Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise Postural e Biomecânica de Trabalhadores em Abatedouro de Frangos de Corte1

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v19n06a04

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Cinara da C. S. Carvalho2, Cecília de F. Souza3, Ilda de F. F. Tinôco3, Maria de F. A. Vieira4 & Luciano J. Minette5

 

Resumo: A criação e o consumo de frangos têm aumentado muito nas últimas décadas, isso é devido ao crescimento da população dos grandes centros urbanos. Paralelo a este desenvolvimento, começou-se a prestar atenção na forma como as atividades são realizadas, e como as máquinas, equipamentos e o ambiente na indústria de frangos de corte influenciam na ocorrência de lesões corporais. Baseado nos riscos que as atividades realizadas no abatedouro oferecem objetivou-se com este trabalho avaliar a análise postural e biomecânica dos trabalhadores atuantes em um abatedouro de frangos de corte. As posturas e a biomecânica dos trabalhadores foram analisadas a partir de registros fotográficos do indivíduo em situação de trabalho real. A análise postural foi interpretada a partir do uso do método OWAS (Ovako Working Posture Analyzing System) e para a avaliação biomecânica utilizou-se programa computacional de modelo biomecânico bidimensional de predição de posturas e força (Michigan). De posse dos dados coletados observou-se que as posturas adotadas para realizar o descarregamento das caixas de frangos do caminhão, limpeza do setor de escalda e depenagem, assim como o ato de erguer e empurrar as caixas dos vários setores para a área de congelamento, merecem verificação a curto prazo. Com relação à biomecânica, observou-se que o carregamento de caixas com peças de frangos, advindas tanto da sala de corte e setor de desfiados podem lesionar o cotovelo e ombro dos trabalhadores. Assim, pode-se concluir que o peso das cargas e a adoção de posturas incorretas são responsáveis por injúrias que acometem a saúde dos trabalhadores atuantes no abatedouro.

Palavras-chave: ergonomia, avicultura, abatedouro

 

Abstract: Poultry raising and consumption have increased greatly in recent decades, specially due to population growth in large urban centers. Parallel to this development, began to pay attention to how activities are performed, and the machinery, equipment and facilities in the broiler industry influence the occurrence of injury. Based on the risk that activities performed at the slaughterhouse present, this work aimed to evaluate the postural and biomechanical analysis of employees working in that facility. Postures and biomechanics of workers were analyzed from photographic records of the individual in a situation of actual work. The postural analysis was interpreted using the OWAS method (Ovako Working Posture Analyzing System) and for the biomechanical evaluation it was used a two-dimensional biomechanical model computer program for predicting postures and strength (Michigan). After collecting all data, it was observed that the postures adopted to unload chicken boxes off the truck and to clean the scalding and plucking sector, as well as the act of lifting and pushing boxes from various sectors to the freezing area, are worth checking in a short term. With respect to biomechanics, it was observed that the loading of boxes with chicken pieces, coming both from the cutting room and the shredded sector, can injure elbows and shoulders of workers. Thus, it can be concluded that the weight of loads and incorrect postures are responsible for injuries that affect the health of employees working in the slaughterhouse.

Key words: ergonomics, aviculture, slaughterhouse

 

1 Parte da Tese de Doutorado do primeiro autor. Projeto financiado pela FAPEMIG
2 Engª Agrícola, Profª Doutora, Departamento de Ciências Agrárias, UNIMONTES/Janaúba – MG, cinara.carvalho@unimontes.br
3 Engª Agrícola, Profª Doutora, Departamento de Engenharia Agrícola, UFV/Viçosa - MG
4 Zootecnista, Mestranda em Engenharia Agrícola, Departamento de Engenharia Agrícola, UFV/Viçosa - MG
5 Engenheiro Florestal, Prof Doutor, Departamento de Engenharia Elétrica e de Produção, UFV/Viçosa - MG

 

Literatura Citada

BARTH, D.C. ; GUIMARÃES, L.B. de M. ; CATEN, C. S. T. . Análise do impacto do rodízio nos trabalhadores na desossa de frango. In: Lia Buarque de Macedo Guimarães. (Org.). Macroergonomia: colocando conceitos em prática - aplicação em processos. 1 ed. Porto Alegre: FEENG, v.2, p.1-27, 2010.

COUTO, H.A. Ergonomia aplicada ao trabalho: manual técnico da máquina humana. 2. Belo Horizonte: ERGO Editora, 1996.

DEFANI, J.C. Avaliação do perfil antropométrico e análise dinamométrica dos trabalhadores da agroindústria do setor de frigoríficos e abatedouros: o caso da Perdigão Carambeí. 2007. 143p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

DELWING, E.B. Análise das condições de trabalho em uma empresa do setor frigorífico a partir de um enfoque macroergonômico. 2007. 132p. (Dissertação de mestrado).

DUL, J; WEERDMEESTER, B. Ergonomics for beginners – A quick reference guide. London: Taylor & Francis, 1994. 133p.

IIDA, I. Ergonomia: projeto e produção. São Paulo: Edgard Blucher, 2005. 632p.

OLIVER, J. Cuidados com as Costas: Um Guia para Terapeutas. São Paulo: Manole. 1999. 162p.

SANT’ANA, M.A. ; WALGER, C.A.P. . Avaliação de um Posto de Trabalhos em um Frigorifico de Aves. In: XI Jornada Farmâceutica de Umuarama VI Jornada de Internacional de Umuarama e V Mostra de Trabalhos Científica. 2002. Umuarama. Anais... Universidade Paranaense. Umuarama. 2002.

WILSON, J. e CORLETT, N. Evaluation of Human Work: A Practical Ergonomics Methodology. London: Taylor e Francis, 1995. 1119p.