Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Conformidade de Manômetros Utilizados em Pulverizadores Agrícolas1

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v20n03a06

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Marçal E. Dornelles2, José F. Schlosser3, André L. Casali4, Dirceu Noller5 & Marcelo S. de Farias6

 

Resumo: Os manômetros são indispensáveis para a calibração de pulverizadores para atender à necessidade de pressão conforme o modelo de ponta de pulverização, volume de calda e defensivo agrícola. O objetivo desse trabalho foi realizar a avaliação destes equipamentos, sendo considerados cinco variáveis: estado de funcionamento; diâmetro externo; aferição da precisão; nível de glicerina no manômetro e tempo de uso do pulverizador. Foram inspecionados 36 pulverizadores por meio de visitas aleatórias a propriedades agrícolas. Os resultados mostraram tempo de uso médio dos pulverizadores em 16 anos, 8% estavam sem manômetros e mais de 30% com manômetros danificados. Entre os manômetros em funcionamento (61,1%), 31% apresentaram pressão atendendo ao erro tolerável (± 10%). Assim, dos 36 pulverizadores, apenas sete (19,4%) estavam com manômetros adequados.

Palavras-chave: máquinas agrícolas, pressão, tecnologia de aplicação

 

Abstract: The manometers are important to calibrate agricultural sprayers in order to supply hydraulic pressure required by the kind of spraying nozzles, solution volume and agrochemical used. This study was done to evaluate these devices using five parameters: Operational conditions, external diameter, pressure accuracy, glycerin level in manometers and duration of use on sprayers. Thirty six sprayers were eavluated on-farm through random on-site visits. The results showed mean duration of 16 years of use of sprayers, 8% were without manometers, and more than 30 % had damaged manometers. Among the manometers in good operational conditions (61.1 %), only 31 % had good pressure accuracy (± 10 %). Thus, only seven (19.4%) sprayers equipped with manometers were fit for use.

Key words: agricultural machines, pressure, spraying

 

1 Extraído da Dissertação de Mestrado do primeiro autor
2 Eng. Agrônomo, Doutorando, PPGEA - UFSM, Santa Maria – RS, dornellesagro@gmail.com
3 Eng. Agrônomo, Dr., Prof. Titular do Departamento de Engenharia Rural UFSM, Santa Maria – RS
4 Eng. Agrônomo, Doutorando, PPGEA-UFSM Santa Maria - RS
5 Eng. Agrônomo , Mestrando, PPGEA-UFSM , Santa Maria - RS
6 Eng. Agrônomo, Mestrando, PPGEA-UFSM , Santa Maria - RS

 

Literatura Citada

ANTUNIASSI, U.R.; GANDOLFO, M. A. Velhos e sem manutenção. Cultivar Máquinas, Pelotas, v.2, n.14, p.25-27, 2002.

BORGES, I.O.; MACIEL, A.J.S.; MILAN, M. Programa computacional para o dimensionamento de colhedoras considerando a pontualidade na colheita de soja. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.26, n.1, p.131-141, jan/abr. 2006.

BORGHI, E BORGHI, E.; SCHREINER, R.C.; RAMOS, H.H.; PECHE FILHO, A.; YANAI, K. Qualidade de pulverizadores utilizados em pequenas propriedades. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.23, n.1, p.113-121, jan/abr. 2003.

CUNHA, J.P.A.R. da; RUAS, R.A.A. Uniformidade de distribuição volumétrica de pontas de pulverização de jato plano duplo com indução de ar. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v.36, n.1, p.61-66, jan/abr. 2006.

CUNHA, J.P.A.R. da. Simulação da deriva de agrotóxicos em diferentes condições de pulverização. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.32, n.5, p.1616-1621, set/out. 2008.

DORNELLES, M.E.; SCHLOSSER, J.F.; CASALI; A.L.; BRONDANI; L.B. Inspeção técnica de pulverizadores agrícolas: histórico e importância. Ciência Rural, Santa Maria, v.39, n.5, p.1600-1605, set/out. 2009.

FARIA, N.M.X.; FACCHINI, L.A.; FASSA, A.G.; TOMASI, E. Trabalho rural, exposição a poeiras e sintomas respiratórios entre agricultores. Revista Saúde Pública, São Paulo, v.40, n.5, p.827-836, 2006. doi

FEE – Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul. Corede central. Porto Alegre, 2010. <http://www.fee.tche.br/sitefee/pt/content/resumo/pg_coredes_detalhe.php?corede=>. Acesso em: 3 jan. 2010.

GANDOLFO, M.A. Inspeção periódica de pulverizados agrícolas. 92f. Tese (Doutorado em Energia na Agricultura). Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2001.

GARCIA, E.; ALVES FILHO, J. P. Aspectos de prevenção e controle de acidentes no trabalho com agrotóxicos. São Paulo: FUNDACENTRO, 2005. 53p. (Boletim técnico).

GOOSSENS, E.; WINDEY, S.; SONCK, B. Information service and voluntary testing of spray guns and other types of sprayers in horticulture. New Jersey. Aspects of Applied Biology, Londres, v.71, n.1, p.1-8, 2004.

GRACIA, C.; VAL, L. Informe final de actividades y resultados correspondientes al desarrolo del proyecto: Revisión de equipos de pulverización empleados em explotaciones que practican producción integrada. Universidad Politecnica de Valencia, 2001. 20p. (Boletim técnico).

HOEK, W., COLE, D.C., HUTCHINSON, G., DAISLEY, H., SINGH, S.; EDDLESTON, M. Reducing acute poisoning in developing countries – options for restricting the availability of pesticides. Toxicology, Reston, v.192, n.2, p.249-261, 2003.

MÁRQUEZ, L. Procedimiento normalizado para la auditoría de seguridad em los equipos de pulverización. Agrotécnica, Madrid, v.3, n.1, p.28-34, mar., 2001.

RECENA, M.C.P.; CALDAS, E.D. Percepção de risco, atitudes e práticas no uso de agrotóxicos entre agricultores de Culturama, MS. Revista Saúde Pública, São Paulo, v.42, n.2, p.294-301, 2008. doi

REICHARD, D.L.; OZKAN, H.E.; FOX, R.D. Nozzle wear rates and test procedure. Transactions of ASAE, Saint Joseph, v.34, n.6, p.2309-2316, nov/dez. 1991.

SILVEIRA, J.C.M.; FILHO, A.G.; PEREIRA, J.O.; SILVA, S. DE L.; MODOLO, A.J. Avaliação qualitativa de pulverizadores da região de Cascavel, Estado do Paraná. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v.28, n.4, p.569-573, 2006.