Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

A Fé, o Império e a Relação de Simbiose

 

http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/index 

downloadpdf

Maria W. de Oliveira1

 

Resumo: A leitura do livro Padre António Vieira: Educador, estratega, político, missionário, de António de Abreu Freire, chama a atenção para a atuação do Padre Vieira nos serviços diplomáticos, sendo ele um padre missionário da Ordem dos Jesuítas, cujo ofício principal era o de pregador da palavra de Deus. Sabe-se que Vieira foi muito mais que um simples pregador, foi um brilhante orador, educador, visionário político com ideias além de seu tempo. Neste sentido, propõe-se discutir aqui a atuação de Vieira, o político a serviço da Igreja, para mostrar que, naquela época, no Século XVII, havia entre a Igreja e o Estado português uma relação de simbiose.

Palavras-chave: Padre António Vieira. Ordem dos Jesuítas. Literatura portuguesa.

 

Abstract: Reading the book Padre Antonio Vieira: educator, strategist, politician, missionary, by Antonio de Abreu Freire, draws attention to the work of Father Vieira in the diplomatic service, being him a missionary priest of the Jesuit order, whose main job was to be a gospel preacher. One knows that Vieira was much more than just a preacher; he was a brilliant orator, educator and a political visionary, holding ideas ahead of his time. This way, we propose to talk about Vieira’s work, once he was a politician serving the Church, in order to show that at that time, in the seventeenth century, there was a symbiotic relationship between the Church and the Portuguese State.

Key words: Father Antonio Vieira. Jesuit Order. Portuguese literature.

 

1 Doutoranda em Língua e Cultura pela UTAD – Universidade Trás os Montes, Portugal. Professora Mestra em Teoria e Crítica Literária, ministra aulas de Teoria Literária e Literatura Portuguesa no Centro Universitário UnirG, Gurupi – Tocantins – Brasil.