Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Fitorremediação de Solos Utilizando Crotalaria spectabilis para Remoção de Cádmio e Chumbo

DOI: http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v11n2p25-32

http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/index 

downloadpdf

Cleber A. Lindino1*, Ana P. Tomczak2, & Affonso C. Gonçalves Junior3

 

Resumo : A fitorremediação é uma importante técnica usada na descontaminação de solos e águas, sendo utilizada na remoção, contenção e redução de metais pesados e compostos orgânicos. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a eficiência de Crotalaria spectabilis na fitorremediação de solos contaminados com os metais pesados tóxicos Cd (cádmio) e Pb (chumbo). O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, sendo cinco doses com quatro repetições. Os tratamentos utilizados foram controle, nível de prevenção Cd 1,3 mg kg-1, nível de intervenção Cd 3,0 mg kg1, nível de prevenção Pb 72 mg kg-1 e nível de intervenção Pb 180 mg kg-1. As plantas foram mantidas em solo por 90 dias e a quantificação das concentrações dos metais Pb e Cd na biomassa seca foi realizada por  espectrometria de absorção atômica na modalidade “chama”. As plantas tiveram alta taxa de sobrevivência em solo contaminado com Cd e Pb com reduções no crescimento e na produção de  biomassa seca. As plantas submetidas aos tratamentos com chumbo apresentaram teor desse metal na parte aérea da planta. Para o metal Cd, não foram detectadas concentrações na biomassa seca.

Palavras-chave : fitoextração, metais pesados tóxicos, poluição.

 

Abstract : Phytoremediation is an important technique used in soil and water purification, especially in the removal, containment and reduction of heavy metals and organic compounds. This study aimed to evaluate the efficiency of Crotalaria spectabilis in phytoremediation of soils contaminated by the toxic heavy metals Cd (cadmium) and Pb (lead). The experiment design used was the completely randomized design, with five doses and four replications. The following treatments were used: control, prevention level Cd 1.3 mg kg-1, intervention level Cd 3.0 mg kg1, prevention level Pb 72 mg kg-1 and intervention level Pb 180 mg kg-1. The plants were kept in the soil for 90 days, and the quantification of Pb and Cd in dry biomass was made through atomic absorption spectrometry with the flame method. The plants presented high rate of survival in contaminated soil by Cd and Pb with reductions in growth and production of dry biomass. The plants subjected to treatments with lead presented contents of this metal in the aerial part of the plant. Concentrations of Cd were not detected in the dry biomass.

Key words : phytoextraction, pollution, toxic heavy metal.

 

1 Doutor em Ciências, Professor Associado da Unioeste, Centro de Engenharias e Ciências Exatas – Campus Toledo/PR. E-mail: cleberlindino@yahoo.com.br. *Autor para correspondência
2 Especialista em Gerenciamento de Laboratórios, Centro de Engenharias e Ciências Exatas – Campus Toledo/PR
3 Pós-Doutor em Ciências Ambientais, Professor Associado da UNIOESTE, Centro de Ciências Agrárias – Campus de Marechal Cândido Rondon/PR

 

Literatura Citada

ACCIOLY, A.M.A.; SIQUEIRA, J.O. Contaminação química e biorremediação do solo. In: NOVAIS, R.F.; ALVAREZ V., V.H.; SCHAEFER, C.E.G.R. Tópicos em ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. p.299-352.

ANDRADE, J.C.M.; TAVARES, S.R.L.; MAHLER, C. F. Fitorremediação: o uso de plantas na melhoria da qualidade ambiental. São Paulo: Oficina de textos, 2007. 176 p.

ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS – AOAC. Official Methods of analysis. 18. ed., Gaithersburg, MD, USA: AOAC International, 2005.

CALEGARI, A. Leguminosas para adubação verde de verão no Paraná. Circular 80, Londrina: IAPAR, 1995. 118p.

CALEGARI, A.; ALCÂNTARA, P.B.; MIYASAKA, S.; AMADO, T.J.C. Caracterização das principais espécies de adubo verde. In: COSTA, M.B.B. Adubação verde no sul do Brasil. Rio de Janeiro: AS-PTA, 1992. p. 209-327.

COMPANHIA DE TECNOLOGIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL – CETESB. Valores orientadores para solos e águas subterrâneas no Estado de São Paulo. São Paulo, 2005.

COSTA, M.C.R.; DAMILANO, C.R.; VASCONCELLOS, A.; COSTA, R.C. Diagnóstico ambiental de área industrial contaminada por metais pesados. Revista Biociências, v.14, p. 5161, 2008.

COUTINHO, H.D.; BARBOSA, A.R. Fitorremediação: Considerações Gerais e Características de Utilização. Silva Lusitana, v.15, n. 1, p. 103-117, 2007.

GABOS, M.B. Lixiviação e absorção de chumbo pelo feijão-de-porco assistido pela aplicação de EDTA no solo. 2008, 52p. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Agroambientais) - Instituto Agronômico, Campinas, 2008.

GARBISU, C.; ALKORTA, I. Phytoextraction: a cost effective plant-based technology for the removal of metals from the environment. Bioresource Technology, v. 77, p. 229-236, 2000.

GBC SCIENTIFIC EQUIPAMENT. Flame methods manual for atomic absorption by GBC Scientific Equipament. Victoria, 1998.

GOMES, M.R.; ROGERO, M.M.; TIRAPEGUI, J. Considerações sobre cromo, insulina e exercício físico. Rev. Bras. Med. Esporte, v.11, n.5, p. 262-266, 2005.

GONÇALVES JUNIOR, A.C.; LUCHESE, E.B.; LENZI, E. Avaliação da fitodisponibilidade de cádmio, chumbo e crômio em soja cultivada em latossolo vermelho escuro tratado com fertilizantes comerciais. Química Nova, v.23, p. 173-177, 2000.

GONÇALVES Jr., A.C.; LINDINO, C.A.; ROSA, M.F.; BARICCATTI, R.; GOMES, G.D. Remoção de metais pesados tóxicos cádmio, chumbo e cromo em biofertilizante suíno utilizando macrófita aquática (Eichornia crassipes) como bioindicador. Acta Scientiarum. Technology, v.30, p.9-14, 2008.

GONÇALVES Jr., A.C.; NACKE, H.; SCHWANTES, D.; NAVA, I. ; STREY, L. Phytoavailability of toxic heavy metals and productivity in wheat cultivated under residual effect of fertilization in soybean culture. Water, Air and Soil Pollution, v.216, p.712-723, 2011.

GONÇALVES Jr., A.C. ; SELZLEIN, C.; NACKE, H. Uso de biomassa seca de aguapé (Eichornia crassipes) visando a remoção de metais pesados de soluções contaminadas. Acta Scientiarum. Technology, v.31, p.103-108, 2009.

GRATÃO, P.L.; PRASAD, M.N.V.; CARDOSO, P.F.; LEAD, P.J.; AZEVEDO, R.A.A. Phytoremediation: green technology for the cleanup of toxic metals in the environment. Brazilian Journal Plant Physiology, v.17, p.53-64, 2005.

GUERINOT, M.L. The ZIP family of metals transporters. Biochimica et Biophysica Acta, v. 1465, p. 190-198, 2000.

JOHNSON, A.E.; MOLYNEUX, R.J.; MERRIL, G.B. Chemistry of toxic range plants: Variation in pyrrolizidine alkaloid content of Senecio, Amsinckia and Crotalaria species. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v.33, p. 50-55, 1985.

KABATA-PENDIAS, A. & PENDIAS, H. Trace elements in soil and plants. Boca Raton: CRC Press, 1992. 365p.

LASAT, M.M. Phytoextraction of toxic metals: A review of biological mechanisms. Journal of Environmental Quality, v.31, p.109-120, 2002.

LASAT, M.M.; PENCE, N.S.; GARVIN, D.F.; EBBS, S.D.; KOCHIAN, L.V. Molecular physiology of zinc transport in the Zn hyperaccumulator Thlaspi caerulescens. Journal of Experimental Botany, v. 51,p.71-79, 2000.

MARQUES, L.F. Fitoextração de chumbo por girassol, vetiver, trigo mourisco, jureminha e mamona em áreas contaminadas. 2009. 48p. Dissertação (Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba), João Pessoa, 2009.

MONDIN, M. Estudo da evolução cariotípica do gênero Crotalaria L. (Leguminosae – Papilionoideae) com emprego de técnicas de bandamento cromossômico e hibridação in situ fluorescente (FISH). 2003, 115p. Tese (Escola Superior de Agricultura Luiz Queiroz), Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003.

NEAL, W.M.; RUSOFF, L.L.; AHMANN, C.F. The isolation and some properties of an alkaloid from Crotalaria spectabilis roth. Journal of American Chemical Society, v.57, p.2560-2561, 1935.

PENTEADO, S.R. Adubação verde e produção de biomassa: Melhoria e recuperação dos solos. Campinas: Livros Via Orgânica, 2007. 174p.

ROCHA; J.C.; ROSA, A.H.; CARDOSO, A.A. Introdução à química ambiental. Bookman, 2004. 154p.

SILVEIRA, P.M.; RAVA, C.A. Utilização de Crotalária no controle de Nematóides da raiz de feijoeiro. Santo Antonio de Goiás: Embrapa Arroz e Feijão, 2004.

STOHS, S.J.; BAGCHI, D. Oxidative mechanisms in the toxicity of metal ions. Free Radical Biology and Medicine, v. 18, p. 321-336, 1995.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. 4.ed. Artmed, 2009. 848p.

TÜZEN, M. Determination of heavy metals in fish samples of the middle Black Sea (Turkey) by graphite furnace atomic absorption spectrometry. Food Chemistry, v.80, p.119-123, 2003.

URBANO, M.R.D.; VITALLE, M.S.S.; JULIANO, Y.; AMANCIO, O.M.S. Ferro, Cobre e Zinco em adolescentes no estirão pubertário. J. Pediatr., v.78, n.4, p.327-334, 2002.

VECCHIA, F.D.; LA ROCCA, N.; MORO, I.; DE FAVERI, S.; ANDREOLI, C.; RASCIO, N. Morphogenetic ultrastructural and physiological damages suffered by submerged leaves of Elodea canadensis exposed to cadmium. Plant Science, v.168, p.329-338, 2005.