Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

A Brincadeira e a Educação Infantil: Um Diálogo com Câmara Cascudo e Walter Benjamin

 

http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/index 

downloadpdf

Severina A. de Almeida1, Josete M. de Lucena2 & Denyse M. da S. Ataide3

 

Resumo: Este ensaio apresenta o lúdico como linguagem pedagógica e, por conseguinte, como forma de comunicação que possibilita um diálogo entre os universos pueril e adulto. Partindo de um  estudo teórico, encontramos nas obras de Luis da Câmara Cascudo e de Walter Benjamin os  subsídios necessários para a proposta de se trabalhar a educação infantil utilizando o brincar  como fundamento de uma educação integral. O texto está estruturado em dois  momentos. Primeiro fazemos uma reflexão sobre ludicidade e infância, sustentada pelas idéias os autores  citados, identificando as brincadeiras como construção cultural capaz de atuar na subjetividade  infantil. A expressão: “Brincando de ser criança na sala de aula” está na sequência do texto,  quando chamamos a atenção de educadores/as para que se rompa com a tradicional postura  em que os adultos induzem as crianças a “brincar de ser adultos”, perdendo, dessa forma, a  essência de uma fase da vida em que as brincadeiras se apresentam de forma mais eloqu ente, com reflexos importantes nas demais fases da vida.

Palavras-chave: Lúdico. Educação Infantil. Infância. Brincar. Brincadeira.

 

Abstract: This rehearsal presents the play as language teaching and therefore as a form of  communication that allows a dialogue between childish and adult universes. Starting from a  theoretical study, we found in the works of Cascudo, Luis da Câmara and Walter Benjamin the  necessary subsidies to the proposal to work with childhood education using play as a basis for a integral education. The text is structured in two moments. First we make a refection about  on playfulness and childhood, supported by ideas these authors mentioned, identifying the play as  a cultural construct capable of acting in children's subjectivity. The expression: "Playing of being a child in the classroom" It is in the text sequence, when we call the attention of educators to  those who break with the traditional approach in which adults induce children to “playing of  being adults”, losing, this way, the essence of a life stage where the games are presented in a  more eloquent way, with important reflexes in other stages of life.

Key words: Playful. Childhood Education. Childhood. Play. Games.

 

1 Mestranda do curso de Letras da Universidade Federal do Tocantins – Araguaína e bolsista da CAPES. e-mail:sissi@uft.edu.br.
2 Professora adjunta da UFPB – Universidade Federal da Paraíba. e-mail:josetemarinho@uft.edu.br.
3 Mestranda do curso de Letras da Universidade Federal do Tocantins – Araguaína. Professora e Coordenadora Pedagógica de Pós-Graduação do CESTEP-TO. e-mail:denyse@cestep.com.br.