Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Determinação da Aptidão Agrícola da Microrregião de Mossoró-RN

DOI: http://dx.doi.org/10.13083/1414-3984.v21n02a05

http://www.seer.ufv.br/seer/index.php/reveng/index 

downloadpdf

Jurema M. S. Araújo1, Herison A. de Oliveira2, Hélio N. Bezerra3 & Paulo C. M. da Silva4

 

Resumo: O presente trabalho objetivou determinar a aptidão agrícola de uma região de grande importância econômica, localizada no oeste potiguar. A microrregião de Mossoró é composta pelos municípios de Tibau, Grossos, Areia Branca, Baraúna, Mossoró e Serra do Mel. Foi utilizada a metodologia proposta pelo Serviço Nacional de Levantamento e Conservação do solo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), que classifica a aptidão das terras com relação à água, mecanização e fertilidade ligada às classes de solos verificadas na área. No desenvolvimento do trabalho utilizou-se o geoprocessamento através das ferramentas existentes nos Sistemas de Informações Geográficas (SIG), por meio de bases digitalizadas. A área de maior predominância referente à aptidão agrícola foi classificada como restrita para diferentes níveis tecnológicos, representando 71,67% da área em estudo. Verificou-se também áreas de aptidão agrícola regular e restrita para pastagem natural, 16,35% e 1,35%, respectivamente. A região apresentou também 1,96% de sua área classificada como sendo de aptidão agrícola regular para lavouras para diferentes níveis de tecnologia, além de 8,68% da área classificada como inapta para a prática agrícola, restando apenas à preservação da fauna e da flora local.

Palavras-chave: avaliação das terras, uso racional, geoprocessamento

 

Abstract: This study sought to determine the agricultural sustainability of a region of great economic importance, located in the western Potiguar. The micro-region of Mossoró is composed of the municipalities of Tibau, Grossos, Areia Branca, Baraúna, Mossoró and Serra do Mel. The methodology proposed by the National Service of Surveying and Soil Conservation of the Brazilian Company of Agricultural Research (EMBRAPA) was used, which classifies the sustainability of the land related to water, mechanization and fertility linked to the soil classification verified in the area. In the development of this paper the technology of geographic information systems (GIS) was implemented via digital databases. The area of greatest predominance in relation to agricultural suitability was classified as restricted for different technologic levels, representing 71.67% of the study area. Also verified were areas of regular and limited agricultural potential for natural pasture, 16.35% and 1.35% respectively. It was found that 1.96% of its area was classified as sustainable for crops of different technology levels. Additionally, 8.68% of the area was classified as unfit for agriculture practices, suitable only for preservation of local fauna and flora.

Key words: land evaluation, rational use, geoprocessing

 

1 Engenheira Agrícola e Ambiental, mestranda em Engenharia Sanitária pela UFRN/ Natal-RN, jurema.araujo@hotmail.com
2 Engenheiro Agrícola e Ambiental, mestrando em Engenharia Sanitária pela UFRN/ Natal-RN, herisonalves@yahoo.com.br
3 Engenheiro Agrícola e Ambiental, mestrando em Engenharia Sanitária pela UFRN/ Natal-RN, helhimnogueira@hotmail.com
4 Engenheiro Agrônomo, professor adjunto da UFERSA/Mossoró-RN, paulo.moura@ufersa.edu.br

 

Literatura Citada

ARAÚJO, A.G. ; LOPES ASSAD, M.L. Zoneamento de risco climático por cultura a partir de levantamento de solos de baixa intensidade. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.25, n.1, p.103-111, 2001.

CALDERANO FILHO, B.; SANTOS, H.G.; RAMALHO FILHO, A. ; CLAES SEN, M.E.C.; CARVALHO JUNIOR, W. ; CHAGAS, C.S.; CALDERANO, S.B.; LUZ, L.D.; MOTCHI, E.P. & WITTERN, K.P. Avaliação da aptidão agrícola das terras da microbacia do Córrego da Tábua, no município de São Fidélis, RJ. Rio de Janeiro: Embrapa Solos Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 47, 2004. 43p.

CARLOS JÚNIOR, A.A. Uso de geotecnologias na avaliação da aptidão agrícola das terras da microrregião de Umarizal. 2009. 61f. Monografia (Graduação em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Mossoró, RN.

CORSEUIL, C.W.; CAMPOS, S.; RIBEIRO, F.L.; PISSARRA, T.C.T.; RODRIGUES, F.M. Geoprocessamento e sensoriamento remoto aplicado na determinação da aptidão agrícola de uma microbacia. Revista Irriga, Botucatu, v.14, n.1, p.12-22, 2009.

EMBRAPA. Mapa de Solos do Levantamento Exploratório: reconhecimento dos solos do Estado do Rio Grande do Norte. Escala 1:1.000.000, 1971.

EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 2.ed. Rio de Janeiro, 2006. 306p.

GODOY, M.J.S.; LOPES-ASSAD, M.L. Aptidão agrícola de terras com estimativa de risco climático para a cultura do milho utilizando geoprocessamento. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.26, n.4, p.685-694, 2002.

HAMADA, E.; LOPES ASSAD, M.L. & PEREIRA, D.A. Aptidão agrícola na área de recarga do Aquífero Guarani: Caso da microbacia hidrográfica do Córrego do Espraiado, Ribeirão Preto, SP. Engenharia Ambiental: Pesquisa e Tecnologia, Espírito Santo do Pinhal, v.3, n.1, p.62-71, 2006.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo 2010. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/download/estatistica.shtm Acesso em 13 ago. 2011.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Mapa Político-Administrativo do Estado do Rio Grande do Norte. 2005.

IDEMA, Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente. Anuário Estatístico 2008. Disponível em: http://www.idema.rn.gov.br/contentproducao/aplicacao/idema/socio_economicos/arquivos/Anuario-CDROM%202010/index.htm Acesso em: 11 ago. 2011.

LOPES ASSAD, M.L. Uso de um sistema de informações geográficas na determinação da aptidão agrícola das terras. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.19, n.1, p.133-139, 1995.

MOURA, L. do C.; MARQUES, A.F.S. e M.; HADAD, R.M.; ANDRADE, H.;ALVES, H.M.R. – A aptidão agrícola das terras do município de Machado/MG e a cafeicultura. Caderno de Geografia, Belo Horizonte, v.17, n.28, p.141-162, 2007.

NASCIMENTO, P. C.; GIASSON, E.; INDA, Jr. A. V. Aptidão de uso dos solos e meio ambiente. In: Fórum Solos e Meio Ambiente. 2004, Santa Maria. Anais..., Santa Maria: 2004. p. 41-57.

PEREIRA, L. C.; SILVEIRA, M. A.; LOMBARDI NETO, F. Agroecologia e aptidão agrícola das terras: as bases científicas para uma agricultura sustentável. Revista Brasileira de Agroecologia, Jaguariúna, v. 1, n. 1, p. 823-826, 2006.

PEREIRA, L. C. Aptidão agrícola das terras e sensibilidade ambiental: proposta metodológica. 2002. 122 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002. Disponível em: http://libdigi.unicamp.br/document Acesso em: 14 ago. 2011.

RAMALHO FILHO, A.; PEREIRA, E. G.; BEEK, K. J. Sistema de Avaliação da Aptidão Agrícola das Terras. 2.ed. Rio de Janeiro: EMBRAPACNPS, 1983.

RAMALHO FILHO, A.; BEEK, K. J. Sistema de Avaliação da Aptidão Agrícola das Terras. 3.ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-CNPS, 1995. 65p.

SALBEGO, A. G.; GIOTTO, E.; MADRUGA, P. R. Geoprocessamento Aplicado ao Diagnóstico e Espacialização da Infra-estrutura Viária Rural. Guarapuava-PR: Revista do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, Chapadinha, v. 2, n. 2, 2006. Disponível: http://www.unicentro.br/editora/revistas/ambiencia/v2n2/6-%20179-195.pdf Acesso em: 20 ago. 2011.

SILVA, E. B.; NOGUEIA, R. E.; UBERTI, A. A. A. Avaliação da aptidão agrícola das terras como subsídio ao assentamento de famílias rurais, utilizando Sistemas de Informações Geográficas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 6, p. 1977-1990, 2010.

VASCONCELOS GOMES, J. B.; LUMBRERAS, J. F.; OLIVEIRA , R. P.; BHERING, S. B.; ZARONI, M. J.; ANDRADE, A.G. & CALDERANO, S.B. Aptidão para reflorestamento das Sub-bacias dos Canais do Mangue e do Cunha, município do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 29, n. 3, p. 459-466, 2005.