Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Disfunção Temporomandibular em Pacientes Portadores de Próteses Totais Superiores com Redução da Dimensão Vertical de Oclusão

DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v3n1p17-23

https://seer.imed.edu.br/index.php/JOI/index 

downloadpdf

Débora D. Batistello1 & Alexandra M. Silveira1

  

Resumo: Objetivo: Este trabalho tratou sobre a avaliação da presença de Disfunção Temporomandibular (DTM) em pacientes portadores de prótese total superior com redução de Dimensão Vertical de Oclusão (DVO). A DTM abrange muitos problemas clínicos na região orofacial, tais como, dor, ruídos articulares, fadiga, bruxismo e zumbidos. Diversos são os fatores predisponentes e perpetuantes da DTM, sendo que as considerações anatômicas, que envolvem as discrepâncias inter-arcos e relações oclusais são as que podem se relacionar mais diretamente à prótese total e em consequência a esta pesquisa. Metodologia: Para a avaliação da presença de DTM, foi utilizado o questionário de Fonseca (1992) e para determinação da perda de DVO os testes métricos e fonéticos. Resultados e Conclusões: a amostra constituiu-se de 20 pacientes, após a coleta dos dados e análise dos resultados, a prevalência obtida em relação ao índice de DTM foi: pacientes com índice ausente 20%, índice leve 40%, índice moderado 25%, índice severo 15%, sendo que a somatória destes dois últimos são aqueles considerados portadores de DTM, ou seja, a prevalência de DTM nesta população foi de 40%.

Palavras-chave: Disfunção temporomandibular, Dimensão vertical de oclusão, Prótese total, Prótese total superior.

 

Abstract: Objectives: This work has as main objective the evaluation of the presence of Temporomandibular Disorders (TMD) in patients with upper denture with reduced occlusal vertical dimension (OVD). The TMD covers many clinical problems in the orofacial region, such as pain, joint sounds, fatigue, bruxism and tinnitus. There are several predisposing and perpetuating the TMD, and the anatomical considerations, involving inter-arch discrepancies and occlusal relationships are those that can relate more directly to thedenture and in consequence to this research. Metodology: For the evaluation of TMD was used the Fonseca’s questionnaire (1992) and to determine the loss ofDVO the metric and phonetic tests was used. Results and conclusions: The sample consisted of 20 patients, after the data collection and analysis of results, the prevalence obtained in relation to TMD index was: patients with missing index 20%, 40% mild rate, moderate index 25%, 15% severe index, being that the sum of the latter are considered those with TMD, the prevalence of TMD in this population was 40%.

Key words: Temporomandibular dysfunction. Vertical dimension of occlusion. Denture. Upper dentures.

 

1 Escola de Odontologia, Faculdade Meridional-IMED, Passo Fundo, RS, Brasil

 

Literatura Citada

Lopes PRR, Campos PSF, Nascimento RJM. Dor e inflamação nas disfunções temporomandibulares: revisão de literatura dos últimos quatro anos. Revista de Ciências Médicas e Biológicas 2011; 10(3): 317-325.

Okeson JP. Dor orofacial: guia de avaliação, diagnóstico e tratamento. Quintessence; 1998; 116-7.

Zarb GO, Bergman BO, Clayton JA, MacKay H. Prosthodontic treatment for edentulous patients. St Louis: Mosby ed, 1978; 49-54.

Mollo Junior FA, Compagnoni MA, Nogueira SS, Conti JV, Salbador MCG. Alterações da prótese total pelo tempo de uso: análise clínica da dimensão vertical de oclusão e da oclusão em relação cêntrica em pacientes portadores de prótese total dupla. RGO 1996; 44(2): 67-9.

Serman RJ, Conti PCR, Conti JV, Salvador MCG. Prevalência de Disfunção Temporomandibular em pacientes portadores de prótese total dupla. Jornal Brasileiro de Oclusão, ATM e Dor Orofacial 2003; 3(10): 141-144.

Willis, F. M. Esthetic of full denture construction. Journal of American Dental Association. Philadelphia, 1930; 633-642.

Silverman MM. The speaking method in measuring vertical dimension. The Journal of Prosthetic Dentistry, 1953;3:193–199 https://doi.org/10.1016/0022-3913(53)90127-9

Fonsêca DM. Disfução Craniomandibular (DCM)- diagnóstico pela anamnese. FOB – Faculdade de odontologia de Baurú 1992; 116.

Brandini DA, Zavanelli AC, Joaquim RM. Desordem temporomandibulares e psicologia da saúde: uma intervenção interdisciplinar. Rev Odontol Araçatuba. 2007; 28(2): 28-31.

Bertoli FMP, Losso EM, Moresca EC. Disfunção da articulação temporomandibular em crianças. RSBO, 2009; 6(1): 77-84.

Santos PPA, Santos PRA, Souza, LB. Características gerais da disfunção temporomandibular: conceitos atuais. Revista Naval de Odontologia, Rio de Janeiro, 2009; 3(1): 10-13.

Pereira KNF, Andrade LLS, Costa MLG, Portal TF. Sinais e sintomas de pacientes com disfunção temporomandibular. Rev Cefac, 2005; 7(2): 221-8.

Menezes MS, Bussadori SK, Fernandes KPS, Gonzalez DAB. Correlação entre cefaléia e disfunção temporomandibular. Fisioter. Pesqui. 2008; 15(2): 183-187.

Salonen L, Hellden L, Carlsson GE. Prevalence of signs and symptoms of dysfunction in the masticatory system: an epidemiologic study in an adult Swedish population. J Craniomandib Disord, 1990; 4(4): 241-50.

Okeson JP. Dor Orofacial: guia de avaliação, diagnóstico e tratamento, diagnóstico diferencial e considerações sobre o tratamento das desordens temporomandibulares. Editora quintessence, São Paulo, 2008; 8: 119-127.

Felício CM, Melchior MO, Silva MAMR, Celeghini RMS. Desempenho mastigatório em adultos relacionado com a Desordem Temporomandibular e com a oclusão. Pró-Fono Revista de atualização Científica, 2007; 19(2): 151-158. https://doi.org/10.1590/S0104-56872007000200003

Hotta PTH, Hotta TH, Bataglion C, Pavão RF, Siéssere S, Regalo SCH. Bite force in temporomandibular dysfunction (TMD) and healthy complete denture wearers. Brazilian Dental Journal, 2008; 19(4): 354-357. https://doi.org/10.1590/S0103-64402008000400012

Conti PCR, Ferreira PM, Pegoraro LF, Conti JV, Salvador MCG, A Cross-Sectional Study of Prevalence and Etiology of Signs and Symptoms of Temporomandibular Disorders in High School and University Students. J Orofacial Pain, 1996.10: 254-162.

Shibayama R, Contreiras E, Shibayama B, Sella M, Boer PR, Nakui MT. Prevalêcia de disfunção temporomandibular em pacientes portadores de próteses totais duplas. Revista Odontológica de Araçatuba 2008; 29(2): 46-51.

Farias ABL, Lima LHMA, Costa LJ, Lucena LBS, Farias ABL. Relação entre alteração da dimensão vertical de oclusão e disfunção temporomandibular- avaliação clínica. Braz Dent Sci, 2009; 12(3): 11-19.

Cardozo TDM, Lima DA, Senna AM. Estudo retrospectivo da prevalência de sinais e sintomas de desordens temporomandibulares em acadêmicos de odontologia em Araguaína- Tocantins. Revista Científica do ITPAC, 2012; 5(2): 50-54.

Lopes RG, Godoy CHL, Motta JL, Gonzalez DAB, Fernandes KPS, Giannasi L, Ferrari RAM, Bussadori SK. Avaliação da relação entre disfunção temporomandibular e dimensão vertical de oclusão em crianças de 7 A 12 anos. Rev. Cefac 2014; 16(3) 892-898. https://doi.org/10.1590/1982-021620143213

Ribeiro RA, Mollo Junior FA, Arioli JNJ, Pinelli LAP, Ricci WA. Sintomas de Disfunção Craniomandibular em pacientes portadores de próteses totais e pacientes dentados naturais. RGO, 2003; 51(2): 123-126.

Almeida LHM, Farias ABL, Soares MSM, Cruz JSA, Cruz RES, Lima MG. Disfunção temporomandibular em idosos. RFO. 2008; 13(1): 35-38.

Dallanora AF, Grasel CE, Heine CP, Demarco FF, Cenci TP,Presta AA, Boscato N. Prevalence of temporomandibular disorders in a population of complete denture wearers. The Gerodontology Society and John Wiley & Sons A/S, Gerodontology 2012; 29: e865–e869. https://doi.org/10.1111/j.1741-2358.2011.00574.x

Schmitter M, Rammelsberg P, Hassel A. The prevalence of sings and symptoms of temporomandibular disorders in very old subjects. J Oral Rehabil, 2005; 32: 467-473. https://doi.org/10.1111/j.1365-2842.2005.01449.x

Schiffman EL, Fricton JR, Haley DP, Shapiro BL. The prevalence and treatment needs of subjects with temporomandibular disorders. J Am Dent Assoc, 1990; 120(3): 295-303. https://doi.org/10.14219/jada.archive.1990.0059