Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Conformidade do Posto de Operação de Pulverizadores Autopropelidos

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v19n06a07

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

André L. Casali1, Marcelo S. de Farias2, José F. Schlosser3, Leonardo N. Romano4 & Daniel Uhry5

 

Resumo: As operações com pulverizadores autopropelidos exigem um grande esforço físico e mental dos operadores. A correta disposição dos comandos aumenta, consideravelmente, a eficiência da operação. Em vista disso, este trabalho teve como objetivo identificar e comparar a localização dos comandos de uso frequentes e raros pelo operador em cinco pulverizadores autopropelidos, segundo a norma ISO 15077. Foram medidas as coordenadas dos principais comandos de operação em relação ao SIP (Seat Index Point). A análise revelou que o número de comandos decresce à medida que o nível tecnológico do pulverizador aumenta. Entre os comandos de acionamento frequentes, presentes em todos os pulverizadores, destacam-se os modelos 4730 e Patriot 350, que obtiveram 100% dos comandos dentro da Zona de Conforto nos dois perfis analisados. Os pulverizadores Impactus 2750, Patriot 350 e Gladiador 3000 não obtiveram comandos localizados na zona inacessível em nenhum dos dois perfis analisados. Desta forma, podemos concluir que os modelos avaliados apresentam grande variação no número dos comandos, que se encontram, na maioria dos casos, dentro da zona de conforto para pulverizadores com maior nível tecnológico e em menor expressão em pulverizadores com menor nível tecnológico.

Palavras-chave: ergonomia, conforto, operador

 

Abstract: The operation of self-propelled sprayers requires considerable physical and mental efforts of operators. The correct layout of controls significantly increases operating efficiency. This study aimed to verify and compare the location of more as well as less frequently used operating commands in five brands of self-propelled sprayers, according to the ISO 15077 standards. The coordinates of the main operating commands were measured in relation to the Seat Index Point. The data revealed that the number of commands decreases with increasing technological level of the equipment. The models 4730 and Patriot 350 had 100% of frequent access commands controls within the Comfort Zone in both profiles, while the models Impactus 2750, Patriot 350 and Gladiator 3000, had commands located in Inaccessible Zone. Thus we can conclude that there is great variation in the models as to the number of commands, are located within the Comfort Zone in sprayer models with higher technological level and to a lesser extent in models of low technological level.

Key words: ergonomic, comfort, operator

 

1 Eng. Agrônomo Mestrando PPGEA UFSM, Santa Maria – RS, e-mail: andrcasali@yahoo.com.br
2 Academico de Agronomia UFSM, Santa Maria – RS, e-mail: silveira_farias@hotmail.com
3 Prof. Doutor Departamento Engenharia Rural, Santa Maria – RS, e-mail: josefernandoschlosser@gmail.com
4 Prof. Doutor Departamento Engenharia Rural, Santa Maria – RS, e-mail: leo.nabaes.romano@gmail.com
5 Eng. Agônomo Doutorando PPGEA UFSM, Santa Maria – RS, e-mail: d_uhry@hotmail.com

 

Literatura Citada

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Tratores agrícolas – Acomodação do assento do operador – Dimensões: NBR ISO 4253. Rio de Janeiro, 1999.

BERASATEGUI, M. R. El asiento en los tractores agrícolas. Madrid: Laboreo, 1997.

FONTANA, G.; SILVA, R. P.; LOPES, A.; FURLANI, C. E. A. Avaliação de características ergonômicas no posto do operador em colhedoras combinadas. Engenharia Agrícola, v.24, n.3, p. 684-694, 2004.

International Organization for Standardization. Tractors and machinery for agriculture and forestry - operator controls - Actuating forces, their displacement and location: ISO 15077-1996. Genève, 1996.

International Organization for Standardization. Earth - moving machinery - Seat Index Point: ISO 5353-1978. Genève, 1978.

International Organization for Standardization. Agricultural Tractors – Operator’s seating accommodation – Dimensions: ISO 4253-1993. Genève, 1993.

MINETTE, L. J.; SOUZA, A. P. de; SILVA, E. P. da; MEDEIROS, N. M. Postos de trabalho e perfil de operadores de máquinas de colheita florestal. Revista Ceres, v.55, n.1, p.66-73, 2008.

ROZIN, D. Conformidade do posto de operação de tratores agrícolas nacionais com Normas de ergonomia e segurança. 204p. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2004.

SIQUEIRA, C.A.A. Um estudo antropométrico de trabalhadores brasileiros. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ, p.53, 1976.