Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Políticas Públicas de Saúde Mental e Análise das Condições de Trabalho dos Funcionários de Centros de Atenção Psicossocial do Estado do Tocantins

 

http://ojs.unirg.edu.br/index.php/1/index 

downloadpdf

Solimar P. da Silva1 & Adriana L. de Oliveira2

 

Resumo: Entendendo que pessoas com alteração da saúde mental necessitam de cuidados especiais só possíveis de serem oferecidos por trabalhadores qualificados, este artigo revisa as políticas públicas brasileiras relacionadas à saúde mental e analisa as condições de trabalho de funcionários de 4 CAPS no estado do Tocantins. O trabalho foi delineado por metodologia descritiva com quantificação dos dados, coletados por meio da aplicação de questionário que avaliou a capacitação e condições de trabalho. Os dados foram analisados estatisticamente com uso do software Excel®. Os resultados obtidos da amostra estudada revelam que os trabalhadores em saúde mental no Sul do estado não foram adequadamente capacitados, recebem baixos salários e o vínculo com o serviço é precário para mais de 50% desses trabalhadores. Pode-se concluir que o grande desafio das políticas públicas de saúde mental no estado do Tocantins é a melhoria das condições de trabalho e a capacitação dos trabalhadores dos CAPS.

Palavras-chave: Políticas Públicas de saúde mental. CAPS. Condições de trabalho. Capacitação de pessoal.

 

Abstract: Recognizing that people presenting with mental health alterations need especial care which can only be attained from skilled specialists in the field, this paper reviews the  Brazilian public approach regarding mental health and analyzes work conditions of those workers in four psychosocial care centers (PCC) in Tocantins State. This study was designed based on descriptive methods in which collected data were quantified and questionnaires assessing skill levels and training and work conditions were used. Data were analyzed statistically using Excel Sofware. The results of this study indicate that mental health workers in south Tocantins have not been properly trained, receive low salaries and bond with work or organization is poor in more than 50% of such workers. We may conclude stating that the major challenge of mental health services in Tocantins State is to improve work conditions and training of psychosocial care center (PCC) workers.

Key words: Public Mental Health Approach. PCC. Work Conditions. Workers` training.

 

1 Mestre em Gestão e Desenvolvimento Regional pela Unitau. E-mail: solimarpinheiro@hotmail.com
2 Doutora do Programa de Pós-graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional da Unitau. E-mail: adrianaleonidas@uol.com.br