Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Variabilidade Espacial da Resistência à Penetração  e da Umidade do Solo em Neossolo Flúvico

DOI: http://dx.doi.org/10.19149/2316-6886/wrim.v3n2p79-89

http://www2.ufrb.edu.br/wrim/ 

downloadpdf

Uilka E. Tavares1, Abelardo A. de A. Montenegro1, Mário M. Rolim1, Jucicléia S. da Silva1, Thais F. da S. Vicente1 & Carolyne W. L. de Andrade1

 

Resumo: A resistência à penetração é uma variável de grande importância para o manejo agrícola. O estudo foi realizado com o objetivo de investigar a variabilidade espacial da resistência do solo à penetração (RP) e da umidade de um Neossolo Flúvico cultivado com cenoura e irrigado por microaspersão, em Pesqueira, PE, sob condição de elevado estresse hídrico. As avaliações foram feitas nas camadas de 0-0,20 e 0,20-0,40 m, em 49 pontos, em uma malha com grid 7 m × 7 m, após irrigação em dois dias consecutivos, denominados amostragem 1 e amostragem 2. A distribuição normal foi verificada nas variáveis resistência à penetração, umidade e textura. Para a umidade do solo observou-se efeito pepita puro; enquanto que para a resistência à penetração, ajustaram-se os modelos esférico (0,00-0,20 m), na amostragem 1, e gaussiano para a amostragem 2. Os mapas de krigagem realizados mostram redução da RP, provavelmente devido ao acréscimo da umidade, embora não se tenha observado forte correlação entre as duas variáveis.

Palavras-chave: compactação, cenoura, geoestatística.

 

Abstract: The penetration resistance is a variable of great importance for agricultural management. The study was conducted to evaluate the spatial variability of soil resistance to penetration (RP) and water content of Fluvent cultivated with carrot and irrigated by micro sprinkler system, in Pesqueira, Pernambuco, under severe water stress scenario. The evaluations were performed in the 0-0.20 and 0.20-0.40 m layer, at 49 points, a grid mesh with 7 m × 7 m on two consecutive days, called sample 1 and sample 2. The Normal distribution was verified in the variables penetration resistance, water content and texture. For water content it was observed a nugget effect, while for the penetration resistance spherical model (0.00-0.20 m) was fitted, in sampling 1, and the Gaussian model for the sampling 2. The kriging maps of the two samplings show reduced RP, probably due to the increase in the water content, although it has not been observed a strong correlation between the two variables.

Key words: compaction, carrot, geoestatistic.

 

1 DTR/UFRPE. R. Dom Manoel de Medeiros, s/n, Dois Irmãos, CEP 52.171-900, Recife, PE. Fone: (81) 3320-6264. E-mail: uetavares@yahoo.com.br; abelardo.montenegro@yahoo.com.br; rolim@dtr.ufrpe.br; thaisfsv@ig.com.br; jucicleiass@gmail.com; carolynelins200@gmail.com

 

Literatura Citada

ASAE - American Society of Agricultural Engineers. Soil Cone Penetrometer. In: Asae Standards 1999: Standards Engineering Practices Data. 46th (ed.) St. Joseph, 1999. p.834-835.

Busscher, W.J. Adjustment of flat-tipped penetrometer resistance data to a commom water content. Transactions of the American Society of Agricultural Engineers, v.33, p.519-524, 1990.

Cambardella, C. A.; Moorman, J. M.; Novak, T. B.; Karlen, D. L.; Turco, R. F.; Konopka, A. E. Field-scale variability of soil properties in central Iowa soils. Soil Science Society of America Journal, v.58, p.1501-1511, 1994.

Carvalho, L.A.; Valdemar Neto, V.J.; Silva, L.F.; Pereira, J.G.; Nunes, W.A.G.A.; Chaves, C.H.C. Resistência mecânica do solo à penetração (rmp) sob cultivo de canade- açúcar, no município de rio Brilhante-MS. Agrária, v.1, p.7-22, 2008.

Coelho, D. S.; Cortez, J. W.; Olszevski, N. Variabilidade espacial da resistência mecânica à penetração em Vertissolo cultivado com manga no perímetro irrigado de Mandacaru, Juazeiro, Bahia, Brasil. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.36, p.755-764, 2012.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de métodos de análises de solo. 2.Ed. Rio de Janeiro,1997. 212p.

Englund, E.; Sparks, A. Geoeas (Geostatistical Environmental Assessment Software) Las Vegas: U. S. Environmental Protection Agency, 1991. Epa/600/4-88/033a. Golden Software. Surfer 7.0 - User’s Guide. New York: Golden Software, 1999. 61p.

Guimarães, R. M. L.; Gonçalves, A. C. A.; Tormena, C. A.; Folegatti, M. V.; Blainsk, E. Variabilidade espacial de propriedades físico-hídricas de um Nitossolo sob a cultura do feijoeiro irrigado. Engenharia Agrícola, v.30, p.657-669, 2010.

Hoaglin, D. C.; Mosteller, F.; Tukey, J. W. Análise exploratória de dados: técnicas robustas, um guia. Lisboa: Salamandra, 1992. 446p.

Montenegro, A.A.A.; Montenegro, S.M.G.L. Variabilidade espacial de classes de textura, salinidade e condutividade hidráulica de solos em planície aluvial. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.10, p.30–37, 2006.

Moraes, M. T.; Debiasi, H.; Franchici, J. C.; Silva, V. R. Soil penetration resistance in a rhodiceutrudox affected by machinery traffic and soil water content. Engenharia Agrícola, v.33, p.748-757, 2013.

Oliveira G.C.; Severiano, E.C.; Mello, C.R. Dinâmica da resistência à penetração de um Latossolo Vermelho da Microrregião de Goiânia, GO. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.11, p.265-270, 2007.

Santos, K. S.; Montenegro, A. A. A.; Almeida, B. G.; Montenegro, S. M. G. L.; Andrade, T. S.; Fontes Junior, R. V. P. Variabilidade espacial de atributos físicos em solos de vale aluvial no semiárido de Pernambuco. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.16, p.828-835, 2012.

Silva, J. R. L.; Montenegro, A. A. A.; Santos, T. E. M. Caracterização física e hidráulica de solos em bacias experimentais do Semiárido Brasileiro, sob manejo conservacionista. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.16, p.27-36, 2012.

Silveira, D. C.; Melo Filho, J. F.; Sacramento, J. A. A. S.; Silveira, E. C. P. Relação umidade versus resistência à penetração para um Argissolo Amarelo distrocoeso no Recôncavo da Bahia. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.34, p.659-667, 2010.

SoilSurvey Staff. Soil Survey Manual. Washington: Usda- Scs. U.S. Gov. Print. Office, 1993. 437p.

Souza, E. R.; Freire, M. B. G. S.; Nascimento, C. W. A.; Montenegro, A. A. A.; Freire, F. J.; Melo, H. F. Fitoextração de sais pela Atriplex Nummularia Lindl. sob estresse hídrico em solo salino sódico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.15, p.477-483, 2011.

Souza, E. R.; Montenegro, A. A. A.; Montenegro. S. M. G. L.; Santos, T. E. M.; Andrade. T. S. A.; Pedrosa, E. G. Variabilidade espacial das frações granulométricas e da salinidade em um Neossolo Flúvico do Semi-árido. Ciência Rural, v.38, p.698-704, 2008.

Souza, E. R.; Montenegro, A. A. A.; Montenegro, S. M. G., Matos, J. A. Temporal stability of soil moisture in irrigated carrot crops in Northeast Brazil, Agricultural Water Management, v.99, p.26-32, 2011.

Souza, Z. M.; Campos, M. C. C.; Cavalcante, I. H. L.; Marques Júnior, J.; Cesarin, L. G.; Souza, S. R. Dependência espacial da resistência do solo à penetração e do teor de água do solo sob cultivo contínuo de cana-deaçúcar. Ciência Rural, v.36, p.128-134, 2006a.

Souza, Z. M.; Marques Junior, J.; Pereira, G. T; Montanari, R.. Otimização amostral de atributos de Latossolos considerando aspectos solo-relevo. Ciência Rural, v.36, p.829-836, 2006b.

Statsoft - Statistica (Data Analysis Software System), Versão 7.0, (Www.Statsoft.Com), 2004.

Stolf, R. Teoria e teste experimental de fórmulas de transformação dos dados de penetrômetro de impacto em resistência do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.15, p.229-35, 1991.

Vaz, C.M.P.; Manieri, J.M.; De Maria, I.C.; Tuller, M. Modeling and correction of soil penetration resistance for varying soil water content. Geoderma, Amsterdam, v.166, p.92-101, 2011.

Veronese Junior, V.V., Carvalho, M.P., Dafonte, J., Freddi, O.S., Vidal Vazquez, E., Ingaramo, O.E.. Spatial variability of soil water content and mechanical resistance of Brazilian ferralsol. Soil & Tillage Research, v.85, p.166–177, 2006.

Vieira, S. R. Geoestatística em estudo da variabilidade espacial do solo. In: Novais, R. F. De; Alvarez V., V. H.; Schaefer, C. E. G. R. (ed.) Tópicos Ciência do Solo. Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. Campinas: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo. 2000. p.1-54.

Warrick, A. W.; Nielsen, D. R. Spatial Variability Of Soil Physical Properties In The Field. In: Hillel, D. (ed.). Application of Soil Physics, New York: Academic Press, 1980. p.319-324.