal cultivation in Brazil, but have a negligible impact on potato cultivation. This study was done to modify a commercial potato seeder to operate in soils that have not been plowed (no-tillage) or minimally plowed (minimum tillage) and evaluate its performance in conventional, minimum and no-tillage systems. The experiment was laid down in randomized block design, with treatments consisting of three tillage systems (no-tillage, minimum, and conventional tillage) with four replications. The results showed that the potato planted in no-tillage soil saved up to 35 L ha-1 of diesel. The soil prepared with rotary hoe for the subsequent potato planting allowed the potato plants to emerge more rapidly.

Key words: soil tillage, consumption of fuel, agricultural mechanization

 

Resumo: A batata é uma das mais importantes olerícolas cultivadas no Brasil. O cultivo acontece de maneira tradicional, sendo o preparo do solo feito convencionalmente, usando implementos de revolvimento e destorroamento em número e seqüências variadas. O revolvimento excessivo do solo é prática usual entre os bataticultores do Brasil, que vislumbram na grande fragmentação do solo a condição ideal para o desenvolvimento da cultura. No presente trabalho, os objetivos foram adaptar uma plantadora de batata existente no mercado para operar em solo cuja superfície não havia sido revolvida (plantio direto) ou pouco revolvida (cultivo mínimo) e avaliar o desempenho da plantadora por meio de modificações da máquina e pelo plantio convencional. O experimento foi conduzido num delineamento em blocos casualizados, composto por três sistemas de plantio (plantio direto, plantio convencional e cultivo mínimo) com quatro repetições. Pelos resultados obtidos, conclui-se que: o plantio de batata em solo não revolvido permitiu economia de até 35 L ha-1 de óleo diesel. O solo preparado com enxada rotativa para posterior plantio permitiu que as plantas de batata emergissem mais rapidamente do solo.

Palavras-chave: preparo do solo, consumo de combustível, mecanização agrícola

 

1 Prof. Associado, Departamento de Engenharia Agrícola – UFV, Viçosa/MG, 36570-000 – haroldo@ufv.br
2 Prof. da Escola Agrotécnica Federal de Muzambinho/ MG
3 Graduanda em Engenharia de Alimentos – UFV, Viçosa/MG
4 Doutoranda em Engenharia Agrícola, DEA/UFV, Viçosa/MG

 

Literatura Citada

ABAMIG – ASSOCIAÇÃO DOS BATATICULTORES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Órgão Informativo da ABAMIG. Ano l, n.2, março de 1998.

BRAUNACK, M. V., MCPEE, J. E., MEIRING, P. The effect of initial soil water content and tillage implements. Soil Tillage Research, v.20, n.3, p.5-17, 1991. doi

BREGAGNOLI, M. Competição de cultivares nacionais e estrangeiras de batata em Muzambinho Sul de Minas Gerais. Seropédica: UFRRJ, 2000 48 f. Dissertação. (Mestrado em Fitotecnia) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2000.

DALLYN, S., L., FRICKE, D. H., The use of minimum tillage plus herbicides in potato production. Potato Journal. v.51, p.177-184, 1974. doi

DICKSON, J. W., CAMPBELL, D. J., RITCHIE, R. M. Zero and conventional traffic system for potatoes in Scotland. Soil Tillage Research, v.24. p.397-419, 1992. doi

EKEBERG, E.; RILEY, H. C. F. Effects of mouldboard ploughing and dicect planting on yield and nutrient uptake of potatoes in Norway. Nespa Hedmark, Norway. Soil & Tillage Research. v.39, p.131-142, 1996. doi

EMBRAPA. CNPS. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília: Embrapa. Produção de Informação: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 1999. 412 p.

EMBRAPA. Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos (Rio de Janeiro, RJ) Manual de métodos de análise de solo. Rio de Janeiro, 1997. 212 p.

FREIRE, W. J. O efeito do preparo sobre a agregação do solo. Engenharia Agrícola Botucatu-SP, v.1, p.25-30, 1972.

FREIRE, W. J., PIEDADE JR., C. O módulo de finura dos agregados do solo como índice de estabilidade estrutural. Engenharia Agrícola, Botucatu, v.3, p.29-36, 1979.

GAMERO, C.A. Desagregação do solo em diferentes métodos de preparo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 18, 1989, Recife. Anais... Recife: Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola, 1989.

GAMERO, C. A., BENEZ, S. H. Avaliação da condição do solo após a operação de preparo. In: Silveira, G. M. Ciclo de estudos sobre mecanização agrícola. Jundiaí-SP: Fundação Cargill, 1990. v.4, p.12-21.

GASSEN, D., GASSEN, F. Plantio direto: o caminho do futuro. Aldeia do sul, Passo Fundo, RS, 1996. 207 p.

MION, R.L. Desenvolvimento de equipamento para ensaio a campo de ferramentas de rompimento do solo testado cm mecanismos de abertura de sulcos de semeadoras. Botucatu: FCA, 2002. 96 f. Dissertação (Doutorado Agronomia) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. 2002.

SALVADOR, N. Consumo de energia na operação de subsolagem realizada antes e depois de sistemas de preparo periódico do solo. Botucatu: UNESP, 1992. 166f Tese. (Doutorado em Agronomia) – Universidade Estadual Paulista, 1992.

SALVADOR, N., BENEZ, S.H., BICUDO, S.J. Preparo periódico do solo: desempenho operacional e mobilização do solo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 22, 1993, Ilhéus. Anais...Ilhéus: Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola, 1993. p.1710-1721.

VEIGA, M., AMADO, T.J. Preparo do solo. In: SANTA CATARINA. Secretaria do Estado da Agricultura e Abastecimento. Manual de uso, manejo e conservação do solo e da água; Projeto de recuperação, conservação e manejo dos recursos naturais em microbacias hidrográficas. 2. ed. Florianópolis: EPAGRI, 1994. p.165-187.

VIEIRA, L.B. Análisis de los factores que influyen en el comportamiento de um motocultor con apero rotativo en el laboreo del suelo. Madrid: Escuela Técnica Superior de Ingenieros Agrónomos, 1992. 221 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Escuela Técnica Superior de Ingenieros Agrónomos, 1992.