Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Propriedades Físicas de Sementes de Feijão em Função de Teores de Água

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v21n01a01

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Flívia F. de Jesus1, Raniele T. G. de Souza2, Gisele C. da S. Teixeira3, Itamar R. Teixeira4 & Ivano A. Devilla5

 

Resumo: Como as características físicas dos produtos são alteradas pelo processo de secagem, é indispensável o estudo das propriedades físicas dos produtos agrícolas durante este processo, pois tais alterações podem influenciar no dimensionamento de equipamentos e sistemas para colheita, manuseio, transporte, secagem, beneficiamento e armazenamento. Dessa forma, este trabalho objetivou determinar as propriedades físicas de sementes provenientes de cultivares de feijão-comum lançadas recentemente, submetidas a diferentes teores de água. Empregou-se o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos de semente provenientes de duas cultivares de feijão (Valente e Pontal), submetidas a cinco teores de água (10, 12, 14, 16 e 18 % b.u.). Conclui-se que as medidas dos eixos ortogonais das sementes (“a”, “b” e “c”) pertencentes às cultivares de feijão Valente e Pontal, os valores de área projetada e diâmetro geométrico foram influenciadas diretamente pelos teores de água, diminuindo seus valores com o decréscimo do teor de água. Já os valores da esfericidade e da circularidade comportaram de maneira distinta, com aumento destas propriedades para sementes da cultivar Valente e decréscimo para a cultivar Pontal, em função da diminuição do teor de água de 18 para 10% (b.u.). Os valores de massa específica aparente e massa específica real das sementes de feijão foram inversamente proporcionais aos teores de água, ou seja, aumentaram seus valores com a redução do teor de água.

Palavras-chave: Phaseolus vulgaris, porosidade, massa especifica, classificação de sementes

 

Abstract: Once the physical characteristics of the products are modified by drying, it is essential the study of the physical properties of agricultural products during this process, because such changes can influence the sizing of equipment and systems for harvesting, handling, transportation, drying, processing and storage. Thus, this study aimed to determine the seeds physical properties from two cultivars of common bean (Valente and Pontal) for different water contents (10, 12, 14, 16 and 18% water content). It was used completely randomized design, factorial scheme 2 x 5, with four replications. It was concluded that the measurements of orthogonal axes of seeds (“a”, “b” and “c”) belonging to the common bean cultivars Valente and Pontal, the values of projected area and geometric diameter were directly influenced by water content, decreasing the values with decreasing water content. However values of sphericity and circularity have different proceeding, increasing these proprieties for the cultivar seed Valente and decreasing for Pontal, due to the decrease of water content from 18 to 10% (b.u.) .The values of bulk density and real density of common bean seeds were inversely proportional to the water content or in other words increasing their values with the reduction of water content.

Key words: Phaseolus vulgaris, porosity, bulk density, classification of seeds

 

1 Engenheiro Agrônomo, Mestranda em Engenharia Agrícola, UEG/UnUCET, Anápolis-GO, fliviafdejesus@gmail.com
2 Engenheiro Agrônomo, Mestrando em Engenharia Agrícola, UEG/UnUCET, Anápolis-GO, raniele.souza1@gmail.com
3 Engenheiro Agrônomo, Doutoranda em Água e Solos, UFG. Goiânia-GO, email: gisele.agronomia@hotmail.com
4 Engenheiro Agrônomo, Professor Adjunto do Curso de Engenharia da UEG/UnUCET, Anápolis-GO, itamar.texeira@ueg.br
5 Engenheiro Agrícola, Professor Adjunto do Curso de Engenharia da UEG/UnUCET, Anápolis-GO, devilla@ueg.br

 

Literatura Citada

BOTELHO, F.J.E.; GUIMARÃES, R.M.; OLIVEIRA, J.A.; EVANGELISTA, J.R.E.; ELOI, T.A.; BALIZA, D.P. Desempenho fisiológico de sementes de feijão colhidas em diferentes períodos do desenvolvimento. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.34, n.4, p.900-907, 2010.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: MAPA/ACS, 2009. 395p.

CARLESSO, V.O.; BEBERT, P.A.; SILVA, R.F.; MOLINA, M.B.; OLIVEIRA, M.T.R. Massa específica aparente de sementes de mamão Carica Papaya L. do cultivar Golden em função do teor de água. Papaya Brasil – II Simpósio do Papaya Brasileiro, Anais...Vitória, p.256-259, 2005.

CARVALHO, N.M.; NACAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: FUNEP, 2000. 588p.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO (CONAB). Acompanhamento da safra brasileira: grão: safra 2011/2012, sexto levantamento, março 2011. Disponível em: <http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/12_01_10_10_54_22_boletim_cafe_1a_estimativa.pdf>. Acesso em: 15 mar. 2012.

CORRÊA, P.C.; AFONSO JÚNIOR, P.C.; QUEIROZ, D.M.; SAMPAIO, C.P.; CARDOSO, J.B. Variações das dimensões características e da forma dos frutos de café durante o processo de secagem. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.6, n.3, p.466-470, 2002.

CORRÊA, P.C.; RIBEIRO, D.M. RESENDE, O.; BOTELHO, F.M. Determinação e modelagem das propriedades físicas e da contração volumétrica do trigo, durante a secagem. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.10, n.3, p.665–670, 2006.

COUTO, S. M; MAGALHÃES, A. C.; QUEIROZ, D. M; BASTOS, I. T.; Massa específica aparente e real e porosidade de grãos de café em função do teor de umidade. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.3, n.1, p.61-68, 1999.

FERNANDES, G.M.B.; SILVEIRA FILHO, B.F. Armazenamento de sementes de feijão na pequena propriedade. Rio de Janeiro: PESAGRO, 2001. 5p.

GONELI, A.L.D.; CORRÊA, P.C.; MAGALHÃES, F.E.A.; BAPTESTINI, F.M. Contração volumétrica e forma dos frutos de mamona durante a secagem. Acta Scientiarum – Agronomia, Maringá, v.33, n.1, p.1-8, 2011.

KHRAISHEH, M.A.M.; MCMINN, W.A.M.; MAGEE, T.R.A. Quality and structural changes in starchy foods during microwave and convective drying. Food Research International, London, v.34, n.5, p.497-503, 2004. doi

KOÇ, B.; EREN, I.; ERTEKIN, F.K. Modelling bulk density, porosity and shrinkage of quince during drying: The effect of drying method. Journal of Food Engineering, Amsterdam, v.85, n.3, p.340-349, 2008. doi

MOHSENIN, N.N. Physical properties of plant and animal materials. New York: Gordon and Breach science publishers Inc., 1986. 734p.

MOTOMCO. Produtos: acessórios – kit para balança. 2012. Disponível em: http://www.motomco.com.br/2012/equipamentos.php?section=7&equipment=KitBalanca . Acesso em: 05 nov. 2012.

NELSON, S.O. Moisture-dependent kernel- and bulk-density relationships for wheat and corn. Transações da ASAE, v.23, n.1, p.139-143, 1980.

RAZAVI, S.M.A.; EMADZADEH, B.; RAFE, A.; AMINI, A.M. The physical properties of pistachio nut and kernel as a function of moisture content and variety: Part I. Geometrical properties. Journal of Food Engineering, v.81, n.1, p.209-217, 2007a. doi

RAZAVI, S.M.A.; RAFE, A.; MOGHADDAM, T.M.; AMINI, A.M. The physical properties of pistachio nut and kernel as a function of moisture content and variety: Part II. Gravimetrical properties. Journal of Food Engineering, v.81, n.1, p.218-225, 2007b. doi

RESENDE, O.; CORRÊA, P.C.; GONELI, A.L.D.; RIBEIRO, D.M. Forma, tamanho e contração volumétrica do feijão (Phaseolus vulgaris L.) durande a secagem. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, v.7, n.1, p.15-24, 2005.

RESENDE, O.; CORRÊA, P.C.; GONELI, A.L.D.; RIBEIRO, D.M. Propriedades físicas do feijão durante a secagem: determinação e modelagem. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v.32, n.1, p.225-230, 2008.

RIBEIRO, D.M.; CORRÊA, P.C.; RODRIGUES, D.H.; GONELI, A.L.D. Análise da variação das propriedades físicas dos grãos de soja durante o processo de secagem. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v.25, n.3, p.611-617, 2005. doi

RIOS, A.O.; ABREU, C. M. P.; CORREA, A. D. Efeito da estocagem e das condições de colheita sobre algumas propriedades físicas, químicas e nutricionais de três cultivares de feijão (Phaseolus vulgaris, L.). Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v.23, p.39-45, 2003.

RUFFATO, S.; CORRÊA, P.C.; MARTINS, J.H.; MANTOVANI, B.H.; SILVA, J.N. Influência do processo de secagem sobre a massa específica aparente, massa específica unitária e porosidade de milho-pipoca. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v.3, n.1, p.45-48, 1999.

VIEIRA, C.; PAULA JÚNIOR, T.J.; BORÉM, A. Feijão. 2ª ed. atualizada e ampliada. Viçosa: UFV, 2006. 600p.