Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Desenvolvimento de Uma Estação Meteorológica Automática para Manejo de Irrigação

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v19n04a04

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Gustavo Finholdt1, Everardo C. Mantovani2, Gilberto C. Sediyama3, Márcio M. Ramos4 & Gustavo H. S. Vieira5

 

Resumo: Neste trabalho teve-se como objetivo o desenvolvimento de uma estação meteorológica automática com tecnologia nacional para manejo de irrigação. Ela foi constituída pelos cinco sensores utilizados na metodologia de cálculo do balanço hídrico, em que dois parâmetros importantes são a precipitação pluviométrica e a ETo. Desenvolveu-se o equipamento com display para visualização dos dados de dias anteriores, memória para armazenar dados de até um ano em base horária, porta de comunicação de dados com microcomputador via protocolo RS-232, programa de microcomputador para efetuar a aquisição e visualização dos dados e painel solar para carregar a bateria da estação. Após o desenvolvimento do equipamento, realizou-se a calibração dos sensores, com base em metodologias recomendadas pela WMO, atingindo um índice de correlação (r) de 1,000, 0,998, 0,999, 0,997 e 1,000, para os sensores de vento, chuva, umidade relativa, irradiância solar e temperatura, respectivamente. O desenvolvimento do equipamento atendeu aos objetivos da autossuficiência energética; manipulação dos dados com e sem o uso de um microcomputador; simplicidade no uso; facilidade na manutenção; e boa correlação na resposta de seus sensores. Dessa forma, conclui-se que o equipamento desenvolvido atende aos requisitos técnicos e operacionais para sua utilização na agricultura. Porém, sendo um protótipo, ele ainda não constitui uma substituição imediata para os equipamentos similares existentes no mercado, faltando, para isso, testes em laboratórios de metrologia acreditados nacional e internacionalmente que certifiquem seu funcionamento.

Palavras-chave: estação meteorológica automática, irrigação, tecnologia nacional

 

Abstract: An automatic meteorological station with indigenous technology was developed for irrigation scheduling. The station is composed of five sensors, normally used to calculate hydric balance in which rainfall and ETo are two major computation parameters. The equipment has a display to visualize data of earlier days, memory to store one year data on hourly basis, data communication port to microcomputer via RS-232 protocol, computer software to collect and visualize data and a solar panel for battery charging. The sensor was calibrated according to the recommendation of WMO. The correlation indexes (r) was 1.000, 0.998, 0.999, 0.997 and 1.000, respectively for wind, rain, air humidity, solar radiation and temperature respectively. The equipment attained the objectives of energy self-sufficiency, data manipulation with or without a microcomputer, use simplicity, easy maintenance and high correlation of sensor’s response. It was concluded that the equipment satisfies the technical and operational requirements for use in agriculture. Being a prototype, it is not yet available for immediate substitution of the similar equipments on market, because it requires tests in the national and international accredited meteorology laboratories to certify its correct operation.

Key words: automatic meteorological station, irrigation, national technology

 

1 Eng. Eletricista, M.Sc. Engenharia Agrícola, Doutorando em Engenharia Agrícola, Bolsista Capes, Dep. Eng. Agrícola, UFV. Viçosa-MG, e-mail: gusend@gmail.com
2 Engenheiro Agrícola, Prof. Titular da UFV, DEA, Viçosa, MG, e-mail: everardo@ufv.br
3 Engenheiro Agrônomo, Prof. Titular da UFV, DEA, Viçosa, MG, e-mail: g.sediyama@ufv.br
4 Engenheiro Agrônomo, Prof. Titular da UFV, DEA, Viçosa, MG, e-mail: mmramos@ufv.br
5 Doutorando em Engenharia Agrícola/UFV, Viçosa, MG, Bolsista do PIQDTec/CAPES, Prof. do IFES, campus Santa Teresa, ES,e-mail: ghsv2000@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ALLEN, R.G.; PEREIRA, L.S.; RAES, D.; SMITH, M. Crop evapotranspiration: Guidelines for computing crop water requirements. Rome: FAO, 1998. v.56, 300p. (Irrigation and Drainage paper).

BOYLESTAD, R.L.; NASHELSKY, L. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 6. ed. [S.l.]: LTC, 1998. 649 p.

DOORENBOS, J.; PRUITT, J.O. Guidelines for predicting crop water requeriments. ROME: FAO, 1977. 179p. (FAO Irrigation and Drainage, 24).

EFE, S.I.; ADOGBEJI, O.B. The assessment of the use of information and communication technology (ICT) in data storage and information dissemination in Nigerian meteorological stations. Electronic Library, v.24, n.2, p.237-242, 2006. doi

HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; WALKER, J. Fundamentos de física. 2. ed. Rio de Janeiro; LTC – Livros Técnicos e Científicos Editora S.A., 1996. 292p.

MANTOVANI, E.C.; BERNARDO, S.; PALARETTI, L.F. Irrigação: princípios e métodos. 2. ed. Viçosa, MG: Editora UFV, 2007a. 358p.

MANTOVANI, E.C.; SOUZA, J.A.R.; SOUZA, D.O. Irrigação do tomateiro. In: SILVA, D.J.H.; VALE, F.X.R. Tomate: tecnologia de produção. Visconde do Rio Branco, MG: Suprema Gráfica e Editora Ltda., 2007b. 355p.

MANTOVANI, E.C.; VICENTE, M.R.; ALVES, M.E.B.; NETO, H.B. Irrigação como fator de qualidade do café. In: ZAMBOLIM, L. Boas práticas agrícolas na produção de café. Viçosa, MG: DFP/UFV, 2006. 234p.

MANTOVANI, E.C.; VICENTE, M.R. Características rastreáveis dos sistemas de irrigação do cafeeiro. In: ZAMBOLIM, L. Rastreabilidade para a cadeia produtiva do café. Viçosa, MG: DFP/UFV, 2007. 442p.

OLIVEIRA, A.S.; ANDRADE, F.S. Sistemas embarcados: hardware e o firmware na prática. 1. ed. [S.l.]: Érika, 2006. 316p.

ORDONEZ, E.D.M.; PENTEADO, C.G.; SILVA, A.C.R. Microcontroladores e FPGAs – Aplicações em automação. São Paulo: Novatec, 2005. 384p.

PEREIRA, F. Microcontroladores PIC: programação em C. 1. ed. [S.l.]: Érika, 2003. 358p.

PEREIRA, F. Microcontroladores PIC: técnicas avançadas. 5. ed. [S.l.]: Érika, 2002. 358p.

SEDRA, A.S.; SMITH, K. Microeletrônica. 4. ed. [S.l.]: Makron Books, 2000.

SUGAWARA, M.T. Estudo de sensores de baixo custo para estação meteorológica automática: 2003. 68 f. Dissertação (Mestrado em Meteorologia Agrícola) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2003.

THOMAZINI, D.; ALBUQUERQUE, P.U.B. Sensores industriais: fundamentos e aplicações. 3. ed. [S.l.]: Érika, 2007. 220p.

TOCCI, R.J.; WIDMER, N.S. Sistemas digitais: princípios e aplicações. 7. ed. [S.l.]: LTC, 2000. 588 p.

WMO. Guide to meteorological instruments and methods of observation. 8 draft seventh edition, 2006. (World Meteorological Organization).

ZANCO, W.S. Microcontroladores PIC: técnicas de software e hardware para projetos de circuitos eletrônicos com base no PIC 16F877A. 1. ed. [S.l.]: Érika, 2006. 390p.

ZELENOVSKY, R.; MENDONÇA, A.; PC: Um guia prático de hardware e interfaceamento. 3. ed. MZ Editora, 2002. 1031p.