Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Influência dos Estudos Queer no Paganismo Contemporâneo

 

http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ged/index 

downloadpdf

Emmanuel R. S. Rocha & Elton B. A. Oliveira

 

Resumo: Este artigo tem como proposta apresentar a influência que os estudos queer vêm exercendo nos grupos pagãos contemporâneos, bem como a apropriação do discurso queer que estes grupos vêm absorvendo quanto às suas práticas sexuais e religiosas. Desse modo, trata-se de observar e analisar as práticas sexuais “dissidentes”, isto é, aquelas que escapam ao binarismo heterossexual-homossexual, que estão no interior da sociedade ocidental heteronormatizada ao tratar a sexualidade como um dispositivo histórico de poder. Tais práticas se revelam não apenas alternativas de escape ao já comentado binarismo, mas também uma estratégia de contestação do modelo “naturalizado” de sexualidade heteronormativa. Assim, o artigo centra-se na busca de compreender em que medida grupos pagãos, na contemporaneidade, estão aderindo à postura queer em suas dinâmicas religiosas no tocante a sexualidade.

Palavras-chave: Queer. Paganismo contemporâneo. Sexualidade. Religiosidade.

 

Abstract: This essay presents the influence that queer studies have played in contemporary pagan groups, as well as the appropriation of queer discourse that these groups have been absorbing to their sexual e religious practices. Thus, we observed and analyzed the "dissident" sexual practices, i.e., those outside the heterosexual-homosexual binary, which are within the heteronormative Western society, as it sees sexuality as a historical power device. Such practices are revealed not only as alternatives to the already mentioned binary, but also a strategy for contesting the “natural” model of heteronormative sexuality. Thus, the article focuses on the quest to understand the extent to which pagan groups in contemporary society are sticking to queer stance on religious dynamics regarding sexuality.

Key words: Queer. Contemporary paganism. Sexuality. Religiosity.