Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Produção de Biogás e Biofertilizante a Partir da Biodigestão da Torta de Mamona com Adição Dejetos de Animais

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v20n06a01

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Elton E. N. Alves1, Cecília de F. Souza2 & Keles R. A. Inoue3

 

Resumo: Objetivou-se, com essa pesquisa, quantificar a produção de biogás e caracterizar os biofertilizantes oriundos da digestão anaeróbia da torta de mamona com adição de dejetos de animais. Os biodigestores foram do tipo bancada, operando em batelada, contendo 2 L de substrato. Os três tratamentos foram: torta de mamona e água (T1); torta com adição de dejeto bovino e água (T2); e torta com adição de dejeto suíno e água (T3), com 9 dag kg-1 de ST e com três repetições cada. A quantidade de dejeto utilizada correspondeu a 15% da massa de ST do substrato. A maior produção de biogás foi observada no T2 (2,03 L), sendo semelhante em T1 e T3 (P>0,05). O biofertilizante do T1 apresentou maior concentração de nitrogênio (6,13 g L-1). O teor de fósforo foi maior no T3 (867,80 mg L-1) e os valores de pH, potássio e sódio foram estatisticamente semelhantes nos três tratamentos. Os potenciais de produção de biogás foram maiores em T2. Concluiu-se que a torta de mamona é um bom substrato para a produção de biogás e de biofertilizante com qualidades químicas satisfatórias, sendo observado aumento de produção deste gás, quando associada com dejetos bovinos.

Palavras-chave: digestão anaeróbia, Ricinus communis, tratamento de resíduos

 

Abstract: The objective of this research was to quantify the production of biogas, characterize the biofertilizer, resulting from anaerobic digestion of castor bean cake, with and without manure. Bench digesters were operated in batch, containing 2 L of substrate. The three treatments were: castor bean cake with addition of bovine manure and water (T2), castor bean cake with the addition of swine manure and water (T3), with 9 dag kg-1 and ST with three replications. The amount of slurry applied corresponded to 15% of weight of ST substrate. The highest biogas production was observed in T2 (2.03 L), being similar in T1 and T3 (P> 0.05). The biofertilizer T1 showed the highest concentration of Nitrogen (6.13 g L-1). The phosphorus content was greater in T3 (867.80 mg L-1) and pH values, potassium and sodium were similar for all three treatments. The potential of biogas production were higher in T2. It was concluded that the castor bean is a good substrate for the production of biogas and biofertilizer with satisfactory chemical qualities, being observed increase production of this gas when associated with cattle manure.

Key words: anaerobic digestion, Ricinus communis, waste treatment

 

1 Graduando em Agronomia, Bolsista PIBIC/CNPq, UFV, Viçosa – MG, elton.alves@ufv.br
2 Engª Agrícola, D.S., Profa do Depto. Eng. Agrícola, UFV, Viçosa – MG, cfsouza@ufv.br
3 Engª Agrª, M.S., Doutoranda em Eng. Agrícola, Depto. Eng. Agrícola, UFV – MG, kelesregina@hotmail.com

 

Literatura Citada

APHA – AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION – Standard methods for the examination of water and wastewater. New York: APHA, WWA, WPCR. 21ª ed. 2005.

AMARAL, C.M.C.; AMARAL, L.A.; LUCAS JUNIOR, J.; NASCIMENTO, A.A.; FERREIRA, D.S. ; MACHADO, M.R.F. Digestão anaeróbia de dejetos de bovinos leiteiros submetidos a diferentes tempos de retenção hidráulica. Ciência Rural, Santa Maria, v.34, n.6, p.1897-1902, nov-dez, 2004.

BATISTA, L.F. Manual Técnico, Construção e Operação de Biodigestores. Brasília, EMBRATER, 1980. 54p. (Manuais, 24).

BELTRÃO, N.E.M.; CARDOSO, G.D.; SEVERINO, L.S. ; PEREIRA, J.R. ; GONDIM, T.M.S. ; CARTAXO, W.V. Biodiesel do óleo da mamona e a produção de fitomassa: considerações gerais e singularidades. Campina Grande: Embrapa, 2004.

CAETANO, L. Proposição de um sistema nmodificado para quantificação de biogás. Botucatu: UNESP, 1985. 75p. (Dissertação de mestrado).

COSTA, F.X.; SEVERINO, L.S. BELTRÃO, N.E.M.; FREIRE, R.M.M.; LUCENA, A.M.A.; GUIMARÃES, M.M.B. Avaliação de teores químicos na torta de mamona. Rev. de Biologia e Ciência da Terra, V. 4 – n.2, 2º sem., 2004. 7p.

INOUE, K.R.A.; SOUZA, C.F.; MATOS, A.T.; GUIMARAES, M.C.C.; TINOCO, I.F.F.; ALVES, E.E.N. Tratamento anaeróbico de efluentes de fecularia de mandioca para produção de biogás. In: VI Congresso Internacional de Ingenieria Agricola, 2010, Anais… Chillán, Chile. Investigación, innovación y desarrollo para una agricultura sustentable, 2010.

KOURI, J.; SANTOS, R.F.; BARROS, M.A.L. Cultivo da Mamona. Disponível em: <http://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Mamona/CultivodaMamona_2ed/ importancia.html#tab1> Acesso em: 12/12/2012.

LIMA, R.L.S.; SEVERINO, L.S.; ALBUQUERQUE, R.C.; BELTRÃO, N.E.M. Avaliação da casca e da torta de mamona como fertilizante orgânico, 2006. Disponível em: <http://www.cnpa.embrapa.br/produtos/mamona/publicacoes/trabalhos_cbm2/018.pdf> Acesso em: 12/12/2012.

LUCAS JUNIOR, J.; SANTOS, T.M.B. .Aproveitamento de resíduos da indústria avícola para produção de biogás. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE RESÍDUOS DA PRODUÇÃO AVÍCOLA: Alternativas de Aproveitamento e Qualidade Ambiental, 2000, Concórdia. SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE RESÍDUOS DA PRODUÇÃO AVÍCOLA: Alternativas de Aproveitamento e Qualidade Ambiental. Concórdia: CNPSA-EMBRAPA, 2000. p.27-43.

MACIEL, C.D.G. Manejo na cultura da mamona em sistema de semeadura direta. Revista Plantio Direto, Passo Fundo, v.95, p.38-44, 2006.

NAMIUCHI, N.N. Biodigestão anaeróbia e características da cama de frangos obtida sob diferentes quantidades iniciais de casca de arroz e três tipos de cobertura de galpões em Dourados. 2002. 112f. Tese (Doutorado em Agronomia – Área de concentração Energia na Agricultura), Universidade Estadual Paulista – UNESP, Botucatu-SP, 2002.

NOGUEIRA, L.A.H. Biodigestão, a alternativa energética. Livro São Paulo: Nobel, 1992. 93p.

OLIVER, A. de P.M.; SOUZA NETO, A. de A.; QUADROS, D.G. de, VALLADADRES, R.E. Manual de Treinamento em Biodigestão. Salvador – BA: Instituto Winrock – Brasil, 2008. 23p.

Programa MINITAB® V.15.1.20.0. USA, 2007.

SEVERINO, L.S.; COSTA, F.X. BELTRÃO, N.E.M.; LUCENA, A.M.A.; GUIMARÃES, M.M.B. Mineralização da torta de mamona, esterco bovino e bagaço de cana estimada pela respiração microbiana. Revista de Biologia e Ciências da Terra, Brasil, v.5, n.1, p.01-06, 2004.

SEVERINO, L.S.; MORAES, C.R.A.; GONDIM.T.M.S.; CARDOSO, G.D.; SANTOS, J.W. Fatores de conversão do peso de cachos e frutos para peso de sementes de mamona. Campina Grande: Embrapa Algodão, 2005. 15p. (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 56).

VILLELA JUNIOR, L.V.E.; ARAÚJO, J.A.C.; BARBOSA, J.C.; PEREZ, L.R.B. Substrato e solução nutritiva desenvolvidos a partir de efluente de biodigestor para cultivo do meloeiro. R. Bras. Eng. Agríc. Ambiental, v.11, n.2, p.152-158, 2007.

XAVIER, C. de A.N. & LUCAS JUNIOR, J. Parâmetros de dimensionamento para biodigestores batelada operados com dejetos de vacas leiteiras com e sem uso de inóculo. Eng. Agríc., v.30, n.2, p.212-223, 2010. doi

ZUCHI, J.; BEVILAQUA, G.P.; GALHO, A.; MARQUES, R.L.; SILVA, S.D. dos A. Efeito da torta de mamona sobre os componentes de rendimento de triticale. In: V Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2007. Anais... V CBA - Manejo de Agroecossistemas sustentáveis. v.02. p.1075-1078, 2007.