Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Esperançar a Pequenina Esperança

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-3828/caminhando.v20n1p133-138

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CA 

downloadpdf

Rui de S. Josgrilberg1

 

Resumo: Trata-se de um ensaio sobre a esperança, em dialogo com Emanuel Kant; Charles Péguy e Dietrich Bonhoeffer com o intuito que “esta pequena esperança” (Charles Péguy), temperada no sofrimento, na luta, no testemunho, seja capaz de esperançar na fraqueza contra os atentados à pequenina esperança pela degradação religiosa.

Palavras-chave: Esperança; Emanuel Kant; Charles Péguy; Novo Testamento.

 

Abstract: This is an essay about hope in dialogue with Immanuel Kant; Charles Peguy and Dietrich Bonhoeffer in order that “this small hope” (Charles Peguy), tempered in suffering, struggle, and testimony, will be able to maintain hope in weakness beside the attacks against this small hope by religious degradation.

Key words: Hope; Emanuel Kant; Charles Péguy; New Testament.

  

1 Professor dos Programas de Pós Graduação em Ciências da Religião e Educação e do Programa de graduação em Teologia da Universidade Metodista de São Paulo. Doutorado Em Ciências da Religião pela Universidade de Strasbourg. E-mail: rui.josgrilberg@metodista.br.

 

Literatura Citada

BÍBLIA, Português. A Bíblia Sagrada: Antigo e Novo Testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. Edição revista e atualizada no Brasil. Brasília: Sociedade Bíblia do Brasil, 1969.

BONHOEFFER, Dietrich. Discipulado. Tradução: Ilson Kayser. 10. ed. , rev. São Leopoldo: Sinodal : EST, 2008. 208 p.

PÉGUY, Charles. La porche du mystére de la deuxième vertu. Paris: Hachette, 1952. [Tradução do título: O umbraldo mistério da segunda virtude. Publicado pela primeira vez em 1911].