Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Nível de Stress em Corredores de Maratona Amadores em Período de Pré-Competição

 

http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/index 

downloadpdf

Eliana Benedetti1, Roseli L. de Oliveira2 & Marilda E. N. Lipp3

 

Resumo: O stress é uma reação psicofisiológica que leva a um desequilíbrio no funcionamento global e comprometer a qualidade de vida e gerar danos à saúde. A atividade física é um dos pilares no combate ao stress, mas que em nível elevado e se competitivo, pode tornar-se um agente estressor. O objetivo foi avaliar o nível de stress em corredores de maratona amadores em período pré-competição e correlacionar com as variáveis sexo e faixa etária. Participaram 65 corredores amadores, 84% do sexo masculino, com idades entre 27 e 67 anos, que corriam há mais de um ano, com treinador físico e treinavam ao menos quatro vezes por semana. Utilizou-se o Inventário de Sintomas de Stress para adultos de Lipp (ISSL) e um Protocolo de Caracterização Sócio-Demográfica na avaliação. Os dados foram analisados por estatística descritiva e o teste de Qui-quadrado, com nível de significância de p0,05. Os resultados mostraram que apenas 9% apresentavam algum nível de stress, sendo todos do sexo masculino. Destes, 67% estavam na fase de resistência, com maior sintomatologia psicológica (83,3%). Não houve correlação significativa entre stress, sexo e faixa etária, p = 0,278 e p = 0,221, respectivamente. Ao se comparar com dados populacionais, o nível de stress observado neste estudo foi menor, isto sugere que não houve stress em período pré-competitivo em nível significativo, nem diferenças entre sexo ou faixa etária. Percebe-se que a corrida de rua, mesmo extenuante como a maratona, não demonstrou ser um fator que compromete a saúde psicológica do praticante. Considera-se que novos estudos envolvendo grupos populacionais maiores são necessários para a generalização dos resultados, bem como para proporcionar maior conhecimento sobre as possíveis variáveis que interferem no resultado da prova, como por exemplo, aspectos cognitivos e emocionais dos esportistas.

Palavras-chave: Estresse Emocional; Eventos Estressores; Exercício Físico; Características entre os sexos.

 

Abstract: Stress is a psychophysiological reaction that leads to an imbalance in overall functioning and impair quality of life and create health hazards. Physical activity is one of the pillars in the fight against stress1, but at a high level and be competitive, can become an agent estressor2. The objective was to assess the level of stress in amateur marathon runners in pre-competition and correlate with the sex and age. 65 amateur runners participated, 84% male, aged between 27 and 67, who ran for over a year, with physical trainer and trained at least four times a week. We used the Inventory of Stress Symptoms for adults Lipp (ISSL) and a Memorandum of Socio-Demographic evaluation. Data were analyzed by descriptive statistics and chi-square, with a significance level of p  0.05. The results showed that only 9% had some level of stress, being all male. Of these, 67% were in the resistance phase, with greater psychological symptoms (83.3%). There was no significant correlation between stress, sex and age group, p = 0.278 and p = 0.221, respectively. When compared to population data, the level of stress observed in this study was lower, this suggests that there was no stress in pre-competitive level significant differences between sex or even age. It is noticed that the street race, even strenuous as the marathon, not shown to be a factor that affects the psychological health of the practitioner. It is considered that further studies involving larger populations are needed to generalize the results, as well as to provide greater insight into the possible variables that affect the test results, such as cognitive and emotional aspects of sports.

Key words: Emotional Stress; Stressful Events Exercise; Characteristic sex.

 

1 Instituto de Psicologia e Controle do Stress
2 Santa Casa de Misericórdia de São Paulo
3 Pontifícia Universidade Católica de Campinas
* Eliana Benedetti - ebenedettipsicologa@gmail.com