Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação do Corte Manual e Mecanizado de Cana-de-Açúcar em Campos dos Goytacazes, RJ

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v18n03a06

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Ricardo F. Garcia1 & Leonardo S. Silva2

 

Resumo: Este trabalho teve como objetivo comparar os custos envolvidos e o desempenho operacional nos sistemas de colheita manual e mecânico da cana-de-açúcar no município de Campos dos Goytacazes, RJ, utilizando duas colhedoras autopropelidas, modelos Santal Amazon e Brastoft A-7700. Foi realizada a comparação entre o rendimento operacional no corte da cana-de-açúcar entre o homem e a máquina, sendo possível identificar um maior rendimento no corte mecânico em relação ao corte manual, pois uma colhedora de cana-de-açúcar na região equivale, em média, ao trabalho de 26 homens por hora. Pelos resultados obtidos, é evidente a grande vantagem da colheita mecanizada em relação a colheita manual, em razão de seu benefício ser maior que o custo. Este benefício significa 31% a mais de lucro com o uso da colheita mecânica em relação ao custo do sistema manual, ou seja, R$ 193.144,01 de lucro por safra, considerando uma área de 964,2 ha. Conforme os dados avaliados, em relação à área colhida mecanicamente, que foram de apenas 6,65% da área total, é suficiente considerar que, dependendo do redimensionamento da área restante, é possível determinar que a substituição do tipo de colheita manual pela mecânica possibilitará crescimento na margem de lucro da usina.

Palavras-chave: custo de produção, capacidade operacional, colheita mecanizada

 

Abstract: This study aimed to compare the costs involved in operating systems and performance of manual and mechanical harvesting of sugar cane in the fields of Campos dos Goytacazes, RJ, using Santal Amazon and Brastoft A-7700 cane harvesters models. A comparison of the operating income in cutting the sugar cane, between man and machine, was performed, identifying a better performance on the mechanical system because the harvester can work as 26 field workers per hour. It was found the huge divergence to the mechanical harvest system because your benefit is bigger than cost. By using the mechanical system, it can reach 31% superior gain than manual system, getting R$ 193,144.11 per year, considering 964.2 ha of area. Analyzing the data, in relation to the area harvested mechanically, which were only 6.65% of total area, it is possible to substitute the rest of the manual area to mechanical system in order to reach more gain.

Key words: cost of production, mechanical harvest, operational capacity

 

1 Professor Associado do Laboratório de Engenharia Agrícola, UENF – Av. Alberto Lamego, 2000 – 28013-602 – Campos dos Goytacazes, RJ ; e-mail: garcia@uenf.br
2 Pesquisador do Instituto Estadual de Floresta, RJ – Rua Visconde de Inhaúma, 102, 28035-005 – Campos dos Goytacazes, RJ – e-mail: leouenf@hotmail.com

 

Literatura Citada

CEDDIA, M.B.; ANJOS, L.H.C.; LIMA, E.; RAVELLI NETO, A; SILVA, L.A. Sistemas de colheita da cana-de-açúcar e alterações nas propriedades físicas de um solo podzólico amarelo no Estado do Espírito Santo. Pesq. agropec. bras. v.34, n.8, p.1467-1473, 1999.

CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da Safra Brasileira Cana-de-Açúcar Safra 2008/2009, primeiro levantamento, abril/2008. Companhia Nacional de Abastecimento. Brasília: Conab, 2008.

DUARTE JUNIOR, J.B.; GARCIA, R.F.; COELHO, F.C.; AMIM, R.T. Desempenho de trator-implemento na cana-de-açúcar em sistemas de plantio direto e convencional. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v.12, 2008.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Levantamento sistemático da produção agrícola. Brasília: IBGE, 2009. Disponível em: www.ibge.gov.br. Acesso em: 09 nov. 2009.

KRONKA, P.F.B.; MONTEIRO, J.H. Desempenho operacional de colhedoras na Usina Iturama. In: 4a SEMANA DE CANA-DE-AÇÚCAR DE PIRACICABA, 1999, Piracicaba. Anais... Piracicaba: Saccharum, n.1, p.46-48, 1999.

LEONARDO JÚNIOR, I. Análise econômica para a seleção de conjuntos motomecanizados na condução da cultura do milho. Botucatu: UNESP, 2000. 140p. (Dissertação de mestrado).

NORONHA, F.N. Projetos agropecuários. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1987. 269p.

PROCANA - Produção de açúcar da Coagro chega a 1 milhão de sacos. Disponível em: http://www.procana.com.br/conteudo/noticia.asp?area=Producao&secao=Exclusivas&ID_Materia=32476. Acesso em: 16 out. 2008.

RAMALHO, R.S. Diagnóstico do meio físico como contribuição ao planejamento do uso da terra no Município de Campos dos Goytacazes. Campos dos Goytacazes: UENF, 2005. (Tese de Doutorado).

ROMANACH, L.M.; CARON, D. Impactos da mecanização da colheita da cana sobre o emprego, a gestão empresarial e o meio-ambiente: um estudo de caso. In: XXXVII CONGRESSO SOBER, 1999, Foz do Iguaçu. Anais... Brasília, DF: SOBER, 1999.

SOUZA, E.F.; BERNADO, S.; CARVALHO, J.A. Função de produção da cana-de-açúcar em relação à água para três variedades, em Campos dos Goytacazes, RJ. Engenharia Agrícola. Jaboticabal, v.19, n.1, p.28-42, 1999.

VEIGA, C.F.M.; VIEIRA, J.R.; MORGADO, I.F. Diagnóstico da cadeia produtiva da canade- açúcar do estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: FAPERJ: SEBRAE-RJ, 2006. 107p.

VEIGA FILHO, A. A. Experiências históricas internacionais de mecanização do corte da cana-deaçúcar. Informações Econômicas. São Paulo, v.28, n.7, p.11-21, 1998.

VIEIRA, G. Avaliação do custo, produtividade e geração de emprego no corte de cana-de-açúcar, manual e mecanizado, com e sem queima prévia. Botucatu: UNESP, 2003. 100p. (Dissertação de mestrado).