Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Qualidade do Relacionamento com Pessoas Significativas: Comparação entre Grávidas Adolescentes e Adultas


http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/ptp/index 

downloadpdf

Alexandra Pacheco1, Raquel Costa1 & Bárbara Figueiredo1

 

Resumo: Na gravidez, a mulher experiencia mudanças desenvolvimentais ao nível dos seus relacionamentos significativos. Este estudo compara a qualidade do relacionamento com o companheiro e com outra figura significativa em grávidas adolescentes e adultas, e analisa preditores sócio-demográficos para a qualidade destes relacionamentos. Uma amostra de 130 grávidas (66 adolescentes e 64 adultas) foi avaliada no terceiro trimestre de gestação quanto às características sociais e demográficas e à qualidade do relacionamento com figuras significativas. Os resultados mostram que as adolescentes referem menor confiança (χ2 = 3.365, p = 0,055) e maior discórdia (χ2 = 3.842, p = 0,041) no relacionamento com o companheiro e maior sentimento de ligação (χ2 = 19.126, p = 0,000) e apatia (χ2 = 8.568, p = 0,004) no relacionamento com a outra figura significativa, comparativamente com as adultas. Verifica-se ainda que a gravidez na adolescência associa-se a relacionamentos de menor qualidade, especialmente devido a situações sócio-demográficas mais desfavoráveis e não tanto à condição de ser ou não adolescente.

Palavras-chave: gravidez; adolescência; idade adulta; factores de risco; relações interpessoais.

 

Abstract: During pregnancy, the woman experiences developmental changes in terms of her significant relationships. This study aimed to compare the quality of the relationship with the partner and with other significant figure in adolescents and adult mothers, and examining socio-demographic predictors for the quality of these relationships. A sample of 130 pregnant women (66 adolescents and 64 adults) was assessed at the 3rd trimester of gestation in terms of socio-demographic characteristics and relationships’ quality with significant persons. The results showed that adolescents relate lower confidence (χ2 = 3,365, p = 0.055) and higher disagreement (χ2 = 3,842, p = 0.041) in the relationship with the partner; and higher feeling of attachment (χ2 = 19,126, p = 0.000) and apathy (χ2 = 8,568, p = 0.004) in the relationship with the other significant figure, compared with adults. We also verify that teen pregnancy is associated to poor relationships, especially because of less favorable sociodemographic situations and not due to being or not an adolescent.

Key words: pregnancy; adolescence; adult age; risk factors; interpersonal relations.

 

1 Universidade do Minho – Portugal