Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Desempenho do Irrigâmetro e de Métodos de Estimativa da Evapotranspiração de Referência para o Município de Guanambi-BA

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v20n06a07

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Cristiano Tagliaferre1, Izaulto J. Santos Neto2, Carlos E. Cotrim3, Felizardo A. Rocha4 & Lucas C. Santos5

 

Resumo: Neste trabalho objetivou-se avaliar o desempenho do Irrigâmetro e de métodos de estimativa da evapotranspiração de referência, tendo como base o método de Penman-Monteith – FAO 56. Para estimativa da ET0 por meio dos métodos empíricos foram obtidos dados climáticos de uma estação meteorológica automática instalada no Campus do Instituto Federal da Bahia, localizado no município de Guanambi – BA. Para estimar a ET0 através do Irrigâmetro, foram usados seis equipamentos, com níveis de água dentro do evaporatório iguais a 3 e 4 cm, no qual foram feitas leituras diárias da lâmina de água evaporada. Para comparar os valores de ET0 medidos no Irrigâmetro com os estimados pelas equações empíricas, com os do método padrão Penman-Monteith – FAO 56 foram considerados os parâmetros da equação de regressão (a e b), o coeficiente de determinação (r²), a estimativa do erro padrão (EEP), o índice de concordância (d) e o índice de confiança ou desempenho (c). Os melhores métodos para a estimativa da evapotranspiração de referência foram: Radiação – FAO 24, Penmam modificado – FAO 24 e Irrigâmetro operando com nível de água igual a 3 cm.

Palavras-chave: manejo de irrigação, métodos empíricos, irrigâmetro

 

Abstract: The objective of this work was to evaluate the performance of the Irrigameter and methods to estimate the evapotranspiration of reference, with the method of Penman-Monteith - FAO 56. To the estimate of the ET0 by empirical methods it was obtained climatic data of an automatic meteorological station installed in the Campus of the Federal Institute of Bahia, located in the city of Guanambi - BA. To estimate the ET0 through Irrigameter, it was used six equipments with levels of water within the evaporation pot equal to 3 and 4 cm, which took place in the daily readings of evaporated lamina water. To compare the values of ET0 measured in Irrigameter with those estimated by empirical equations with the standard method Penman-Monteith (FAO56) it was considered the parameters of the regression equation (a and b), the determination coefficient (r²), the estimative of standard error (EEP), the index of agreement (d), index of confidence or performance (c). The best methods to estimate evapotranspiration of reference were: Radiation - FAO 24, Modified Penman - FAO 24 and Irrigameter operating with equal water level to 3 cm.

Key words: empirical methods, management of irrigation, irrigameter

 

1 Eng. Agrônomo, Prof. Titular, Dep. de Engenharia Agrícola, UESB, Vitória da Conquista - BA, tagliaferre@yahoo.com.br
2 Eng. Agrônomo, Mestrando em fitotecnia – UESB, Vitória da Conquista – BA. netopma10@gmail.com
3 Eng. Agrícola, Prof. Doutor, Instituto Federal da Bahia, Guanambi - BA. c cotrim@hotmail.com
4 Eng. Agrícola, Prof. Doutor do Instituto Federal da Bahia, Vitória da Conquista-BA. felizardoar@yahoo.com.br
5 Eng. Agrônomo, Mestrando em Irrigação e Drenagem – UNESP, Botucatu-SP. lucas.cs21@gmail.com

 

Literatura Citada

ALLEN, R.G. A Penman for all seasons. Journal of Irrigation and Drainage Engineering, New York, v.112, n.4, p.348-386, 1986. doi

ALLEN, R.G.; PEREIRA, L.S.; RAES, D.; SMITH, M. Guidelines for computing crop water requeriments. Rome: FAO, 1998. 310p. (Irrigation and drainage Paper, 56).

ALLEN, R.G. REF-ET: reference evapotranspiration calculator, Version 2.1. Idaho: Idaho University, 2000. 82p.

ARAÚJO, W.F.; COSTA, A.A.; SANTOS, A.E. dos. Comparação entre métodos de estimativas da evapotranspiração de referência (ET0) para Boa Vista-RR. Revista Caatinga, Mossoró, v.20, n.4, p.84-88, 2007.

CAMARGO, A.P.; SENTELHA, P.C. Avaliação do desempenho de diferentes métodos de estimativa da evapotranspiração potencial no estado de São Paulo. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, v.5, n.1. p.89-97, 1977.

CONCEIÇÃO, M.A.F.; MANDELLI, F. Comparação entre métodos de estimativa da evapotranspiração de referência em Bento Gonçalves, RS. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Campinas, v.13, n.2, p.303-307, 2005.

DOORENBOS, J.; PRUITT, J.O. Crop water requirement. Rome: FAO, 1977. 144p. Irrigation and Drainage Paper 24.

HARGREAVES, G.H.; SAMANI, Z.A. Reference crop evapotranspiration from temperature. Applied Engineering Agriculture, v.1, n.2, p.96-99, 1985.

JENSEN, M.E.; BURMAN, R.D.; ALLEN, R .G. Evapotranspiration and irrigation water requirements. New York: ASCE, 1990. 332p.

LEY, T.W.; HILL, R.W.; JENSEN, D.T. Errors in Penman-Wright alfalfa reference evapotranspiration estimates: I. Model sensitivity analyses. Transaction of ASAE, v.37, n.6, p.1853-1861, 1994a.

LEY, T.W.; HILL, R.W.; JENSEN, D.T. Errors in Penman-Wright alfalfa reference evapotranspiration estimates: II. Effects of weather sensor measurement variability. Transaction of ASAE, v.37, n.6, p.1863-1870, 1994b.

LIMA F.S. Situação Econômica do Município de Guanambi – Ba. Portal do Geógrafo, 2005. Disponivel em:<http://www.portaldogeografo.hpg.com.br/artigos/gbieconomia.htm?#>. Acesso em: 10 de outubro de 2010.

OLIVEIRA, R.A. de; TAGLIAFERRE, C. Irrigâmetro: nova tecnologia para manejo da água de irrigação. In: BARBOSA, T.C.; TANIGUCHI, G.C.; PENTEADO, D.C.S.; SILVA, D.J.H. da. Ambiente protegido: Olericultura, citricultura e floricultura. Viçosa: UFV, 2006, p.39-64.

OLIVEIRA, R.A.; TAGLIAFERRE, C.; SEDIYAMA, G.C.; MATERAN, F.J.V.; CECON, P.R. Desempenho do irrigâmetro na estimativa da evapotranspiração de referência. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.12, n.2, p.166-173, 2008.

REIS, E.F. dos; BRAGANÇA, R.; GARCIA, G. de O.; PEZZOPANE, J.E.M.; TAGLIAFERRE, C. Estudo comparativo da estimativa da evapotranspiração de referência para três localidades do estado do Espírito Santo no período seco. Revista Idesia, Chile, v.25, n.3, p.75-84, 2007.

SILVA, V.P.R.; DANTAS, R.T.; CAMPOS, J.H.B.C.; GUEDES, M.J.F. Estimativa da evapotranspiração de referência pelos métodos de Penman-Monteith - FAO/56, Hargreaves e Tanque Classe A em períodos diários mensais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 12 E REUNIÃO LATINO-AMERICANA DE AGROMETEOROLOGIA, 3, Fortaleza. Anais... Fortaleza: SBA, 2001.

SILVA, J.P.; TAGLIAFERRE, C.; SANTOS, L.C.; CABACINHA, C.D.; CASTRO, L.G. FERNANDES, J.C.B.; COSTA, H.A. Desempenho de métodos da estimativa da evapotranspiração de referência para o município de Vitória da Conquista - BA. In: CONGRESSO NACIONAL DE IRRIGAÇÃO E DRENAGEM, 18, 2008, São Mateus - ES. Anais... São Mateus-ES, 2008.

SMITH, M. Report on the expert consultation on revision of crop water requirements. Rome: FAO, 1991. 45p.

SOUZA, M. do S.M. de; BEZERRA, F.M.L.; VIANA, T.V. de A.; TEÓFILO, E.M.; CAVALCANTE, I.H.L. Evapotranspiração do Maracujá nas condições do Vale do Curu. Revista Caatinga, Mossoró, v.22, n.2, p.11-16, 2009.

TAGLIAFERRE, C.; OLIVEIRA, R.A. de; SEDIYAMA, G.C.; CECON, P.R.; DENICULI, W.; MARTINEZ, M.A.; MATERAN, F.J.V. Estimativa da evapotranspiração de referência usando minievaporímetro operando com irrigâmetro modificado. Revista Engenharia na Agricultura, Viçosa, v.14, n.3, p.212-223, 2006.

TAGLIAFERRE, C.; SILVA, R.A. de J.; ROCHA, F.A.; SANTOS, L. da C.; SILVA, C. dos S. Estudo comparativo de diferentes metodologias para determinação da evapotranspiração de referência em Eunápolis-BA. Revista Caatinga, Mossoró, v.23, n.1, p.103-111, 2010.

WILLMOTT, C.J.; CKLESON, S.G.; DAVIS, R.E. Statistics for evaluation and comparisons of models. Journal of Geophysical Research, Ottawa, v.90, n. C5. p.8995-9005, 1985. doi